Uma Casa de Estrelas escrita por Lyn Black


Capítulo 7
me salve, guardiã


Notas iniciais do capítulo

Olá olá pessoas maravilhosas, tudo bom?
Nesse capítulo falo de conceitos da religião Wicca, que não conheço muito, então se você sabe mais e eu cometi algum erro, POR FAVOR, me avise :)
Peguei as informações desse site: http://nasmaosdalua.blogspot.com/p/deusa-mae.html
Espero que gostem do capítulo, boa leitura!



 

 

me salve, guardiã - sétimo capítulo

uma casa de estrelas, lyn black

 

 

Andrômeda caminha nas madrugadas pelos corredores de Hogwarts. É inverno, mas ela não sente nada sob seus pés descalços. Ela encara as vidraças, os olhos completamente opacos e uma mente pesada. A chegada do dia sempre assombrou-a. Como uma estrela única afugenta todo um céu estrelado. Sua clavícula cada vez mais visível é assustadora na luz do dia. Andie sabe que Lucius Malfoy está de olho nela segundo as ordens de Bella. As mãos de Teddie pelo seu corpo a aquecem, entretanto, o receio sobre seu futuro a faz retesar sozinha entre os lençóis.

A irmã mais velha pode ser assustadora quando quer. A Black do meio olha para seu reflexo nas vidraças, mas seus cabelos e seu rosto apenas mostram sua semelhança com Bella. No fundo, ela sabe que elas podem ser mais parecidas do que quer admitir. Ela e Bellatrix, uma galáxia e uma estrela. Andrômeda engole em seco ao se lembrar de que, naquele Natal, escutou os sussurros devotos de Bella para o Lorde das Trevas. A mulher em sua força ainda causa admiração em Andie, mas ela se preocupa. 

Às vezes, saí na calada da noite, com uma vela vermelha acesa na sua mão. O culto a Deusa-Mãe foi sempre muito forte na casa de Druella Black, e Andrômeda levará suas preces para a Torre de Astronomia, oculta pelas sombras. A Grande Deusa representada por todas as faces da Lua. 

Andrômeda nasceu numa Lua Minguante, o momento da personificação da Grande Deusa como Ceridwen, a Anciã. A Deusa da paz e do caos. Da luz e das trevas. Lágrimas escorrem pelo seu rosto enquanto realiza seus rituais, já ignorados pela maior parte da comunidade bruxa. Ela acha que essa é a única coisa que concorda com a sua família quanto à tradição das famílias puro-sangue. É o maior elo entre ela e suas irmãs. Andie bem sabe como a Deusa guia sua magia e seu ciclo.

Quando ela abandona suas raízes, apesar de ter Teddy como sua nova família, a irmã do meio não consegue negar que o que a mantém em pé após as juras de morte de Bellatrix, a fúria de Cygnus, o desolamento de Narcissa e as maldições de Druella é sua fé no universo. Uma vez ao ano, ela peregrina até o último lugar onde foi avistada a Ilha de Avalon, e faz as pazes com sua magia mutilada pelas maldições rogadas por sua mãe.

Andrômeda ainda anda com sua capa esverdeada pelas florestas e realiza seus rituais. Busca a magia dispersada de Morgana Le Fay.

Algumas coisas estão dentro demais dela. Ela não quer retirar parte de si a força. E não vai. Quando perde sua filha pela mão de Bellatrix, Andrômeda reza para a Deusa mais uma vez pedindo sua proteção.

 

 



Notas finais do capítulo

Espero que tenham gostado, me contem tudo nos comentários.
Beijos enormes e até o próximo!



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Uma Casa de Estrelas" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.