Mar escrita por Camélia Bardon


Capítulo 6
"Temor e tremor me dominam; o medo tomou conta de mim"


Notas iniciais do capítulo

Boa noite/ bom dia/ boa tarde ♥ tudo belezinha com vocês? Como sempre, obrigada pelo carinho e apoio até aqui! O capítulo de hoje se passa com Marilla por volta de seus 11/12 anos de idade.
A palavra do dia 6 é "madorna" e o título vem de Salmos 55:4-5.



Marilla jazia em meio a uma madorna. Revirou-se na cama, incomodada por uma dor no abdômen. Grunhiu, desvencilhando-se dos lençóis e sentiu uma umidade entre as pernas. Não, não era possível que tivesse urinado na cama.

Cambaleou até a vela acesa no corredor e verificou as roupas.

Sangue. Era sangue. Sobressaltou-se, dirigiu-se ao quarto da mãe e acordou-a a sacudidas.

— Santo Deus, menina, o que há?

— Sangue... embaixo — gaguejou, desesperada.

— É isso? Por isso me acordou? Francamente, Mariila. Recomponha-se.

A mãe voltou a dormir, mas a garota não voltou à sua madorna. Desatou a chorar a noite inteira, desamparada.



Notas finais do capítulo

Antes que vocês crucifiquem a mãe dela (o que eu também fiz aqui rs): era normal que as mães das antigas não ensinassem às filhas a respeito da menstruação, pois essa era considerada um tabu - ainda hoje, infelizmente. Era algo a ser escondido e motivo de vergonha, e na maioria das vezes as meninas se viravam sozinhas. Achei interessante mencionar isso esse capítulo...
Até amanhã!



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Mar" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.