Capuz Escarlate- Legado do lobo

Esta história é imprópria para menores de 18 anos. Para acessar histórias com esta classificação, é preciso alterar suas preferências em controleparental.fanfiction.com.br. Separamos outras histórias que podem te interessar, veja a lista abaixo ♥

Estrelas escrita por Gordon

Estrelas
Algumas vezes, quando a vida parece não estar fazendo muito sentido, precisamos apenas buscar coisas novas. Mas não se esqueça de ter em mente que todos somos feitos de poeira estelar. E tudo parece mudar quando ele a encontra numa manhã de sábado...
Categorias: Originais
Gêneros: Romance

6 favoritaram   2 acompanhando  

 

O Crepúsculo do Mundo escrita por Rafaella Black Malfoy

O Crepúsculo do Mundo
Ruth é uma garota popular que acabou de se formar junto com seus colegas da escola. Ela e seus amigos costumavam pisar em cima de uma garota e tornar a vida dela um inferno, mas agora eles recebem convites para o aniversário dela, em que isso vai dar?
James é um Nephilim, como os caçadores de demônios tem sangue angelical, mas pode ser mais que apenas isso. Sua rotina muda drasticamente quando ataques inesplicaveis-mesmo em seu mundo sobrenatural-acontecem e ele e seus familiares devem descobrir e parar a causa disso tudo, mas será sua missão tão fácil assim?
Camille é um garota misteriosa, que esconde muitos segredos, segredos de família que podem ser mais sombrios do que você pensa. Ela viveu várias "vidas" e guardou rancor de muitos acontecimentos, o que isso pode desencadear se tratando de alguém com sangue demoníaco?
Categorias: Originais
Gêneros: Fantasia, Terror, Universo Alternativo, Ação, Mistério, Suspense

1 recomendação   8 favoritaram   10 acompanhando  

 


Você não tem um "bambu"? escrita por queen bee

(...) - Os bebês?
- É, papai. Os bebês. Como são feitos? (...)Bom, a... a Cegonha. Já ouviu falar na Cegonha, filho?
(...) - Mas papai, a professora disse que era uma sementinha. (...)
- Tá legal, é uma sementinha que o papai planta na barriga da mamãe e...
- Mas quando eu passei na frente da sala do quarto ano, eu ouvi a professora Ana Paula falar que, pra uma plantinha crescer, precisa de luz e calor. (...)
- Ahn, certo. Bom, err... Bem, querido... Ahrr, o que tem dentro da sua calça?
- Meu bambu?
- Bambu?! Esse é o nome que você dá para o seu... esquece.
(...) - E o seu, mamãe? Bruno pergunta, curioso.
- Ah. Ah. A mamãe não tem bambu, filho.
- A senhora nasceu com defeito? (...)
Categorias: Originais
Gêneros: Comédia

3 favoritaram   1 acompanhando  

 

Acampamento Extremo - INTERATIVA escrita por Thaywan

Acampamento Extremo - INTERATIVA
14 pessoas competirão por 2.000.000 de reais nesse acampamento muito louco e o apresentador mais louco ainda.A cada três episódios,uma pessoa deixa a competição.Eaí?quer tentar a sorte?então se inscreva nesse reality maluco.
Garotas (7/7) (fechadas)
Garotos(7/7) (fechadas)
Categorias: Originais
Gêneros: Amizade, Aventura, Comédia, Romance

7 favoritaram   9 acompanhando  

 

Se você fosse uma garota... escrita por Amendo Boba

Se você fosse uma garota...
Serge decide que o melhor é se declarar pra Benjamim logo. Assim ele o despensa e poderá voltar ao antigo relacionamento com ele. De amizade.
Categorias: Originais
Gêneros: Amizade, Comédia, Romance, Yaoi

7 favoritaram   5 acompanhando  

 


