Dark Traces escrita por karollabele


Capítulo 25
Pista




Lisa olhava para Donavan com seus olhos arregalados. Ele sorriu para ela e fechou o objeto de metal na sua mão e o guardou de novo. Lisa piscou e balançou a cabeça.

— Espera.. Como voce achou esse objeto?

— Voce se lembra que eu estava investigando, nao é?

— Lembro. E dai?

— Então.. Eu fui atrás de pistas que me levassem até o traço do assassino. Eu fui até os objetos que a pericia havia coletado. Eles me deviam um favor ou outro, nao foi muito dificil conseguir acesso. Só que eu nao tinha visto direito aquela peça de metal que voce tinha achado, quando eu a vi no laboratorio da pericia. Eu sabia onde tinha a peça, mas nao tinha certeza que estava totalmente certo.. Até que eu achei.

— O que voce achou, Donavan? O que?

— Calma.. Mulher desesperada. - Donavan riu

— Eu estou nisso a meses! Então me desculpe estar um pouco ansiosa! - Defendeu Lisa

— Desculpada. - Donavan sorriu de lado

— Quer falar logo o que é?

— Eu achei os donos da peça.

Lisa arregalou os olhos, chocada. Donavan sorriu mais para ela.

Enquanto isso, Matt caminhava saindo da sala de arquivos com um suor no rosto e respirando fundo. Ele caminhava por um grande salão de paredes marrons e um piso bege. Ele ouviu alguém o chamar:

— Matt..

Matt olhou para o lado e viu Chyntia com um vestido azul marinho justo e elegante olhando para ele um pouco hesitante segurando a bolsa com as duas mãos. Matt suspirou.

— Chyntia. O que faz aqui?

— Preciso falar com voce..

— Pena que agora nao dá. Eu estou muito ocupado.

Matt começou a caminhar, mas Chyntia o chamou:

— Matt! Espera!

— O que é Chyntia? Vai transar com o cara dos arquivos também?

— Ei, isso nao foi justo! - Disse ela, magoada

— Voce tem razão. Me desculpe. - Suspirou Matt

— Eu me sinto péssima..

— Eu sei que voce se sente. Mas isso nao muda nada.

— Matt, espera.

— O que foi?

— Eu acho que posso estar gravida.

Matt arregalou os olhos. Chyntia abaixou a cabeça. Matt olhou para o lado.

Enquanto isso, Lisa e Donavan caminhavam por uma rua um pouco movimentada enquanto o sol batia em seus rostos. Donavan usava uma camisa polo azul clara. Lisa usava uma blusa social branca. Ela colocou uma mão entre os olhos para tampar o sol da sua visão. 

— Voce tem certeza que é por aqui?

— Mas é claro que eu tenho certeza.  Só que vai demorar um pouco para chegarmos lá. O caminho é longo.

— Que ótimo.. 

— Vamos, Parker. Sem reclamar. Voce é muito branquinha. Precisa de um pouco de sol.

— Como se voce pudesse falar alguma coisa. - Retrucou Lisa

— Mas eu sou incrível de qualquer jeito.

Lisa revirou os olhos e olhou para ele.

— Donavan, posso te perguntar uma coisa?

— O que é?

— Voce acha que devemos falar com Clarker sobre que suspeitamos ter alguém infiltrado no departamento?

— Voce ficou maluca?

— Por que nao?

— Ah claro, vamos lá contar que suspeitamos que há alguém infiltrado no departamento. E depois? E se o próprio Clarker for o infiltrado?

— Voce está sendo paranoico, Donavan.

— Nao. Eu só nao confio em ninguém.

— Mas voce nao sabe o que aconteceu esses dias. O assassino invadiu o departamento, Matt quase o pegou, mas ele jogou um spray nos olhos de Matt e entao conseguiu fugir..

— Espera.. Ele jogou um spray nos olhos de Matt? Hahaha! Bem feito! - Riu Donavan

— Donavan! - Repreendeu Lisa

— Foi mal. Eu achei engraçado. Mas eu entendo a situação, Lisa. Sei que está perigoso lá.

— Ele pode ser qualquer pessoa..  E tem facilidade ao acesso ao prédio. Por isso nao podemos deixar essa situação sair do controle assim. Temos que contar ao Clarker pra ele tomar as atitudes cabíveis.

Donavan ficou pensativo enquanto Lisa olhava para ele.

Enquanto isso, Matt olhou para Chyntia e piscou um pouco. Chyntia olhava para ele apreensiva. Matt respirou profundamente e depois colocou a mão no rosto, tentando ficar calmo.

