Percabeth e... escrita por G a b i


Capítulo 10
Percy, eu e... Ele é estupidamente perfeito


Notas iniciais do capítulo

Olá :) Quarta-feira é dia de que? Isso mesmo, capítulo novo!
Eu ando sentindo falta de muitas pessoinhas nos comentários. Espero que vocês não tenham me abandonado para sempre.
Esse é um dos meus capítulos favoritos, apesar de não estar muito grande. Enfim, espero que gostem :)
Boa leitura, nos vemos nas notas finais.




Domingo à noite sempre foi um dia meio tedioso.  

Eu estava sentada no sofá da sala assistindo àquele "Qual o seu número?" pela sei lá qual vez. Uma comédia romântica com aquele ator gato, o Chris Evans.  

Percy tomava banho enquanto eu estava totalmente concentrada na cena em que o Colin, interpretado pelo Chris, aparece praticamente pelado na porta do apartamento, e a Ally (Anna Faris), sua vizinha, fica o "admirando".  

Uma das melhores cenas, a propósito.  

Eu meio que estava ficando excitada com o filme.   

Revirei os olhos quando pensei nisso.   

Olha a que ponto você chegou, Annabeth!  

Mas aí aquele idiota saiu do banho. E terminou de foder com tudo.  

Percy parou no meio da sala.  

Pausei o filme.  

— Eu não consegui encontrar aquela minha camiseta branca. — Disse ele.  

Filho de uma boa mãe.  

Percy vestia apenas um calção de dormir. Estava descalço e sem camiseta. Nas mãos uma toalha de banho preta, com a qual ele esfregava os cabelos pretos molhados.  

Não sei se era minha mente, mas, aqueles olhos verdes pareciam estar brilhando mais do que o normal.  

— Annie, estou falando com você. — Percy chamou minha atenção.  

Pisquei algumas vezes para afastar meus pensamentos impuros.  

— Fique sem a camiseta. — Foi a única frase que eu consegui dizer.  

— Ok, já entendi. Você não quer ir procurar por causa desse filme idiota. — Lerdo. — Vou largar essa toalha na área de serviço para secar.  

Percy deu as costas e saiu da sala.  

Suspirei.  

Eu era mesmo uma mulher de sorte.  

Continuei com o filme pausado, até que Percy voltou e sentou-se do meu lado no sofá.  

— Vou ver o resto desse filme com você. — Esticou as pernas sobre a mesinha de centro e cruzou os braços atrás da cabeça.  

Analisei seu peito descoberto. Os cabelos pretos ainda mais escuros por estarem molhados. A pele perfeita e aquele cheiro gostoso de perfume.  

— Por que você tem que ser tão estupidamente perfeito? — Soltei sem pensar duas vezes.  

Percy me olhou e riu.  

— Você está assim por causa do filme. De novo. — Revirou os olhos.  

— Não sei por que eu ainda assisto a essa droga.  

— Calma, Annie. — Chegou mais perto de mim, acariciando meu rosto.  

— Resolva isso logo, Percy. Rápido.  

Ele voltou a rir e desligou a televisão com o controle remoto.  

— Devagar é sempre mais gostoso. — Disse ele.  

Percy me deitou no sofá e ficou em cima de mim.  

Suspirei.  

— Não seja lerdo. — Suguei seus lábios com vontade.   

Percy colocou uma de suas mãos por dentro da minha camisola.  

Apertei minhas pernas em volta da cintura dele. E suspirei de novo quando ele colocou o nariz em meu pescoço.  

— Sem pressa, amorzinho. A não ser que você repita aquilo... — Riu e mordeu o lóbulo da minha orelha.  

Filho da mãe.  

— Eu sou o que mesmo, Annabeth? — Apertou minha coxa direita e eu deixei um gemido baixo escapar.  

— Estúpido.  

— Não foi isso o que você tinha dito. Sinto muito, vou demorar um pouco mais para resolver a sua situação. — Mexeu-se em cima de mim e cheirou meu pescoço.  

— Você é estupidamente perfeito, Perseu. — Finalmente falei. — Agora resolva isso logo.  

— Com muito prazer, amor. — Disse ele, atacando meus lábios com desespero.



Notas finais do capítulo

Então... Gostaram? Ficou bom, mais ou menos, preciso melhorar em algo? Deixem suas opiniões nos comentários! Afinal, se você leu, não custa nada me dizer o que achou ;)
Se tem alguém que não está mais gostando da fic por algum motivo, pode me falar o que é! Eu estou aberta a qualquer tipo de comentário. Só não me abandonem! Eu lembro de cada um de vocês e sinto falta dos comentários, podem acreditar.
E fantasminhas... Que tal deixar de ser um fantasminha pelo menos uma vez? Eu agradeceria muito!
10 comentários e eu posto outro capítulo no sábado! Sei que isso é possível. Vamos lá, tem bastante gente acompanhando a fic. Apareçam!
Xoxo,
G a b i.

(27/01/2016)



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Percabeth e..." morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.