Idas e Vindas escrita por SJ


Capítulo 11
Capítulo 11: Confronto


Notas iniciais do capítulo

olá amados, feliz ano novo ^^
uma pena que só teve dois comentários no ultimo capítulo sabe, porque eu teria postado 3 capítulos hoje de uma vez se mais pessoas tivessem dado as caras >.< mas eu perdoô XD



Washington, 23:40

Hinata POV

Temari: então, como está o plano novo?

Hinata: ainda não coloquei em prática

Temari: hyuuga hinata! – me repreendeu – olha, não quer ficar com ele?

Hinata: sim, mas... ser ousada e chamativa, não é algo que combine comigo...

Temari: este é o único jeito. Eu só vim aqui por que você me implorou pelo telefone! Ou você fisga algum homem para dar ciúmes no naruto, ou eu vou embora agora mesmo!

Hinata: shikamaru está aqui – ela me olhou interessada – ele está com o kiba bem ali – apontei

Temari: tudo bem, já que você insiste, eu vou falar com ele – nós rimos – espere, eu não vou demorar – assenti, ela sumiu no meio das pessoas que estavam dançando

Sorri, e bebi um gole de meu suco de laranja que o barmen teve a gentileza de preparar.

— hinata. A cada dia que te vejo está mais bonita... – engoli seco

Hinata: toneri, que bom ver você depois de tanto tempo...

Toneri: senti sua falta – ele pousou sua mão em minha cintura – está linda, como sempre

Hinata: obrigada pelo elogio – droga... o esquisito ta falando comigo...

Toneri; tenho algo para te mostrar

Hinata: o que?

Toneri: no terraço

Hinata: quer que eu vá até lá? – franzi o cenho – acho melhor não...

Toneri: lá está cheio de pessoas, hinata, eu não vou te assassinar – ele riu

Hinata: não pensei nisso... não quero que pense que sou ignorante...

Toneri: pois é o que estou pensando.

Hinata: o que quer me mostrar?

Toneri: as luzes da cidade. Sei que já deve ter visto, mas da minha sacada é a melhor vista da cidade – sorriu – você vem?

Desci do banco e o segui até as escadas

Hinata: como foi na Europa?

Toneri: fascinante. Faz tanto frio em lá, sabe de uma coisa, eu vi um cara igualzinho naruto em Londres, até pensei que fosse o naruto – ele riu

Hinata; dizem que existe pelo menos uma pessoa igual a você em alguma parte do mundo

Toneri: tem razão – ele me deixou passar primeiro e fechou a porta que dava para a festa

Ai merda.

Toneri; então hinata... qual será o nosso próximo passo? – sorriu

Ai merda, merda, merda.

Recuei um passo e senti o degrau da escada atrás de mim

Toneri: a porta para o terraço está trancada. Se pensou em ir até lá e pedir socorro, não vai funcionar

Senti o coração acelerar

Hinata: o que... está...?

Toneri: nada. Não irei fazer nada, hinata, só vamos brincar... – ele tirou o blazer e jogou no chão

Hinata: não... – corri escada acima, apressei ainda mais quando ouvi passos atrás

Toneri: não corra! – gargalhou – não tem saída mesmo

Comecei a ficar sem fôlego, droga... senti uma pontada no peito, mas continuei correndo, escorreguei um degrau e bati a testa no corrimão, tudo que me lembro foi uma dor imensa na minha cabeça e um escuro.

(...)

Sasuke POV

Como se eu fosse invisível! Esse babaca tem a coragem de beijar ela na minha presença!

Me aproximei deles

Gaara: é melhor você se acalmar, cara...

Sasuke: Aaron!

Ele me olhou e sorriu

Aaron: uchiha. – abraçou sakura pelos ombros – em que posso ajudar-lo?

Sasuke: miserável...

Sakura: sai daqui sasuke...

Sasuke: e você também... é uma mentirosa...

Sakura: eu!?

Sasuke: você! Sempre dizia que nunca existiu nada entre vocês

Sakura: neste momento agora existe! Se manda daqui!

Sasuke: você é um hipócrita

Sakura: eu nunca fui infiel com meus relacionamentos, ao contrário de você!

Sasuke: hipócrita.

