Aprendendo a Amar Você Swan Queen escrita por SQ Dark Angel


Capítulo 11
Uma nova ameaça


Notas iniciais do capítulo

Swen Girl muito obrigada pela recomendação fiquei muiiiito feliz com isso, esse capítulo é especialmente para você

música do capítulo - Alesso vs OneRepublic - If I Lose Myself (Alesso Remix)



 

 

I stared up at the sun

Thought of all of the people

Places and things I've loved

I stared up just to see

Of all of the faces

You were the one next to me

Eu olhei para o sol

Pensei em todas as pessoas

Lugares e coisas que amei

Eu olhei só para ver

De todos os rostos

Você foi aquele que esteve ao meu lado

 

Regina acordou renovada. Havia descoberto na noite anterior que o seu amor verdadeiro, no final das contas sempre esteve em frente ao seu nariz , ela que nunca prestou atenção devida para perceber.

Levantou da cama, vestiu-se e foi escovar os dentes. Estava de bom humor, já nem pensava mais em abrir mão do seu amor pela salvadora. Pelo contrário Regina sentia vontade de conquista-la e era isso que ela faria a partir dali. Faria Emma Swan apaixonar-se por ela .

Emma acordou e por um instante esqueceu-se que estava na mansão de Regina. Abriu os olhos lentamente , puxou as cortinas do quarto deixando que a luz do dia preenchesse o local. Levantou da cama e notou que já não sentia mais dores pelo corpo .Tudo graças aos cuidados de certa morena de olhos negros.

Trocou-se e fez sua higiene matinal, desceu em direção à cozinha sentindo o aroma do café da manhã que já estava posto na mesa. Sentou-se e esperou até que Regina surgiu com um prato de panquecas nos braços .

Emma – Bom dia .. Emma falou cautelosa pelos acontecimentos da noite anterior.

Regina – Bom dia E-m-m-a. Regina sorriu em direção a loira vendo sua cara de espanto.

Emma — Agora eu sou Emma pra você ? Perguntou admirada pela forma que Regina havia falado.

Regina – Esse é o seu nome , não é ? A morena não escondia a felicidade de ver a xerife logo cedo.

Emma — Huum certo , muito esquisito esse seu bom humor . Emma falou estranhando o modo de agir da outra.

Regina – O quê ? Não posso estar feliz agora ? É algo proibido ? Regina dizia enquanto passava a língua em uma colher com mel.

“Proibido é o que estou pensando agora Regina” Emma pensava sentindo borboletas no estômago ao olhar para a boca da rainha.

Regina – Falei com você xerife, está meio sonolenta ainda ? Perguntava vendo a cara boba que Emma a olhava.

A loira saiu de seu devaneio e disse :

Emma – É .. erh .. nada só achei estranho, seila , as vezes parece que você é bipolar.

Regina – As vezes ,existem bons motivos na vida para me deixarem feliz , só isso. Dizia dando um largo sorriso em direção a outra.

Lá estavam elas novamente presas, com os olhos conectados, sem ao menos piscar. Saíram daquele momento apenas ao ouvir Henry descendo correndo do andar superior.

Henry — Bom dia mãe ! Falou abraçando Emma. Contornou a mesa - Bom dia mãe. Disse beijando Regina.

Os três tomaram café tranquilos, Regina não cansava de lançar olhares para Emma, e a loira por sua vez retribuía mantendo o olhar e dando pequenos sorrisos . O único que não percebia o que se passava ali era Henry que conversava animado falando das aulas que teria aquela manhã. Após tomarem café Henry subiu para buscar sua mochila já que iria para a escola em seguida.

Regina – Xerife Swan será que você pode levar Henry para a escola hoje ? Terei que marcar uma reunião com todos da cidade sobre aquele nosso assunto.

Emma - Claro ,sem problemas prefeita.

Houve um silêncio constrangedor entre elas mas Regina logo quebrou.

Regina – Emma .. A loira arrepiou-se ao ouvir seu nome na voz da morena. Avise David que logo mais vamos ter uma reunião no Granny’s para esclarecer os últimos acontecimentos.

Emma – Tudo bem , eu aviso .

