Sold by my own family escrita por LiliHyuga


Capítulo 9
Capitulo 9 - O jantar


Notas iniciais do capítulo

Olá!! Mais um capitulo :3



— Assim estás perfeita! - Ambre dizia orgulhosa do seu trabalho. Lili estava a usar um vestido branco algo simples. Os seus cabelos estavam completamente soltos e tinha uma leve maquilhagem - Quando o Nath te vir ele vai endoidecer!

— .... - Lili baixou o olhar algo envergonhada ao se lembrar de Nath e no que tinha acontecido esta manhã.

— O que é que ele fez? - Lili corou mais ainda e virou o rosto para a esquerda - Lili Hyuga! Fala!

Flash Back

Chegou as 17:15 horas e Lili estava sentada esperando por Nathaniel chegar. Kentin estava mais em frente a adestrar os cães. Ela olhava para ele com um sorriso, podia se ver que ele amava bastante os animais, de repente ela lembrou-se do seu gato Kiko. Da ultima vez que o tinha visto foi no chão por um pontapé de Henri. Não suportaria ver-lo morto.

De repente sentiu algo gelado no seu pescoço. Ela afastou-se arrepiada, à frente dela estava Nathaniel com uma lata de sumo nas mãos com um dos seus tipicos sorrisos.

— Ups! - Lili olhou-o zangada e levantou-se. Nathaniel ignorou e entregou-lhe o sumo - A Ambre está lá em casa à espera!

— Deixa-me ir despedir do Kentin! - antes que pudesse dizer algo ele agarrou-a por a mão e puxou-a, como Lili não esperava caiu nos braços do rapaz.

Ele deixou escapar um sorriso malicioso, enquanto ela se afastava vermelha como um tomate.

— Se me querias bastava só dizeres! - ele abraçou-a por a cintura e aproximou os seus lábios aos dela, Lili não se afastou só olhava fixamente para os olhos dourados do rapaz. Estavam já quase a beijarem-se quando são interrompidos por uma musica de telemóvel. Nathaniel afastou-se algo zangado e atendeu a chamada.

Fim do Flash Back

  - E tu não fizeste nada? Não tinhas namorado tu? - Lili abriu os olhos lembrando-se de Kotaro, quase o tinha traído se não fosse essa chamada, ela baixou a cabeça algo triste - Vá não fiques assim! Não se beijaram foi o importante e esse tal Kotaro nem te voltou a chamar pois não? Então é sinal que ele não gosta tanto de ti! 

Lili ficou algo abalada com essa frase. Kotaro foi o seu único amigo e único rapaz que reparou nela, saber que ele não gostava dela assim tanto feri-a. Será que ele também a estava a usar como Henri o fez?

— É melhor irmos... O teu irmão deve estar impaciente à nossa espera! - Lili sussurrou saindo sem que Ambre tivesse tempo de dizer algo.

Quando ela chegou Nath logo se levantou. Ele olhou-a de cima a abaixo algo surpreso. Mas a sua surpresa desapareceu ao ver o falso sorriso que ela tinha nos lábios. Sabia bem diferenciar um falso sorriso. Durante quase a sua vida os tinha feito. Sorriso para esconder as agressões do seu pai. Foram anos naquele inferno, por sorte Marta tinha aparecido na sua vida. Apesar de o ter ajudado, ele não podia esquecer de como ela partiu o seu coração.

— Estás bem? - ele colocou uma mão no ombro dela.

— E...Eu sim! Só estou preocupada com o jantar... - ele sorriu quando viu as bochechas dela corarem. Ela de certeza que estava a pensar no que aconteceu à umas horas atrás. Ambre apareceu nesse momento. - Aleluia! Vamos embora?

— Sim maninho! - ela respondeu. 

—__________

Nathaniel estava abraçando Lili por os ombros. O olhar dele estava ,ais frio que o habitual e ele olhava até o seu pai. Sem duvivda a relação deles não era harmoniosa, isso pensava Lili. Sem duvivda a relação deles não era harmoniosa, isso pensava Lili.

— Então ela é a tua namorada? - a mãe dele também parecia bastante arrogante. Estava a usar um vestido que tinha aparência de ser caro. - É asiática?

— Não... Francesa... - Nathaniel respondeu sorrindo - Mas tem familia asiática afastada. O nome dela é Lilian.

— Hum... Muito prazer Lilian... Chamo-me Adelaide... E o meu marido Francis... - Lili sorriu timidamente - Espero bem que não seja como a ultima que tiveste... Que te abandone por outro...

— Nunca faria algo assim... - Lili respondeu algo fria ao ver que essa frase havia afetado o loiro.

— Vamos servir a comida, entrem... - isto foi dito por o pai de Nathaniel.

Ambre e os pais foram em direção à cozinha, seguidos de Nathaniel e Lili. Ambos se olharam com um sorriso fraco. Dando apoio um ao outro. Sentaram-se um ao lado do outro. Ambre ao lado da mãe e Francis na cabeceira.

— Bom e vocês dois como se conheceram? - Francis fez sinais à empregada para que elas os servisse.

— Aeroporto... - Nath respondeu.

— Num bairro perigoso... - Lili respondeu.

Nath e Lili olharam-se algo atrapalhados.

— Conheceram-se à alguns anos no aeroporto! Ela é atriz e fugia dos paparazzis ehm... Americanos... Ela trabalhou durante anos em Nova York... Aí o Nath a levou para um bairro qualquer para despistar os paparazzi! - Ambre falou algo nervosa.

A empregada terminou de servir a comida.

— Atriz? Não tem aspeto de atriz! - Adelaide comentou com superioridade.

— É sinal que faz um bom trabalho! - Nath comentou enquanto dava uma palmadinha nas costas de Lili.

— Então em que filmes ou series entraste? - Francis perguntou algo interessado.

— Titanic... - todos a olharam com cara de WTF já que esse filme era bastante antigo - F...foi o meu primeiro trabalho... Eu era uma figurante. Uma peça de teatro! Não o filme claro ahahah!

Nathaniel suspirou discretamente aliviado.  Lili foi dizendo nomes de vários filmes inventados. Enquanto isso Nath a olhava bastante surpreso, até que ela se safa bem, isto pensava ele com um sorriso.

— Bom... Um dia espero ver um filme teu... Mas... Á quanto tempo têm uma relação? - Francis perguntou interessado.

— 3 anos... - Nathaniel respondeu - Mas ficou mais serio nestes dias, estamos a viver juntos. 

— E para quando o casamento? - esta pergunta de Adelaide fez com que tanto o loiro como Lili se engasgassem com a comida - Porquê tão nervosos? Não estão a viver juntos? 

Nath e Lili olharam-se nervosos, nenhum deles sabia o que dizer. 

— Daqui a 1 ano... - Ambre respondeu fazendo que Nathaniel e Lili a olhassem discretamente furiosos - Eles são um casal timido por isso não falam muito disso.

— Nathaniel? Timido? - Nathaniel olhou para o pai recentido - Não me parece...

— Esqueceste-te do tempo em que me batias pai? - Francis ficou vermelho de raiva enquanto Lili abria os olhos surpresa.

Fim do capitulo





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Sold by my own family" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.