Sakura: é mesmo? Me acha hipócrita? Todo mundo aqui sabe quem traiu quem! – ela jogou a cerveja do copo em mim – você é sujo.

Gaara: sasuke, cara, vamos embora – tentou me puxar

Sasuke: pelo menos eu sei admitir meus erros

Sakura: e o que você acha que errei!?

Sasuke: você errou quando tentou acobertar seu casinho de mim

Sakura: o que?!

Sasuke: eu sei! Eu sempre soube que você estava dando corda para o naruto, fez ele pensar que você gostava dele, e tudo era para me fazer ciúmes. Você não tem vergonha de usar as pessoas?

Sakura: idiota... – ela se levantou e saiu do apartamento

Aaron: ta feliz uchiha? Fez a minha garota chorar

Sasuke: ela não é sua porra nenhuma

Gaara: sasuke, não podemos arranjar briga, estamos em um lugar público e lembre-se que existem revista de fofoca, qualquer erro nosso e a empresa se fode...

Fechei os olhos e respirei fundo tentando encontrar calmaria.

Sasuke: certo... não vou perder tempo com lixo...

(...)

— hinata!

Ah... que dor de cabeça

— hinata! – abri os olhos, olhei em volta e estou na escada...?

Hinata: ai... – pisquei lentamente sentindo tontura forte me abater

Naruto: hinata! – olhei-o, parecia preocupado – você está bem?!

Hinata: naruto...

Naruto: onde dói?

Hinata: aqui... – apontei para a região um pouco acima da minha testa

Ele segurou meu rosto e pareceu olhar de onde bati

Naruto: precisa ir para um hospital... – ele estava ofegando

Hinata: o que foi?

Naruto: pensei no pior... – ele me olhou – pensei que sei lá, tive tido um ataque cardíaco... ou algo assim

Hinata: ataque cardíaco por tropeçar em uma escada? ... – ele riu – como me achou?

Naruto: te conto mais tarde... consegue se levantar? – assenti, quando fui me erguer gemi de dor

Hinata: meu pé dói... – caí sentada novamente

Naruto: certo... não devia ter saído sozinha com aquele cara...

Hinata: eu não quis o julgar pelo que parecia ser...

Naruto: ele parece ser um maníaco estuprador... eu com certeza não iria a lugar nenhum sozinho com ele

Hinata: me desculpe, naruto... ai... – meu peito está doendo também, tudo está doendo...

Naruto: você precisa de um médico, e rápido – ele me ergueu e me pegou no colo

Hinata: oh, não eu sou muito pesada...

Naruto: nem tanto... – ele riu – só... segure-se em mim, ok...? – rodeei meus braços em volta dele – ta sentindo mais alguma coisa?

Hinata: não... – ofeguei

(...)

Hospital central de Washington, 00:10

Quando chegamos na emergência naruto fez o maior escândalo dizendo que eu caí, tive um desmaio, e tenho doença cardíaca e sabe se lá o que, o médico apareceu até preocupado, pediu que eu me sentasse em uma maca e começou a me examinar, de vez enquando eu até olhava naruto, ele estava a uns metros atrás do médico, de braços cruzados e estranhamente sério.

Eu gostei disso.

— o ferimento na sua testa vai se curar, é um corte muito pequeno, não é nada grave que chegue a precisar de pontos, você só deslocou o tornozelo, e seu coração está completamente normal... – ele guardou aquela coisa de escutar batimentos no bolso de seu jaleco

Naruto: então ta tudo certo?

— sim, mas precisa tomar muito cuidado. Ah, a sua doença que mencionou, é hereditária sabia?

Hinata: é... minha mãe teve... ela morreu no parto da minha irmã

O médico me olhou atentamente

— seu médico de costume disse que você não pode correr ou subir escadas longas, não é?

Assenti

— quanto de medicamento você toma?

Hinata; três doses por semana, mas o que isso tem a ver?

— achei muito estranho você estar ofegando desde que saiu dessa tal festa, certo? Assenti – eu só tive um palpite, mas recomendo que tente descansar o máximo possível, logo estará se sentindo bem melhor, certo? – assenti – só precisa tomar analgésicos para seu tornozelo e seu corpo fará o resto. Está liberada. – ele saiu

Naruto: vamos? – agora olhando melhor, naruto está cansado, muito, vejo que ele quer dormir, a camisa social está amarrotada e o paletó amarrado na cintura

Hinata: me desculpe... não queria incomodar você...

