Amigo noturno escrita por Angelina Dourado


Capítulo 26
Vigésima sexta Noite


Notas iniciais do capítulo

Palavra do dia: janota
Amanhã acaba, não sei como vou lidar com isso agora que me acostumei a escrever todo dia e por ter pegado amor por essa história ;-;
Agradeço a todos que acompanharam até aqui, prometo responder em breve todos os comentários ^-^



Como toda criança, Naomi via uma nova amizade de maneira igual à de uma de longa data e não queria nem sequer imaginar qualquer tipo de separação.

Está se aproximando a hora de ir. – O monstro, agora conhecido como Deimos, disse de forma janota como de costume, o que não fez com que Naomi ficasse mais calma com o comentário.

– Já?! Não pode ficar só mais um pouquinho? – Perguntou a menina em súplica.

Não tardará para o amanhecer, não posso ficar mais.

– Mas você vai voltar na próxima noite? – Indagou Naomi fazendo Deimos mostrar o seu macabro sorriso.

– Aparecerei sempre, até o dia que você não mais permitir. – O monstro respondeu para respectivamente transformar seu sorriso em uma boca completamente aberta, avançando em direção a Naomi.

A menina acordou abruptamente, como se tivesse sido arrancada de outra realidade. Olhou para a claridade de sua janela e o despertador ao lado de sua cama mostrando já serem nove horas da manhã.

O armário estava fechado, sua corda de pular estava no baú de brinquedos e a lanterna em sua estante. E na cabeça da menina perambulava a dúvida sobre aquela madrugada, se era real ou apenas mais um de seus sonhos.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Amigo noturno" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.