Tempo escrita por Padawan

Tempo
"Dizem que quando você está prestes a morrer um curta-metragem da sua vida passa diante de seus olhos.
Bom, isso não é verdade.
Um tiro foi o princípio do caos. Uma sinfonia de gritos ao meu redor. Um carro cantou pneu na avenida principal.
A ideia da morte preencheu meu subconsciente e eu não consegui me lembrar de qualquer evento significativo da minha vida. Só tinha aquela ideia irrefutável de que eu morreria daqui alguns minutos."
Categorias: Originais
Gêneros: Angst, Tragédia

4 favoritaram   2 acompanhando  

 

Hunter escrita por Jiinga

Hunter
Quem sou eu?
Meu nome é Emilia Forstensi. Tenho catorze anos e moro em São Paulo. Mas isso não vem ao caso.
Estou aqui para alertá-los. Não estamos seguros.
Há algumas criaturas... Mutantes, metamorfos, chame-os do que quiser. Eu os chamo de espectros. São criaturas que aparentam ser humanos como nós, mas escondem poderes que podem matar uma pessoa mais rápido do que você imagina. Eles estão entre nós, disfarça-dos, fingindo ser pessoas inocentes, mas apenas esperando para nos matar quando baixar-mos a guarda.
E o que eu faço? Eu os caço.
Categorias: Originais
Gêneros: Ação, Amizade, Aventura, Drama, Fantasia, Ficção Científica, Mistério, Romance, Suspense

6 favoritaram   12 acompanhando  

 

Quem sou eu? escrita por Secret Andy

Quem sou eu?
A vida de Amethyst Walker desde sempre se perguntou quem ela era para si mesma e até para outras pessoas, mas nunca tendo uma resposta realmente convincente, sua vida ficou entediante e repetitiva.
Até conhecer Evan Ammons em um encontro sugerido por sua amiga Shailenne, juntos Evan e Amethyst poderião preencher o chato de suas vidas.
Categorias: Originais
Gêneros: Romance, Comédia, Drama

2 recomendações   8 favoritaram   21 acompanhando  

 

Palavras Simples escrita por ChocoJutsu

Palavras Simples
As palavras saíram suaves dos lábios ressecados. Como um sopro, mas era como um peso enorme tirado de suas costas, embora tivesse certeza de que Hiwari não conseguiria ouvir. Bufou por isso
Categorias: Originais
Gêneros: Drama

1 favoritou   4 acompanhando  

 

The Only Exception escrita por Lubs

The Only Exception
{ONE SHOT}

A menina de cabelos azuis, verdes e lilás, no auge dos 17, andava calmamente pelas ruas de sua cidade, recebendo olhares estranhos dos que passavam. Mas, quer saber de uma coisa? Ela não ligava. Já estava acostumada com tudo isso. Quem não a conhecia achava-a estranha por causa dos cabelos coloridos, e quem a conhecia achava-a estranha também, mas não por causa dos cabelos. A menina estranha tinha uma voz linda. Mas jurou nunca cantar sobre amor. Quando lhe perguntavam o porquê, ela simplesmente respondia: Para que cantar sobre algo que não existe?. Ela deixou de acreditar no amor quando era mais nova e viu o pai chorar e amaldiçoar os ventos. Ele havia partido o próprio coração. E ela teve que assistir, quieta, o pai tentar se recompor. A mãe tinha jurado nunca esquecer. Talvez ela soubesse que, em algum lugar no fundo de sua alma, o amor nunca a abandonou. E, sozinha, tentou achar outros meios de seguir em frente, ou apenas ficar com uma cara boa. Ela sempre viveu assim, mantendo uma distância confortável do amor, e até agora ela havia jurado a si mesma que estava feliz com a solidão, porque ninguém tinha valido o risco. Até que ela o conheceu. Ela tinha uma forte noção da realidade, mas simplesmente não conseguia deixar o que estava em sua frente. Ela sabia que ele estaria partindo de manhã quando acordasse, mas queria que ele deixasse para ela alguma prova de que não era um sonho. Talvez, mas apenas talvez, ele fosse uma exceção. A única exceção. E que ela estivesse no seu próprio meio de acreditar.
Categorias: Originais
Gêneros: Drama, Romance

3 favoritaram   3 acompanhando