Naruto: não me incomodou – deu ombros – realmente temos que ir, não contei para sasuke que te trouxe aqui – ele fez menção de me carregar novamente

Hinata: não, eu consigo andar

Naruto: certeza? – assenti –eu vou te levar para sua casa

Hinata: não conte para sasuke, por favor, ele vai se preocupar a toa

Naruto: eu preciso contar, hinata, isso poderia ter sido pior

Hinata: mas não foi. Por favor, naruto...

Naruto: tudo bem... mas seu pai vai estranhar você ficar tanto de repouso

(...)

Ele me ajudou a me deitar e cobriu-me com o cobertor

Naruto: eu tenho que ir agora.

Hinata: está tão tarde... durma no quarto do sasuke...

Naruto: ele vai fazer milhões de perguntas se me ver na casa dele a essa hora da noite

Hinata: obrigada mesmo

Naruto: vamos viajar seis horas da tarde

Hinata: não era depois do café da manhã?

Naruto: você precisa descansar, eu também para falar a verdade – riu – a gente estará em Nova Iorque antes de domingo

Hinata; obrigada

Naruto: pare de agradecer... só fiz o que devia fazer...

Hinata: eu não consigo parar de te dizer obrigada...

Naruto: ele é um idiota, acredite em mim quando digo que ele vai ter o que merece...

Hinata: não vai fazer nada irresponsável, vai?

Naruto: ele é o irresponsável!

HInata: ... eu acho que... tenho um imã para atrair garotos problemáticos... - ri sem humor - sou estranha sabe

Naruto: eu não acho isso. Acho que você não é como todas as garotas.

Hinata: horrorosa?

Naruto: você é linda, hinata. - riu - você merece muito mais do que imagina.

Hinata: parece cansado.

Naruto: um pouco, na verdade...

Hinata: durma no quarto do sasuke...

Naruto: ele vai me encher de porrada se me ver a essa hora, eu vou pra minha casa

Hinata: pode ficar comigo.

Naruto: inapropriado.

HInata: não - ri - pode ficar conversando comigo

Naruto: 10 minutos. - sorri, ele deitou comigo e ficamos cara a cara - vamos ir para Hamptons as seis da tarde, estamos muito cansados.

Não conversamos mais, ficamos nos encarando, algumas vezes ele sorria de um jeito charmoso e ficava sério, logo depois sorria novamente. 

Aos poucos fui fechando os olhos e peguei no sono, acordei algumas horas depois, era tarde, mas não amanheceu ainda. olhei em volta e vi um braço na minha cintura, senti o corpo dele me abracando. por ter me movido acho que acordei ele, fechei os olhos. ele me abracou mais forte e cheirou meu pescoço, de forma brusca ele se afastou.

Naruto: droga, o que eu to fazendo? - ouvi ele sussurrar, ele saiu da cama e ouvi a porta sendo fechada.

Comecei a rir depois que ele saiu

(...)

08:56, residência Yamanaka

Sakura POV

Franzi o cenho, ino está muito estranha...

Sakura: aconteceu alguma coisa?

Ino: absolutamente nada – passou batom – sakura. Ontem foi uma boa festa... principalmente para você, Aaron Haster? – assobiou – tudo aquilo foi para provocar o sasuke?

Sakura: ele sempre ficava achando que todo garoto que eu conversava queria dormir comigo

Ino: bom, 90% deles sim. – ela riu

Sakura: ino!

Ino: os outros 10% são gays.

Sakura: isso não é verdade, eu não posso ter nenhum amigo do sexo masculino?

Ino: oh, oh... querida, é lógico que não. – ela colocou os saltos – eles sempre querem comer você...

Sakura: Aaron e eu éramos amigos quando eu namorava com sasuke

Ino; ta! Você era amiga dele, ele só queria te comer também

Sakura: eu sou muito mais do que corpo, ino.

Ino: sabemos disso, mas os homens só têm 1/3 do cérebro funcionando antes dos 21 anos, então você já sabe o resto da história

Me sentei na cama dela e respirei fundo

Sakura: por que está se arrumando?

