Amigo noturno escrita por Angelina Dourado


Capítulo 23
Vigésima terceira Noite


Notas iniciais do capítulo

Palavra do dia: resiliente



– Eu nunca imaginei que fosse virar amiga de um monstro! – Naomi disse animada com a ideia. – Pensava que essa história ia acabar completamente diferente.

De que modo? – Questionou o monstro fazendo Naomi ficar sem jeito, não queria expor essas ideias para o monstro, nada semelhantes com a situação resiliente que de inimigo para amigo os dois se tornaram.

– Bem eu... Imaginava que iria te expulsar do meu quarto para você nunca mais me assustar. – A menina confessou não encarando o rosto do outro.

Vós desejais que eu vá embora? – O monstro perguntou nitidamente triste, rapidamente Naomi tentou reverter a situação.

– Não! Agora eu te conheço melhor e eu sei que não seria nada legal eu fazer isso. – Naomi explicou com um beiço e escondendo seu rosto entre os joelhos dobrados. – Desculpa por ter pensado coisas ruins de você.

O monstro comovido com o relato sentou-se ao lado da menina fazendo uma confusão com as cobertas, demorando algum tempo para conseguir se orientar.

Então me desculpe por não ter tido consciência de seus medos. – Disse o monstro fazendo a menina erguer a cabeça com um pequeno sorriso no rosto.

– Acho que agora estamos completamente livres de pensamentos ruins. – Naomi falou esperançosa.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Amigo noturno" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.