A história "Ele Não Está Tão a Fim de Você" foi excluída pelo autor.


Confira também estas histórias


Eventualmente Claricce Stracci escrita por TM

Eventualmente Claricce Stracci
Quando a economia de NYC caiu, milhões de advogados faliram e Suzane Dudek foi uma delas. Vendo-se obrigada a trabalhar com qualquer área, ela consegue trabalho numa corporativa, da qual muitos homens ficam milionários de uma hora pra outra. No começo, ela se vê tentada a fazer o negócio e ficar rica, mas depois se assusta com essa possibilidade.

Os jornalistas começam a fazer novas reportagens com velhos casos de desaparecimentos todos com jovens entre 17 e 25 anos , segundo eles, isso envolve milhões de pessoas, uma máfia italiana está por trás desses sequestros, e isso desperta a curiosidade de Suzane. Decidida a investigar isso, ela fala pro seu chefe que sua mãe está doente e parte para a investigação. Mas, numa dessas entrevistas com familiares das vítimas, ela é raptada.

Ela se vê obrigada a esquecer o seu passado como Suzane Dudek, para viver como Claricce Stracci, a identidade da falecida neta do Capo Stracci. Ela renasce como a mais nova vendedora de armas da família.

Sob o domínio da máfia, ela vai tentar salvar quantas pessoas puder e salvar si mesma.
Categorias: Originais
Gêneros: Drama, Suspense, Terror

1 recomendação   6 favoritaram   24 acompanhando  

 

O Olho da Tempestade escrita por Eye Steampunk

O Olho da Tempestade
Ano 3153 da Nova Era, a Terra esta morrendo, mas os seres humanos ainda sobrevivem em Júpiter que tornou-se habitável. Na Nova Era a humanidade desistiu de ter esperança em uma religião, em um motivo para a guerra, e mesmo nas antigas organizações da política; tendo como sustento a ciência. As ultimas milhas de sobreviventes do que um dia foi o Planeta Vida cooperam entre si, para sobreviver em um ambiente gélido e hostil, dentro de uma estufa de proteção, chamada A Ilha do Capitão Nemo (ou Ilha Nemo).
Neste local vive Layer, um jovem que é escolhido a temível missão de salvar o seu vilarejo da Grande Tempestade, que ocorre a cada 27 anos. Tal missão custará a sua vida, e Layer conta a épica cruzada pelos ares, embarcado no barco aéreo Vitória II e ao lado do temido e amigo dragão Tsur-U.
Sacrificar ou Viver? Agora entendo Shakespeare! O autor.
Categorias: Originais
Gêneros: Aventura, Ficção Científica, Fantasia

12 favoritaram   29 acompanhando  

 


si simple, si mon escrita por Lady Extravaganza

si simple, si mon
"seis da manhã. café. jornal. chuva. frio."
Categorias: Originais
Gêneros: Poesia, Romance, Yuri, Amizade

2 favoritaram   1 acompanhando  

 

Raízes da Ditadura escrita por Ana Dapper

Raízes da Ditadura
A fanfic conta a história de uma garota que cresceu durante a ditadura militar brasileira e sempre buscou respostas. Ao conquistá-las, registrou todas em um documento.
Categorias: Originais
Gêneros: Romance

3 favoritaram   2 acompanhando  

 

A Lua e o Príncipe escrita por Anne L

A Lua e o Príncipe
Em meio à constância do Tempo, as pequenas mudanças formavam uma história.
Categorias: Originais
Gêneros: Drama, Fantasia, Romance

5 favoritaram   11 acompanhando  

 


O Grande Palco da Vida - Live escrita por Celso Innocente

O Grande Palco da Vida - Live
Regis era apenas um menino, que desde antes de completar sete anos de idade, já sonhava em se tornar um grande astro da música popular sertaneja do Brasil, por isso, sempre se dedicou a estudar muito, não só em sua escola primária, mas principalmente, aprendendo violão, canto e coreografia.
Assim como sonhara, seu sucesso, fama e riqueza, acabaram chegando muito rápido e ele então se tornara aparentemente uma das crianças mais felizes deste mundo, mas o que ele só iria descobrir aos poucos, era que o preço a ser pago por esta fama seria alto demais. Preços aparentemente inofensivos, como a perda da infância, a ausência dos pais, o convívio com adultos, que muitas vezes, mesmo sem intuito de maldade, acabava expondo o menino a um mundo perigoso, que o levaria também ao fim de sua inocência, através da exposição a bebidas alcoólicas, drogas e prostituição.
Regis, porém, em modo hiperativo, acabava se vendo obrigado, mesmo sendo apenas um menino, se tornar homem e conseguir lutar por sua felicidade, dentro da fama, riqueza e um mundo ingrato, onde muitas vezes impera também as injustiças.
Foi por amar as crianças, que me vi envolvido nesta aventura especial, diferente e muito gratificante: A aventura em me tornar um dos principais amigos desse garoto muito bonito, simples e acima de tudo, com seu coração puro, cheio de amor ao próximo e de uma grande beleza espiritual. Porém, uma aventura, onde, como todas, surgem seus momentos dolorosos e tristes.
Quero compartilhar com você, amigo leitor, a quase completa estória deste meu amiguinho, REGIS DE ASSIS MOURA, uma criança, a qual conheci por acaso e confesso, jamais me esquecerei; pois foi ele quem me ensinou a amar ainda mais a simplicidade e pureza das crianças; fez-me aprender a ser feliz: a sorrir quando é hora de chorar; a abraçar quando é hora de surrar; a amar quando pensar que é momento de odiar; a cantar quando só quer protestar; a ser simples quando quiser ser importante; a ser criança quando se sentir rabugento
Se você gosta de crianças, gostará de ler a esta estória. Procure entrar nesta vidinha simples e então irá sorrir e deixará correr lágrimas também, conforme notar o desenvolver desta minha aventura, diferente e longa.
Meu verdadeiro objetivo foi tentar mostrar o amor e simplicidade infantil, deste garotinho hiperativo, que conheci enquanto trabalhava. Na época, ele tinha quase sete anos de idade e me aceitou entre a relação de seus principais amigos. Os anos passaram e nossa amizade cresceu. Na época eu era muito jovem e sequer tinha filhos, mas mesmo assim, aprendi a amá-lo, como se ele fosse meu primeiro filhinho e ele, em sua simplicidade invejável, retribuía este amor, que me causava muito orgulho.
Categorias: Originais
Gêneros: Aventura, Drama, Romance, Amizade

