A Hospedeira 2 escrita por Rai


Capítulo 7
Capítulo 7


Notas iniciais do capítulo

Eu peço muitas desculpas pela demora. espero que me perdoem após lerem o cap



Ian estava parado no meio do salão, nos seus braços estavam um buquê de rosas vermelhas. O restante do grupo estava mais atrás de Ian, seguravam bolas coloridas e cantavam parabéns. Meus olhos voltaram para Ian que se aproximava, as lágrimas escorriam de meus olhos. Eu não sabia ao certo o que estava sentindo e porque estava chorando. Felicidade, surpresa, alívio, ou medo?

- Parabéns, meu amor. - Ian me desejou beijando minha testa.

Ele me entregou as rosas, eu as peguei.

- Obrigada, por tudo. - eu agradecia além daquilo, daquele lugar, daquelas pessoas.

Ian me pegou nos braços, fazendo o buquê cair, e me beijou. O beijo foi tão intenso que esquecemos até das pessoas em volta.

- Peg, Peg! - chamou-me Jamie - Você gostou da surpresa?

Eu me separei de Ian e abracei Jamie, sorrindo.

- Então você estava no meio disso tudo! - eu brinquei.

- Pensei que ela fosse morrer com o que Jared disse. - Ranchel comentou em voz alta - Parabéns, Peg.

Eu e Jamie congelamos, enquanto Ian processava o que ela disse, Melanie e Jared se aproximaram.

- Jared disse o que?

Eu me soltei de Jamie e abaixei a cabeça, só em pensar que aquilo poderia ser verdade apertou dolorosamente meu coração.

- Ela perguntou sobre você, aí eu sou disse "Sinto muito". - Jared respondeu ao mesmo tempo que me entregava um ursinho, eu o peguei e permaneci quieta.

- Ele fez isso mesmo? - Ian perguntou incrédulo

A noite foi tranquila, teve até bolo de chocolate e futebol em minha homenagem. Jared, Ian e Melanie no mesmo time foi vitória na certa, e quando o jogo acabou Ian correu em minha direção pegando em seu colo. Ele me girou e depois me colocou no chão, em seguida nossos lábios estavam grudados num beijo urgente. Melanie que se aproximava riu e nos cutucou.

- Peg, espero que você nos perdoe pelo modo da surpresa. - ela sorriu

- Eu estou tão feliz, Mel, estão todos seguros e unidos. Isso para mim já basta. - eu disse sorrindo - E para a primeira festa surpresa que eu já fui, está foi a melhor.

Nós três rimos. Ian me abraçou pela cintura, e beijou minha orelha.

- Me desculpe, mas agora irei sequestrar Peg. - ele disse

Melanie riu.

- Deixe de ser egoísta, O'Shea.

- Ah, Mel, aposto que Jared só está esperando a oportunidade para fazer o mesmo. - eu disse rindo

Mas antes que Melanie pudesse me responder, eu estava nos braços de Ian com os lábios ocupados. E sem falar com mais ninguém fomos para nosso quarto.

- Peg, você está bem? - Ian olhava-me preocupado quando chegamos no quarto

- Claro que estou.

- Não minta para mim, Peg.

Ian me colocou no chão e eu me virei para o baú procurand uma roupa.

- Estou falando a verdade, tudo foi tranquilo e legal por aqui, eu estou bem.

Ian me puxou pelo braço e me prendeu contra parede, sua expressão era de dor e seus olhos queimavam no seu fogo azul.

- Então você não sentiu minha falta como eu senti? Eu senti falta de você em cada segundo que se passava. - ele fechou os olhos.

Eu, então, não consegui me controlar mais. Meu corpo começou a tremer, uma dor rasgava o meu peito, as lágrimas escorriam de meu rosto e caíam em minha brlusa. Ian abriu os olhos e se assustou ao me ver assim. Sua voz estava cheia de culpa.

- Me desculpe, eu não queria te magoar.

Eu o abracei, agora chorando entre soluços, eu estava colocando para fora todo o meu medo. Ian me abraçou em silêncio, fazendo sua rede de proteção.

- Estou com medo, Ian. - eu sussurrei nervosa - Não quero te perder, minha maior preocupação é se eles te pegarem.

Ian me abraçou mais forte, senti lágrimas escorrerem silenciosamente de seu rosto. Era seu medo também.

- Eu estou aqui, Peregrina. - ela falou numa voz grave pela emoção - Nenhum humano ou nenhuma alma vai nos separar. Eu sou seu da mesma forma que você é minha.



Notas finais do capítulo

Owns, e aê gostaram? :B



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "A Hospedeira 2" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.