A Batalha da Colina de Sangue escrita por Marylin C

A Batalha da Colina de Sangue

"Três dias atrás, um grupo composto por nove fadas chegou a nossos irmãos em Hillevi. Vocês bem sabem de nosso acordo com os Filhos de Eloa: eles podem escavar nossas minas, enquanto nós podemos derrubar as árvores de sua floresta. Ambos prestamos contas da matéria que pegamos em terras alheias, e tem sido desse jeito desde os nossos ancestrais. Chamamos este acordo de Tratado de Extração Mútua. Mas isso está prestes a mudar. O grupo de Filhos de Eloa escavou um graúdo diamante vermelho das minas de Hillevi. Ele é maior que a cabeça de um de nossos potros, como diamantes têm sido em nossas terras. Vermelho é uma das cores mais raras de se encontrar e por isso o valor daquele diamante é inestimável, mas a líder daquela cidade decidiu deixar as fadas o levassem. E, com isso, cometeu um grande erro. O fragmento do Espelho do Infinito que está em seu poder, dado pela Lua e pelo Sol como um presente para o nosso povo, alertou-os da destruição que aquele diamante está prestes a causar assim que o grupo deixou a cidade. Imagens de morte, sangue e extermínio se refletiram no Espelho, juntamente com o aniquilamento de todas as Cinco Raças. Caso aquele diamante seja lapidado, toda esta destruição cairá sobre nós. E não sobrará ninguém. Desse modo, é nossa responsabilidade recuperar o diamante, antes que os Filhos de Eloa o alterem. Mesmo que isso signifique o fim de nossos laços comerciais e, consequentemente, a guerra."


Classificação: 13+
Categorias: Originais
Personagens: Indisponível
Gêneros: Aventura
Avisos: Violência

Capítulos: 1 (9.078 palavras) | Terminada: Não
Publicada: 30/09/2016 às 23:28 | Atualizada: 30/09/2016 às 23:28

Notas da História:

Esta história foi escrita para o 12º desafio do Café com Letra (CcL) intitulado ‘Especial de aniversário’.

+13 porque sou paranóica.

Mesmo universo de Fixing e Ursa Maior, Ursa Menor, mas pode ser lida separadamente.

Um beijo pra Carinhos, que me incentivou e me fez entender a importância de se manter hidratado ao escrever, hahaha. Um lindo agradecimento ao André, cujo nick do Nyah eu não faço a menor ideia, por me dar as melhores sugestões. Um obrigado de joelhos pro Matheus, cujo nick eu também não sei, que ficou me ajudando com os erros de português (acreditem, são muitos). E um abraço pro João, que ainda fala comigo mesmo depois de todas as vezes em que eu o ignorei porque tava escrevendo. Amo vocês, seus lindos ♥


Capítulos

1. Capítulo Único
9.078 palavras