4 favoritaram   3 acompanhando  

 

O Grande Palco da Vida escrita por Celso Innocente

O Grande Palco da Vida
Regis era apenas um menino, que desde antes de completar sete anos de idade, já sonhava em se tornar um grande astro da música popular sertaneja do Brasil, por isso, sempre se dedicou a estudar muito, não só em sua escola primária, mas principalmente, aprendendo violão, canto e coreografia.
Assim como sonhara, seu sucesso, fama e riqueza, acabaram chegando muito rápido e ele então se tornara aparentemente uma das crianças mais felizes deste mundo, mas o que ele só iria descobrir aos poucos, era que o preço a ser pago por esta fama seria alto demais. Preços aparentemente inofensivos, como a perda da infância, a ausência dos pais, o convívio com adultos, que muitas vezes, mesmo sem intuito de maldade, acabava expondo o menino a um mundo perigoso, que o levaria também ao fim de sua inocência, através da exposição a bebidas alcoólicas, drogas e prostituição.
Regis, porém, em modo hiperativo, acabava se vendo obrigado, mesmo sendo apenas um menino, se tornar homem e conseguir lutar por sua felicidade, dentro da fama, riqueza e um mundo ingrato, onde muitas vezes impera também as injustiças.
Foi por amar as crianças, que me vi envolvido nesta aventura especial, diferente e muito gratificante: A aventura em me tornar um dos principais amigos desse garoto muito bonito, simples e acima de tudo, com seu coração puro, cheio de amor ao próximo e de uma grande beleza espiritual. Porém, uma aventura, onde, como todas, surgem seus momentos dolorosos e tristes.
Quero compartilhar com você, amigo leitor, a quase completa estória deste meu amiguinho, REGIS DE ASSIS MOURA, uma criança, a qual conheci por acaso e confesso, jamais me esquecerei; pois foi ele quem me ensinou a amar ainda mais a simplicidade e pureza das crianças; fez-me aprender a ser feliz: a sorrir quando é hora de chorar; a abraçar quando é hora de surrar; a amar quando pensar que é momento de odiar; a cantar quando só quer protestar; a ser simples quando quiser ser importante; a ser criança quando se sentir rabugento
Se você gosta de crianças, gostará de ler a esta estória. Procure entrar nesta vidinha simples e então irá sorrir e deixará correr lágrimas também, conforme notar o desenvolver desta minha aventura, diferente e longa.
Meu verdadeiro objetivo foi tentar mostrar o amor e simplicidade infantil, deste garotinho hiperativo, que conheci enquanto trabalhava. Na época, ele tinha quase sete anos de idade e me aceitou entre a relação de seus principais amigos. Os anos passaram e nossa amizade cresceu. Na época eu era muito jovem e sequer tinha filhos, mas mesmo assim, aprendi a amá-lo, como se ele fosse meu primeiro filhinho e ele, em sua simplicidade invejável, retribuía este amor, que me causava muito orgulho.
Categorias: Originais
Gêneros: Drama, Romance, Amizade

1 recomendação   7 favoritaram   9 acompanhando  

 

A Natureza das Ondas escrita por Enki

A Natureza das Ondas
Certa noite, Ned Coast vai para o convés do navio em que trabalhava. Ele era um marinheiro, aprendiz de pouca idade. Ao notar uma movimentação na água, o garoto descobre estar em presença de uma animada e brincalhona Jubarte de Prata, um dos espíritos do oceano. A baleia carrega o menino em uma viagem até a lua, onde ele conhece Luna, deusa da noite. A divindade nem tão amigável lhe faz uma profecia, mas o que Ned não imagina é que ele ele está destinado a se envolver em eventos muito maiores do que sua vida. Resta descobrir se suas habilidades e companhias serão suficientes para controlar e superar os desafios que se aproximam.
Categorias: Originais
Gêneros: Aventura, Drama, Ficção Científica, Fantasia, Mistério, Romance, Universo Alternativo

1 favoritou   3 acompanhando  

 

Blue escrita por clarissa

Blue
Às vezes pessoas se vão e não sabem como voltar.
Categorias: Originais
Gêneros: Drama

3 favoritaram   2 acompanhando  

 

Não me abandone. escrita por Yuu Chan

Não me abandone.
O breve relato de um cachorro que sempre amou muito, a sua dona. E ainda espera por seu retorno.
Categorias: Originais
Gêneros: Drama, Amizade

19 favoritaram   13 acompanhando