Ino: tenho um compromisso...

Sakura: vai fazer o que?

Ino: é segredo. – sorriu – eu sei que as vezes faço ‘maldades’ – as vezes? – mas sei me desculpar quando fui injusta...

Assenti

Sakura; como você faz para não ter ressaca no dia seguinte?

Ino: é uma antiga receita secreta, passada de geração a geração dos Yamanaka – ela pegou um copo que estava no criado-mudo e me ofereceu, peguei o copo e tinha um cheiro nojento, liquido verde e parecia ser bem grosso.

Sakura: o que tem aqui?

Ino: segredo de família, não posso te contar – cantarolou, ela foi até o enorme espelho da parede e colocou os brincos

Dei um gole e quase vomitei

Ino: engula se você quiser ficar equilibrada em um salto de 10 cm como eu – sorriu

Dei mais três goles e não agüentei tomar mais

Ino: com o tempo você se acostuma – veio até mim, pegou o copo e bebeu todo o resto daquilo – me sinto bem melhor, quanto eu me casar com um homem lindo, rico e gostoso, terei filhos lindos e maravilhosos, que com certeza terão muito ressaca por causa dos genes da mamãe – que? – então eles terão a receita desta maravilha aqui – ela colocou o copo na penteadeira

Sakura: pode pelo menos falar por que tem esse cheiro? – tossi

Ino: é por causa de um dos ingredientes

Sakura: qual?

Ino: tripas de peixe.

Vomitei.

(...)

Sasuke POV

Bocejei, não quero sair a cama, mas preciso viajar... droga... minha cabeça dói tanto, sinto ânsia de vomito e eu to fedendo...

Preciso de um analgésico e um banho... e me livrar dessa maluca que eu trouxe pra cá.

Balancei o ombro dela

Shiho: o que você quer?! – resmungou

Sasuke: eu vou tomar banho, será que dá para você ir embora pela janela, meu tutor não pode saber que trouxe uma garota pra cá

Shiho: o que? – perguntou incrédula, me levantei e fui direto para o banheiro – essa é a pior humilhação que eu poderia ter...

Sasuke: só vai embora, por favor – disse entediado

Shiho: isso vai ter volta, sasuke uchiha, vai sim!

Sasuke: menos conversa e mais ação, por favor...

(...)

Bati na porta dela e não ouvi nada, bati novamente e abri a porta, ela estava dormindo ainda

Sasuke: hinata. – acordei-a – seu pai está te chamando para comer

Hinata: não estou me sentindo bem... vou dormir mais um pouco

Sasuke: quando saiu da festa?

Hinata: um pouco tarde, fiquei conversando com kiba e shino e depois, naruto me trouxe – assenti

Sasuke: vai ficar bem?

Hinata: sim...

Sasuke: naruto mudou o horário do vôo, então vamos viajar lá para as seis horas da tarde

Hinata: tudo bem...

Sasuke: e o que eu falo para seu pai?

Hinata; diga que estou com sono...

Sasuke: ta legal...

(...)

Andar de bicicletas é algo meio perigoso em uma cidade tão movimentada, mas é só tomar cuidado para não ser atropelado que tudo fica numa boa. Nunca gostei de me esforçar para nada praticamente, mas adquiri hábitos ‘saudáveis’ quando comecei namorar a sakura.

Avistei uma figura conhecida mais a frente e me apressei para acompanhar-la. Ela me olhou e revirou os olhos

Sasuke: que coincidência te ver por aqui

Sakura: isso é sério? Sabe que ando de bicicleta todo sábado...

Sasuke: oh, eu também, aos domingos também – ela conteve um sorriso – o que vai fazer hoje?

Sakura: não é importância sua, com certeza...

Sasuke: oh, só estou tentando ser gentil

Sakura: “gentil” por que só agora?

Sasuke: fiquei alterado ontem por causa da bebida, mas sempre fui uma pessoa legal com você

Sakura: na verdade é o contrário. Quando eu me mudei para cá, você me humilhava sempre, e a boba aqui só caía de amores por você... – resmungou – se eu estivesse em meu juízo perfeito, jamais iria me envolver com um esquisito controlador, cínico, que já teve relações com minha melhor amiga...