Em seguida Henry desceu e despediu-se de Regina, ele e Emma foram caminhando em direção a rua.

Regina – Mais uma coisa Swan. Emma olhou na direção de Regina. Você também deve estar presente. A morena piscou fechando a porta da mansão.

—--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Regina ligou para a pousada da vovó pedindo para que a nova hóspede viesse até sua casa. Passado cerca de 30 minutos ela ouviu a campainha tocar.

Regina – Já era hora ! Falou impaciente.

Bea – Não reclama Regina que eu vim caminhando. Beatrice falou adentrando a casa.

Regina — Como está ? Como passou a noite ? O imprestável do Hook te levou para o lugar certo?

Bea — Hey hey ! Calma, uma coisa de cada vez. Bom dia Gina, estou bem , dormi perfeitamente. Falava pausadamente. E sim o Killian me deixou no lugar correto.

Regina – Killian ? Que intimidade é essa Bea ? Bem ao menos esse imprestável serviu para alguma coisa. A morena não escondia o desprezo na voz ao falar do pirata.

Bea – Nem começa ! Não entendo toda essa sua raiva do pobre rapaz , ele foi tão atencioso comigo ontem . Regina mantinha um semblante de indiferença. Foi aí que Beatrice notou o possível motivo da raiva da amiga.

Bea — Espera aí ... Você tem raiva dele por causa dela não é ? Beatrice falava como se tivesse descoberto o maior segredo da morena.

Regina – Não sei do que você está falando Bea. Vamos falar de outra coisa. Regina fingia desinteresse e fazia uma careta para a loira .

You can feel the light start to tremble

Washing what you know out the sea

And you can see your life out the window

Tonight

Você pode sentir a luz começar a piscar

Levando o que você conhece para o mar

E você pode ver sua vida lá fora pela janela

Esta noite

Bea- Gina ! Eu te conheço de outros carnavais. Beatrice dizia com um sorriso vitorioso no rosto .Você agia da mesma forma com Daniel, negando que gostava dele quando na verdade estava louquinha de amores.

 

 

Regina – Você é uma estraga prazeres sabia . Dizia com um tom divertido , dando um leve tapa no braço da amiga.

Bea – Querida, eu faço o meu melhor , você sabe .

Bea –Sabe o que é mais irônico? A morena olhou esperando e ela prosseguiu. Quando eu cheguei na cidade e vi a conversa de vocês duas na prefeitura , já estava claro pra mim , que você gostava dela Gina.

Regina – Que conversa ? E como você poderia ter tanta certeza disso ? Regina lançava um olhar questionador.

Bea – Ah foi algo sobre orçamento da delegacia , algo assim . Enfim, não sei explicar ,mas a maneira que você olhava pra ela era a mesma que você usava com Daniel, então não foi difícil entender que dois mais dois são quatro. Bea sorria ao contar sua rápida dedução. E quando ela disse que vocês tinham um filho juntas, nossa eu tive que me transportar dali porque estava rindo tanto que quase caí em cima da janela.

Regina – O vento era você ! Sua bisbilhoteira . A morena dizia em tom acusador.

Bea – Vento ? Que vento ? A loira perguntava sem entender.

Regina – Naquele dia nós ouvimos um barulho que fez a janela se abrir . E eu acreditava que tinha sido o vento. De qualquer maneira, o que tem de tão engraçado nisso ?

Bea – Ora , é simples querida . Imagina se sua mãe visse a preciosa Rainha Regina apaixonada pela filha de Snow White. Era capaz da velha ter um enfarto na hora haha. Beatrice não conseguia controlar sua risada.

Regina – Para ! Sua debochada. Mais respeito com minha mãe , ela não está mais aqui agora. A morena falou baixo.

Bea –Oh, eu fiquei sabendo, as notícias giram querida . E o mundo de Hades também tem suas fontes. Falou com seriedade. Deixando meus problemas com Cora de lado, eu sinto muito Gina.

Regina – Já faz algum tempo mas obrigada mesmo assim. Vamos falar de algo mais urgente agora ?

Beatrice apenas concordou com a cabeça.

