Mar escrita por Camélia Bardon


Capítulo 11
"Se meu pai e minha mãe me abandonarem, então o Senhor me acolherá"


Notas iniciais do capítulo

Hoje cheguei com um cadinho de antecedência xD
Creio que o capítulo hoje fale por si só, então serei concisa.
O título do capítulo é de Salmos 27:10 e a palavra do dia 11 é "dessarte". Boa leitura ♥



Avonlea permaneceu em silêncio mediante a perda de um dos meninos prodígios. A escassez de lágrimas desde a queda, os sinos, o velório e o enterro não surpreendeu a ninguém, visto que fora tão repentino e insólito. Dessarte, desconhecia-se o que dizer para consolar Mary, Marilla ou Matthew Cuthbert.

A mãe de Marilla recusava-se a sair da cama. Chamava por Michael no meio da madrugada, e via-o em Matthew em seus delírios.

Aos dezessete anos, Marilla Cuthbert tornara-se a mãe de sua mãe.

Matthew abandonara a escola para cuidar da fazenda.

Marilla mal sabia que era a próxima à abdicação.



Notas finais do capítulo

Seguindo o mesmo conceito da escolha do nome do pai, escolhi Mary para a mãe pela normalidade do nome.
E aí gente, do que será que Marilla terá de abdicar? Já passou a vontade de matar a autora? ( ゚ヮ゚)



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Mar" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.