Recomeçando escrita por Larissa Oliveira


Capítulo 2
Casal não convencional




Este capítulo também está disponível no +Fiction: plusfiction.com/book/676043/chapter/2

Depois do nosso encontro no lago,Jace decidiu que iríamos treinar,eu estava completamente indisposta mas,quando Jace queria alguma coisa e estava decidido,nem o apocalipse o faria mudar de ideia.
E o felizardo nem pra irmos fazer um treinamento normal no instituto com aquelas roupas bregas e cafonas
—Ah qual é Clary,vamos sair da rotina
—Sair da rotina com você significa que estou completamente ferrada .
—Pare de ser tão pessimista,Fairchild,não vou pegar pesado com você hoje
—Duvido muito,porque me chamou pelo meu sobrenome?-Eu disse,achando estranho-Aprendi com o Simon
—Agora chega de ladainha e vamos !!!!
+++++++++
—Meu Deus Clary -disse minha mãe ao me ver entrar em casa e bater a porta -o que diabos aconteceu com você?foi se encontrar com os seus amigos ou foi fingir que era um cachorro e rolar na grama ?
—Jace Wayland Morgenstern Lightwood Herondale aconteceu,mãe
—Como assim?-ela disse,rindo da minha situação.
—Simples,ele colocou naquela grande cabeça oca que seria melhor para o meu engrandecimento treinar no meio do mato.
—Como assim?vocês foram aonde?fizeram o que?
—Fomos para o bosque,treinar saltos,apurar minha audição e essas coisas
—Quer jantar?
—Não,quero tomar banho e dormir
—Tem certeza?
—Sim,boa noite -digo e lhe dou um beijo na bochecha
—Boa noite .
—Acordei 4 horas depois com uma mensagem do Jace

J:TA AFIM DE DAR UNS AMASSOS???

E:NÃO

J:POR QUE?????

E:VÁ SE DANAR,PROFESSOR

Volto a dormir mas acordo horas depois com o som de pedrinhas sendo arremessadas em minha janela,eu a abro e solto toda a raiva que havia em mim

—Vá pro inferno,Jace eu estou cansada,me dá uma folga pelo anjo
—Só vim convidar minha querida,linda e sexy namorada com essa camisola que valoriza muito os seios dela para ver as estrelas
—Ta -eu digo com a raiva se esvaindo em decorrencia ao elogio-vou só trocar de roupa
Visto um vestido vermelho que fica um palmo acima dos meus joelhos,passo gloss e vou de encontro a Jace .
—Oi
—Oi
—Vo...você está absolutamente linda
—Você também não está nada mal
—Vamos
Subo na moto e paramos no instituto,chegamos ao terraço,nos deitamos e ficamos lá,ora admirando a beleza um do outro,ora admirando as estrelas no céu
—To com sede -digo olhando para aqueles olhos dourados,nem se eu quisesse ficar com raiva dele conseguiria -Vou na cozinha
—Eu vou com você .
Eu bebo um copo d'água,quando o coloco na pia mãos percorrem a minha cintura e eu perco todo o pensamento lógico que havia em minha cabeça,então nem sei como ele me coloca em cima de uma mesa na sala de armas e percorre o meu pescoço com seus lábios,estou ciente da minha mão subindo pelo seu abdomem definido,quando de repente Isabelle chega e corta o clima
—Meu Deus,vocês dois não sabem se comportar nem na sala de armas?
Que legal,a gente nunca consegue um momento inteiramente a sós e quando conseguimos ...
—Izzy!- eu não consigo me conter de espanto,vergonha e raiva,já Jace,pela forma como seus músculos estão contraídos e seu olhar parece mortal,demonstra apenas raiva
—Izzy,deixe a gente em paz!-Meu namorado diz e meu Deus,como ele é gostoso
Ela resmunga alguma coisa e sai,nos deixando a sós
—Enfim,sós -Jace diz,não vejo mais raiva em seus olhos,apenas admiração e amor restam neles,voltamos ao terraço,e lá ficamos até o dia amanhecer .


Não quer ver anúncios?

Com uma contribuição de R$29,90 você deixa de ver anúncios no Nyah e em seu sucessor, o +Fiction, durante 1 ano!

Seu apoio é fundamental. Torne-se um herói!




Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Recomeçando" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.