Regina – Certo . Logo mais eu irei conversar com os moradores de Storybrooke sobre os últimos acontecimentos . E estive pensando Bea acho melhor você me acompanhar.

Bea – Você é louca? E se eles resolverem me jogar pedras ou algo do tipo ?

Regina – Querida não se preocupe, você estará comigo, nada disso irá acontecer. Fique tranquila.

Bea – Certo . Disse meio receosa. Quando vamos?

Regina- Agora mesmo. A morena falou pegando as chaves da Mercedes.

Beatrice - Ok, ah só pra avisar,  estou no aguardo para ver sua cara de princesinha apaixonada. Disse rindo alto.

Regina - Calada ! Ou quer enfrentar um pouco da Rainha Má ? Falou de forma séria.

Beatrice - Uh certo eu paro de falar, mas não esqueça que estou de olho em você.

As duas mulheres saíram em direção ao Granny's para informar os habitantes de Storybrooke sobre o que ocorrera até o presente momento.

—--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As duas chegaram ao restaurante da Vovó pouco tempo depois. Bea e Regina caminharam juntas em direção à entrada e ao atravessarem viram que o local estava lotado com os moradores de Storybrooke. Eles exigiam explicações sobre o que tinha acontecido com a xerife .

Por falar na xerife, ela foi a primeira que Regina avistou sentada no balcão ao lado de Hook ,David e Snow com Neal em seus braços. Revirou os olhos ao ver que o pirata colocava seu gancho próximo a cintura da loira. Emma a mirava de forma séria e não parava de direcionar olhares irônicos para Beatrice. Regina sorriu internamente ao notar o ciúmes da outra.

A morena caminhou em direção ao centro do restaurante, próximo a uma mesa onde Gold e Belle estavam sentados. Beatrice logo a seguiu.

https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/originals/31/62/93/3162933c44d6269421a1d93e5164b4ca.jpg

Regina – Bom dia a todos. Chamei-os aqui para esclarecermos algumas coisas. Regina iniciou seu discurso de forma clara.

Regina – Os últimos acontecimentos na cidade não passaram de mal entendidos que já foram solucionados. As pessoas cochichavam olhando em direção a Bea.

Regina – Quero lhes apresentar uma velha amiga dos tempos da floresta encantada. Bea deu um passo a frente de Regina olhando em direção aos demais. Seu nome é Beatrice e ela veio do mundo de Hades. Beatrice sorriu timidamente. Vocês não precisam teme-la , ela está do nosso lado. A morena falava de forma confiante e notou os olhos esmeraldas de Emma atingindo-a como uma bola de fogo.

De repente alguém que estava no fundo do restaurante falou alto assustando tanto Bea quanto Regina.

Leroy –Então foi ela que causou o incêndio na floresta ! Vamos fazê-la pagar !

Várias pessoas concordaram com ele, algumas indo em direção a Beatrice que olhava para Regina assustada. Na mesma hora Emma levantou ficando entre as duas mulheres e o resto dos moradores.

Emma – Não tirem conclusões precipitadas . Falou porém não foi o suficiente para acalma-los.

Regina – Hey, hey ! PAREM ! De que incêndio vocês estão falando ?

Leroy – Ora prefeita , do incêndio que destruiu metade da floresta e algumas casas que ficavam afastadas do centro. O homem dizia com raiva.

Regina – Nós não temos ideia do que você está falando ! E Bea não foi a responsável por isso não é mesmo? Regina olhava pedindo ajuda para a amiga.

Bea- É claro que não! Não tenho motivos para fazer isso e além do mais eu já resolvi minhas desavenças. Disse olhando para a morena.

Foi nesse momento que Emma interviu , não estava suportando ver aqueles olhares entre as duas.

Emma – Como você veio parar aqui? Perguntou quase gritando para a outra.

Bea – Calma xerife . Eu vim através de um portal. A loira falou explicando-se.

Regina – Espera aí ... Bea quanto tempo esse portal ficaria ativo após você cria-lo ? Regina perguntou já deduzindo o que poderia ter acontecido.

