A Hospedeira 2 escrita por Rai


Capítulo 2
Capítulo 2




Quando eu cheguei ao meu quarto, Ian já estava dormindo. Eu fiquei por um instante o admirando e então deitei ao seu lado abraçada. Logo estava dormindo com pensamento sobre safira, neve e meia-noite. Era um sonho bom, e eu queria permanecer nele, mas eu sabia que se ficasse ali eu não poderia sentir realmente. Então abri os olhos apesar de não querer muito naquele momento, pois logo me veio todas as lembranças de ontem e a conversa com Melanie.

Eu levantei da cama desanimada, saí do quarto com a intenção de me esconder em um canto. Mas tive que adiar meus planos quando um Jamie sorridente apareceu correndo em minha direção.

- Peg! Peg, preciso de sua ajuda. - Jamie me abraçou, agora mais alto do que eu.

- Te ajudar em que? - me sentia tão feliz ao ver que não mudara quase nada entre mim e Jamie, eramos praticamente irmãos.

Jamie olhou em volta e sorrindo de orelha a orelha confessou.

- Estou apaixonado por Ranchel, Peg.

- E isso é bom, certo?

- Sim, mas o que eu devo fazer? - perguntou inseguro

- E-eu não sei, jamie. Tente falar com Mel, ela deve saber melhor que eu.

Jamie parou e ficou me olhando, até seu sorriso sumir.

- O que está te pertubando, Peg?

- Sinceramente, não sei. - era o melhor modo que eu podia mentir - Acho que vou tomar banho, depois você conta as novidades?

Jamie concordou com a cabeça e antes que ele pudesse perguntar mais alguma coisa, eu fui embora. Quando cheguei num dos corredores escuros comecei a correr, eu já sabia para onde estava indo e queria chegar o mais rápido possível. Estava tão distraída que não notei que alguém vinha em minha direção e acabei trombando. Um par de mãos que me seguraram quando eu estava prestes a cair.

- J-Jared? - falei entre o folego

- Peg? O que aconteceu?

- Nada, só preciso refrescar a mente para poder pensar. - ele sabia que eu estava mentindo

- Me conte a verdade, Peg, o que foi? - ele me abraçou preocupado

- Só preciso ficar um pouco sozinha, por favor.

Jared me soltou, mas segurou minha mão receoso.

- Por favor, Jared. - pedi suplicante

Um suspiro foi a minha resposta e Jared soltou minhas mãos indo embora. Eu esperei alguns minutos até pode ir para o salão.

Escuro, silêncio, solidão. Era isso que eu encontrei ao chegar no salão de jogos. Tantas lembranças, tantos momentos guardados que às vezes ressurgem em minha mente. Eu sentei no canto onde um som de água borbulhando soava baixo e me encolhi.

Eu precisava criar coragem, mas da onde eu iria tirá-la?

Não quanto tempo fiquei ali e eu não percebi quando ele chegara. Mas quando tive certeza que estava ali, meu coração começou a bater mais forte e alto. Será que ele podia ouvir?

- Ian? - chamei num tom baixo e triste

Prontamente seus braçso estavam em volta de mim, me protegendo. E isso fez lágrimas brotarem nos meus olhos e entre soluços tentei falar com ele.

- Me desculpe, eu não queria te magoar.

Ian ficou em silêncio.

- Melanie disse que você não gostou de Cal e eu andando juntos...

- Eu achei melhor dar espaço para você poder conversar com ele. - Ian disse surpreso - Mas devo admitir que não gostei de ve-los juntos.

Aquilo ascendeu a chama de minha coragem. Eu joguei meus braços em volta de seu pescoço e em seu ouvido disse:

- Ian, eu amo você. Somente você, para todo sempre.

Ao mesmo tempo que terminava de falar, Ian se levantava e me pegava no colo e num piscar de olhos já estávamos em nosso quarto. Com a porta fechada, Ian se aproximou de mim, precionando-me cotra parede e me olhando dentro dos olhos.

- Me perdoe, Peregrina. - ele disse suplicante - Eu sou humano, cometo erros, mas você é minha. Eu te amo idenpedente de qualquer coisa.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "A Hospedeira 2" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.