Sympathy for the Devil escrita por Kori Hime


Capítulo 12
Desprezo


Notas iniciais do capítulo

Uchiha Sarada

Em algum momento de sua vida adulta.



Ela desceu as escadas e encontrou a mãe diante da janela, como costumava fazer todas as manhãs com uma xícara de café na mão e o olhar perdido através da vidraça.

Teve uma época que Sarada chegou a se preocupar, a ponto de pedir ajuda ao tio Uzumaki, agora ela passava direto da sala para a cozinha e tomava o café sozinha na mesa. Não havia esperança mais em seu coração e sentia pena da mãe por acreditar que, depois de tantos anos, ele voltaria.

Sentiu-se abandonada quando criança. Agora, adulta... ela sentia-se desprezada. Desejou nunca ter nascido uma Uchiha.



Notas finais do capítulo

É pra chutar o balde, faz de conta q ele nunca voltou kkkk
Essa é só uma ideia q tenho onde o Naruto adota ela, farei em uma fanfic um dia kkk :v



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Sympathy for the Devil" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.