Devaneios de um(A)lma cansada escrita por Thaís

Devaneios de um(A)lma cansada

Devaneios, devaneios e devaneios.
Um compilado de poesias existencialistas.
Tem coisas que só a melancolia consegue fazer. E essas poesias, são uma delas.

Eu escrevo poemas como quem não quer nada
Mas o que eu quero mesmo,
é me libertar desse desespero,
que, me disseram outrora, era passageiro.

...

Não, a escrita não alivia a minha a dor,
Eu só escrevo para sentir o sabor dos meus sentimentos
me corroendo por dentro.


Classificação: Livre
Categorias: Poesias
Personagens: Indisponível
Gêneros: Drama, Poesia, Romance
Avisos: Nenhum

Capítulos: 12 (2.410 palavras) | Terminada: Não
Publicada: 07/12/2016 às 02:45 | Atualizada: 11/10/2018 às 11:19

Notas da História:

Essas poesias são de minha autoria! Plágio é falta de criatividade própria. Não engane a si próprio copiando outras poesias. Todo mundo é capaz!

Imagem da capa retirada do Google!

Tenham uma excelente leitura!!!
E se gostarem, deixem suas opiniões! ^^


Capítulos

1. Labirinto de tristezas
185 palavras
2. O Peregrino
162 palavras
4. Mascarado
240 palavras
5. Vida sobre tela
206 palavras
6. Fábrica de Gente
107 palavras
7. Flores/Rosa
150 palavras
8. Por quê ‘S
319 palavras
9. O velho
276 palavras
10. Cântico dos Elohins
141 palavras
11. Corações envenenados
178 palavras
12. Selva de cimento
100 palavras