 

If I lose myself tonight

It will be by your side

If I lose myself tonight, yeah, yeah, yeah

If I lose myself tonight

It will be you and I

Lose myself tonight

Se eu me perder esta noite

Será ao seu lado

Se eu me perder esta noite, sim, sim, sim

Se eu me perder esta noite

Será só você e eu

Me perco esta noite

 

Beatrice olhou para todos com uma cara confusa.

Bea – Bem eu não sei ao certo , só queria seguir para o mundo que você estava Gina . Logo em seguida a loira mudou sua expressão. Droga ! Você está pensando o que eu estou pensando? Perguntou em direção à morena.

Regina apenas balançou a cabeça confirmando parecendo ter medo do que viria a seguir.

Emma — Acho que eu também estou pensando o mesmo que vocês. Emma falou assustada. Parece que alguém do mundo dos mortos , além de você está em Storybrooke.

Os moradores ficaram apavorados ao saber da notícia, alguns pareciam querer ir embora para cuidar de suas residências. Rapidamente David interviu.

David – Pessoal , pessoal tenham calma. Temos que nos unir agora. Juntos poderemos enfrentar essa nova ameaça sem temer ! Falava com um tom firme.

Leroy – É tudo culpa dela . Temos que prendê-la ! Ele apontava para Bea de forma acusadora.

David – Sim Leroy , ela foi a culpada mas o que vai resolver isso agora ? Você não acha que ela seria de grande ajuda já que provavelmente conhece esse invasor?

Leroy apenas olhou desconfiado para David e permaneceu em silêncio.

Emma – Certo gente , agora podem voltar para suas casas . Mantenham-se em vigilância e qualquer coisa liguem para a delegacia ou para a prefeitura. A loira disse recebendo um olhar compreensivo de Regina.

Logo em seguida as pessoas foram dispersando-se, restando no restaurante apenas Snow, David ,Hook , Emma , Beatrice e Regina , além de Ruby e sua vó é claro.

Regina viu que o momento que o pirata disse algo no ouvido da loira em seguida beijando-a .Uma bola de fogo se formou em uma de suas mãos. Na mesma hora Bea notou o que ela iria fazer.

Bea –Controle-se Regina ,já não basta os problemas que temos que enfrentar?

A morena desfez a bola de fogo quando viu Hook saindo do local.

Snow – Bem acho que vamos indo. Mary disse em direção ao marido. Emma, por favor não saia mais sozinha querida.

David – Qualquer anormalidade nos avise filha . Falou abraçando a loira.

Agora restavam apenas Bea, Regina e Emma no local.

Regina – Bea será que você pode me esperar lá fora um segundo . Tenho alguns assuntos particulares para tratar com a Srta. Swan. Beatrice apenas revirou os olhos entendendo que a rainha apenas queria um momento a sós com sua nova paixão.

Bea – Sem problemas. Disse indo em direção a porta do restaurante.

Emma — Assuntos particulares Regina ? Fala sério. A loira falava de forma divertida.

Regina – Me escute Emma. A xerife estremeceu com aquele pedido.

Regina – Já ouvi histórias horríveis do mundo de Hades , portanto temos que ser cautelosas. Não estamos lidando com novatos.

Emma – Certo, obrigada por avisar.

Elas estavam sozinhas no local, havia apenas Ruby no balcão que olhava curiosa para a cena.

Regina – Não exponha-se muito e cuide de Henry . A prefeita sorria de maneira sincera sendo retribuída por um olhar compreensivo da xerife.

Emma - Pode deixar. Eu cuidarei. Falou sorrindo timidamente.

Regina estava indo em direção a saída quando ouviu o chamado de Emma.

Emma — Regina! A morena olhou em sua direção. Só tome cuidado ok? Ela não escondia o tom preocupado na voz.

http://31.media.tumblr.com/23826adcf904d47ac19b4788a7ad6959/tumblr_n3botyKUES1ryyix5o5_r2_250.gif

Regina balançou a cabeça concordando e disse:

— Você também Emma.

If I lose myself tonight

It will be by your side

If lose myself tonight, yeah, yeah, yeah

If I lose myself tonight

It will be you and I

Lose myself tonight



Notas finais do capítulo

Até o próximo ^^



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Aprendendo a Amar Você Swan Queen" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.