Destoante escrita por Ero Hime


Capítulo 11
Insolência


Notas iniciais do capítulo

Palavra do dia: Dessarte [destarte; dessa maneira]



Ela o viu parar com uma atitude desinteressada. Imediatamente, ferveu de raiva. Aproximou-se em passos duros.

Ele se virou devagar, e Hinata atrapalhou-se quando ele a encarou. Não tinha reparado como era alto.

— O que é? – sua voz era rouca e impaciente.

— Precisa me responder dessarte tão rude? – rebateu, cruzando os braços. Ele sorriu com escárnio.

— Quem sabe se falar como gente decente. – provocou. Hinata impediu o impulso de rebater.

— Seremos parceiros de estudo, idiota. Consegue ser, ao menos, educado? – não esperou resposta – Minha casa, hoje, as três. Não se atrase.

— Pode deixar, princesa.

Faíscas saíam de ambos os olhos.



Notas finais do capítulo

Finalmente um advérbio! É tão bom as coisas estarem andando, não aguentava mais!



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Destoante" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.