With a Little Help From My Friends escrita por Mariana Mendonça


Capítulo 6
Capítulo 6 - Aquele Com o corte





Acordo com  barulhos na janela do meu quarto, abro os olhos e está tudo escuro, quantas horas eu dormi? Tateio a mesinha em busca do celular. 23:35pm!. Dormi praticamente o dia inteiro e ainda estou com as mesmas roupas da festa de ontem. Escolho umas roupas folgadas e vou em direção ao banheiro e quando saio de lá o barulinho irritante persiste.Decido olhar o que está acontecendo, quando abro a janela, alguma coisa atinge o meu rosto.

  - AI! - olho na direção que a pedra veio, a única luz que ilumina o lado de fora é a que vem do meu quarto, mesmo assim consigo distinguir a silhueta de Cameron - Mas que porra Cameron, o que você tá fazendo aqui?! -  sussurro e levo a minha mão em direção ao local em que a pedrinha me atingiu, sinto o local um pouco molhado, decido deixar o corte na cabeça de lado enquanto observo alarmada Cameron escalar à arvore que fica em frente ao meu quarto. - Que porra você ta fazendo, Cameron ?! - falo com a voz esganiçada - Observo ele se precipitar em direção ao peitoril da minha janela e me afasto, dando espaço para ele entra no quarto - O que-você-tá-fazendo-aqui ?! - tomo cuidado pra manter a minha voz baixa e mostrar meu desespero ao mesmo tempo .

— Você disse que precisava ser resgatada do seu cárcere - ele olha em volta do quarto e coloca as mãos na cintura - Aqui estou eu - olho para ele com a minha melhor cara de "isso é sério ?" - Tentei chamar o Henry, mas ele disse que iria ter um encontro hoje - ele se deita na cama, já ligando a TV.

— Cam, você tem que ir embora -  declaro enquanto cruzo os braços.

— Ou eu posso ficar e a gente assiste algum filme - observo ele procurar " Ocean´s Eleven " na netflix.

— Cam, é sério... - me sento do seu lado e tiro o controle-remoto de sua mão - Você não entendeu? eu to de castigo e mesmo que eu não estivesse, acho que eles não gostariam de saber que tem um garoto no meu quarto enquanto todos estão dormindo.- Cameron se senta na cama e olha pra mim.

— Anne, pelo amor de Deus, porque você é sempre tão submissa a eles? - encaro as minhas mãos - Qual é, foi só uma festa e você tem quase 18...- ele passa a mão pelo cabelo - Você tá sempre reclamando que a forma como eles te tratam é injusta, mas você não faz absolutamente nada pra mudar isso.E ontem quando você decidiu fugir de casa e ir à festa, eu pensei "finalmente, finalmente ela decidiu mudar " mas depois...você aceita qualquer punição que eles te dão, sem nem questionar - ele parece frustado - Eles são seus irmãos não seus pais.

 Olho para ele meio envergonhada, sei que ele estava certo, sei que não deveria passar minha adolescência trancada em quarto enquanto todos os outros estão por aí, se descobrindo. Eu tinha aquela sensação de efervescência sempre que me imaginava fazendo coisas, conhecendo pessoas,descobrindo lugares...queria me sentir infinita.

— Okay, você pode ficar - dou um sorriso malicioso pra ele e tiro o controle de suas mãos - Mas eu escolho o filme.

— Okay, mas antes... - ele se aproxima do meu rosto e eu fico tensa - você ta sangrando - ele toca de leve na minha têmpora e levanta da cama, indo em direção ao banheiro - Vou pegar um bandage





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "With a Little Help From My Friends" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.