Amigo noturno escrita por Angelina Dourado


Capítulo 15
Décima quinta Noite


Notas iniciais do capítulo

Palavra do dia: entoar



– F-fome? – Naomi perguntou assustada, deixando entoar coisas terríveis em sua mente. – Monstros comem crianças?!

Crianças?! Devem ter um gosto horrível! – Disse o monstro surpreso com o questionamento da menina.

– Ué, então o que os monstros comem? – Naomi perguntou curiosa, e muito aliviada por seus pensamentos não serem a realidade.

Sonhos! – O monstro respondeu como se fosse algo óbvio.

– Os meus sonhos?!

De quem mais seria se não de vós?

– Não acredito! – Naomi falou com os braços cruzados e o nariz empinado. – Não tem como você comer meus sonhos, eu me lembro deles!

Quem disse que eu os devoro por inteiro?





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Amigo noturno" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.