Sasuke: ei! Eu e ino tivemos nosso lance antes de eu te conhecer, não pode me culpar por isso

Sakura: não estou te culpando, mas eu não devia ter ficado com as sobras da ino

Sasuke: uau... “sobras”? pegou pesado...

Sakura: ... – ela suspirou – você sabia então?

Sasuke: ele me contou...

Sakura: ele disse?

Sasuke: como você pode fazer aquilo, sakura?

Sakura: eu já me desculpei com ele

Sasuke: acha que não precisa se desculpar comigo também?

Sakura: você dormiu com outra, eu paquerei outro... quem você acha que deve desculpas aqui?

Sasuke; quando você vai parar com essa birra?

Sakura: até quando vai insistir?

Sasuke: até quando você ceder.

Sakura: eu odeio isso em você sabe... achar que pode conseguir tudo o que quer...

Sasuke: á única meta que quero atingir é uma segunda chance.

Sakura: acha que eu não tenho amor próprio é? Acha que sou louca a ponto de te dar uma segunda chance?

Sasuke: sakura...

Sakura: eu não quero saber. Eu sei o que eu vi, sasuke. Você tinha jurado que eu era a única e mentiu – ela disse com mágoa – eu acreditei cegamente em você até ver aquela loira saindo do quarto junto com você, e você jogou toda a minha confiança no lixo

Sasuke: eu sinto muito, mesmo. Me desculpe

Sakura: não consigo nem pensar em perdoar você, não sem você me falar quem era a garota

Sasuke: para que isso? o que importa agora?!

Sakura: por que está protegendo ela?!

Sasuke: você não entenderia a situação.

Sakura: tem razão, eu não entendo. Éramos o casal perfeito. Obrigada por estragar em tudo no que eu acreditava no amor. – ela acelerou

Sasuke: mas eu ainda amo você.

Sakura: deveria ter dito isso antes! – virou a esquina e não a vi mais.

(...)

Shikamaru POV

Bocejei, ter que acordar tão cedo...

Temari: você está com sono?! Já são dez da amanhã!

Shikamaru: fui dormir muito tarde ontem

Temari: você prometeu me ajudar com minhas compras – voltamos a andar – eu preciso encontrar as roupas certas para a grande ocasião

Shikamaru: é só uma viajem

Temari: querido, você nunca esteve nos Hamptons, não é? Lá é o bairro, só tem gente linda lá

Shikamaru: mas você já é linda – ela pareceu ficar surpresa com o elogio

Temari: ok... – ela sorriu – ganhou um ponto comigo, vou te pagar um café

(...)

Shikamaru: então, qual é todo esse lance da sakura entre o sasuke?

Temari: é complicado... tudo começou em um festa de aniversario, onde ele traiu ela, eles brigaram muito feio, nenhum convidado prestou atenção na briga, tudo que os convidados viram foi a sakura caindo da escada

Shikamaru: ela guarda rancor dele, não é?

Temari: sim, principalmente por ela ter caído da escada, ela lesionou o joelho e nunca mais praticou ginástica ou animação de torcida

Shikamaru: que sacanagem...

Temari: a sakura é uma boa pessoa, só está magoada, mas a ino... ela não faz nada sem ter um motivo para o beneficio próprio dela

Shikamaru: ela me chamou pra sair ontem

Temari: o que?

Shikamaru: mas eu disse que não poderia, pois vou viajar com meus amigos, ela parece psicótica, mais psicótica do que gosto.

Temari: aquela vaca – murmurou

Shikamaru: por que “vaca”?

Temari: obvio que ela está planejando algo para me atingir

Shikamaru; e por que me chamar para sair iria te atingir? – sorri – sentiria ciúmes?

Temari: claro que não! Está enganado! – ela bebeu seu café e olhou para outro canto

Shikamaru: oh, é mesmo?

Temari: ela sabe que andamos juntos algumas vezes, ela deve estar pensando em coisas erradas, ela é uma vaca.

Shikamaru: e qual seria a coisa certa? - sorri provocativo

Temari: cala a boca... ou você é quem vai pagar o café



Notas finais do capítulo

alguém aí ta com vontade de comentar? T.T