31 dias no Inferno escrita por Kaline Bogard

31 dias no Inferno

Shino e Kiba, ex-integrantes do Time 8, são enviados em uma missão perigosa: se infiltrar entre os turistas da Sunshine Island e descobrir o que se esconde por trás de misteriosos desaparecimentos.

Tal ilha parece o paraíso. Em contrapartida, a missão é classificada como Ranking A.

Ambos sabem que não podem se enganar e deixar a beleza exuberante servir como camuflagem para o mal. Ou as vidas deles também estarão em perigo.


Classificação: 13+
Categorias: Naruto
Personagens: Aburame Shino, Inuzuka Kiba
Gêneros: Comédia, Mistério, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria

Capítulos: 7 (7.930 palavras) | Terminada: Sim
Publicada: 01/01/2018 às 11:50 | Atualizada: 09/01/2018 às 13:05

Notas da História:

Naruto é um anime e não me pertence.

—---

Fanfic escrita para o Desafio de Férias 2018 do grupo Nyah! Fanfics no Facebook.

Maiores informações em: https://goo.gl/S6bZqy

—--------------

O Arquipélago Nyah é um conjunto de ilhas que foi descoberto pelo Antropólogo Seiji. O arquipélago foi explorado e catalogado pelas especialistas: Anne, Kaline e Kori.
Cada ilha possui uma característica natural específica. Veja quais são elas:

Ilha Misaki: Uma ilha tão pequena que só mora o zelador do aeroporto/porto. Daqui você poderá escolher ir para uma das 3 magníficas ilhas do Arquipélago Nyah.

Sunshine Island
Primeira pessoa a desvendar os segredos da ilha: Kaline.
O lema de Sunshine Island é “100% dos clientes garantem férias inesquecíveis… e eu não disse que eram só memórias boas”.
Prepare-se para férias quentes. A ilha é grande e exuberante. Conhecida por chover pouco, o sol reina nessas praias maravilhosas. A população mora em uma vila humilde, mas limpinha. Entretanto, nem tudo é perfeito: a única pensão tem apenas 1 estrela no Airbnb, o banheiro é comunitário, o chuveiro esquenta demais (temos pomada para queimaduras na recepção) e os funcionários são mal-humorados, então eu sugiro que não os incomode muito. E, ah! Já ia me esquecendo: cuidado com os Dragões-de-Komonyah. São uma variação muito peculiar da espécie Dragão-de-komodo, que você só encontrará aqui.
Aviso Importante: Não alimente os dragões.
“O que acontece quando se alimenta um desses?” Eu tenho certeza de que você não vai querer saber.
Hotel: Sim, uma pensão com quartos individuais e compartilhados. Sem ar-condicionado e com apenas duas refeições por dia.
Como chegar na ilha: De barco ou avião fretado, partindo de Misaki.

—----------

Boa leitura!!


Capítulos

1. A Partida
688 palavras
2. Recepção Calorosa
1.110 palavras
3. O chuveiro é lava
1.260 palavras
6. Abaixa que é tiro!
1.164 palavras