A Hospedeira 2 escrita por Rai


Capítulo 16
Capítulo 16


Notas iniciais do capítulo

Geente! Saudades de voces sabia?! Entao pra matar essa saudade aqui vai mais um cap! HaHa



- Bom dia, Peg. - disse a jovem me acordando

- Hm, bom dia. - eu me esprequicei e sentei na cama

Depois de resitar, ela pegou um frasco no carrinho de servir comida e me entregou. Dentro do frasco transparente havia um líquido azul viscoso, eu fiz uma careta.

- Isso irá ajudar com o bebê, tipo que acelerará a gravidez. Se você tomar uma frasco todos os dias, em um mês estará com o bebê nos braços.

- Não. Isso é errado. - eu disse negando com a cabeça

- Se você não tomar, eles podem fazer algo pior com você, Peg. - ela respondeu ficando nervosa e abaixou mais ainda o tom de sua voz - Eu deveria estar com sete meses agora, mas eu bebi esse soro. Eu fiz para proteger as duas únicas pessoas que realmente me importam. Você deve fazer o mesmo.

Eu apertei o frasco em minha mão, tudo que eu queria era que Ian ficasse a salvo e que nós pudessemos ter uma vida normaç. Então com o meu desejo em mente, bebi o soro num gole.

E durante mais duas semanas foi assim, agora vários médicos vinham me avaliar, e a jovem e eu estávamos cada vez mais próximas - apesar dela nunca me dizer seu nome. Na segunda nooite da terceira semana tomando o soro, aconteceu o inesperado.

- O que foi, peg? - falou aflita a jovem

Eu me encolhia na cama, a dor tomando conta e o ar se perdendo. Eu estava ficando tonta e fraca.

- O bebê. - eu sussurrei antes de desmaiar.

 

-

 

Fazia um mês que minha Peregrina havia sido capiturada e, eu estava preso num quarto qualquer para não tentar ir atrás dela. Jeb, Jared e Melanie vinham sempre me visitar e contar o que acontecia no novo ninho da rebelião humana, já que eu não podia ir a lugar nenhum.

Era tarde da noite quando Jared apareceu acompanhado de Jeb no meu quarto, eu andava de um lado para o outro mas logo parei ao ver as expressões de seus rostos.

- O que foi? - eu disse seco - O que aconteceu?

- Recebemos notícias dela. - Jeb falou mansamente

- Diga. - eu rosnei, meus músculos ficando tensos

- Ian, sabe de alguma coisa que Peg poderia estar escondendo? - Jared perguntou prontamente

- Como assim? - eu rosnei - Acha que ela esta envolvidaem algo? DIga de uma vez!

- Ela estava grávida. - Jeb disse numa voz sem emoção

O choque foi terrivel e penetrou cada célula de meu corpo.

- E descobrimos que cada país possuí uma alma que administra um grupo contra a rebelião humana, já que essa está cada vez maior. O nosso é um tal de Gustav e achamos que ele possa estar envolvido na capitura de Peg. - Jared disse tentando manter a voz controlada e neutra

- Ela está bem? - eu perguntei confuso

- Está, pois eles a querem viva para usar, provavelmente, contra nós. - Jeb disse

- O bebê? - minha voz saiu abafada

- Não temos notícias, sinto muito.

 

-

 

Era uma linda menina, eu ouvi a enfermeira comentar, eu iria vê-la agora que acordei. Eu tentei imaginá-la: mãos minúsculas, olhos iguais a do Ian e seria pequenina.

- Peregrina? - disse a jovem entrando no quarto

- Onde está ela? Meu pequeno bebê. - eu disse sorrindo

- Eu tentei impedi-los, impedir meu pai, mas não pude. - ela disse triste

E antes que eu pudesse formular e digerir a sua frase, uma menina de cinco anos entrou correndo no quarto. Pele branca, pequenos cachinhos dourados e os olhos safira que brilhavam em minha direção. Com uma estrondosa habilidade, ela subiu em minha maca e me abraçou.

- Estou tão feliz que a senhora esteja bem, mamãe. Tia Cassie cuidou de mim e disse para eu ser paciente até você acordar. - ela colocou suas mãos em cada lado de meu rosto - Eu te esperei loucamente.

Eu olhei para a menina em meus braços e depois para a jovem, que agora tinha um nome, Cassie.

- Eu não tenho nome, tia Cassia disse que você iria escolher. - ela disse chamando a minha atenção novamente

- Louise. - respondi sem pensar e acariciando seus cachinhos perplexa

- Eu gostei. - ela disse deitando em meu colo.



Notas finais do capítulo

E ae? Gostaram? Rreviews bonitiiinhos? Haha



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "A Hospedeira 2" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.