— Voce nunca ouviu falar de camisinha, Chyntia?

— Matt..

— Ou anticoncepcionais, ou outro método de prevenção?

— Nao foi facil assim!

— Então foi como? Chyntia.. Voce tem ideia do que está acontecendo aqui? Voce tem uma carreira.. Está mesmo pronta para ter uma criança? 

— Voce quer que eu faça o que? Tire?

— Claro que nao! - Exaltou ele

— E eu nem sei se estou também.. É só.. Uma pequena duvida..

— Uma pequena duvida? Chyntia! Nós dois vamos amanha depois do trabalho no medico!

— Mas..

— Nao! Temos que esclarecer isso! 

Chyntia olhou para o lado. Matt olhava para ela seriamente.

Enquanto isso, Donavan balançou a cabeça e suspirou. Lisa o observava.

— Nao sei, nao, Parker. Mas faça o que achar melhor. Se voce acha que isso de algum modo pode nos ajudar.. Então faça. 

— Obrigada Donavan. Matt nao estava feliz em dizer a Clarker.

— Porque talvez ele tenha medo que sobre para ele. O Matt sabe que está com rabo preso.

— Rabo preso?

— Ora, nós estamos investigando por conta própria, sem seguir as ordens de Clarker e supostamente ele nao vai ficar feliz com isso.

— Nós só estamos fazendo o nosso trabalho.

 - É, mas eu quero ver ele entender isso.

Lisa suspirou.

— Vamos logo onde temos que ir.

— Claro, apressadinha.

Donavan começou a caminhar e Lisa apenas o seguiu pensativa. Ela estava perto de uma pista importante que a levava até o assassino, mas de algum modo, sua cabeça estava longe. Ela tinha que contar para Clarker o que eles estavam fazendo, querendo ela ou nao, e ela nao sabia qual seria sua reação, mas tudo o que ela sabia é que estava fazendo o necessário para capturar o assassino. Mas aquele nao era o único pensamento que predominava a mente de Lisa. Por que Matt nao havia mencionado nada a reunião do departamento? Lisa nao queria se incomodar com isso, mas de certa forma a incomodava, afinal, eles eram parceiros. 

Donavan entrou em um pequeno estabelecimento onde havia vários carros desmontados pelo pátio. O estabelecimento tinha paredes brancas e janelas claras, e em cima havia um letreiro com o nome "Nova York Car Shop". Lisa leu o letreiro atentamente e depois voltou a olhar para porta. Donavan, sem cerimonia nenhuma empurrou a porta e entrou até o estabelecimento que havia uma grande mesa marrom amadeirada na recepção. Enquanto ele ia se aproximando da recepção, um homem com um macacão azul escuro, de cabelos castanhos lisos, magro, de óculos, se aproximou deles.

— Boa tarde. No que posso ajudar?

— Queremos falar com voce sobre uma de suas peças. - Disse Donavan

— Uma peça? - Perguntou o homem confuso

— Isso mesmo. Agente Donavan, e essa é minha parceira agente Parker. Departamento de homicídios de Nova York. - Disse Donavan, mostrando o distintivo

— Oh.. Claro, pois nao. Vamos até minha sala.

 O homem se virou e caminhou até sua sala que era bem clara e fresca. Havia armários de metal atrás da mesa do homem. Ele se aproximou da sua mesa e se sentou largando o pano em cima da mesa. Lisa e Donavan se sentaram na frente dele. 

— O que posso fazer por voces, detetives?

— Eu já disse: Vim aqui falar sobre uma de suas peças?

— É.. Mas.. Que peça seria essa que estamos falando?

— Essa.

Donavan jogou a peça de metal em cima da mesa. O homem pegou a peça e a observou com cuidado.

— Eu ainda nao entendo porque o departamento de homicídios está aqui interessado em uma peça de metal.

 - É simples se a tal peça foi encontrada nao só em uma, mas em duas cenas de homicídio.

Lisa olhou para ele. O homem também o encarou surpreso.

— Isso nao é possível..

— Está dizendo que estou mentindo? - Perguntou Donavan, irritado

— Nao é isso.. É que nossas peças.. Essa aqui especificamente sao usadas como emblemas da nossa marca. 

— O que isso quer dizer?

— Quer dizer que essa peça é de um modelo especifico que fabricamos.

— Deixa-me adivinhar: uma van? - Perguntou Lisa

O homem olhou para ela e piscou um pouco.

— Isso mesmo. Como sabe?

— Queremos os registros dos seus clientes agora mesmo.

Lisa olhou para o homem seria. Donavan sorriu de lado.

 

 

 

 

 

 





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Dark Traces" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.