Kidnap Trails escrita por Bruna Bazzanini


Capítulo 12
Fight Tears


Notas iniciais do capítulo

Palavra do dia: distendida.

Passei o desafio me perguntando quando teríamos uma palavra flexionada no feminino, e quando ela finalmente vem... eu não sei como usá-la. Vou te contar, viu! Hehe. É hora do show, mundo! Me digam o que estão achando dessa vontade de lutar pela vida da nossa personagem principal! Beijos! ♥




Sem hesitar muito, a garota soergueu o revólver e disparou novamente, surpreendendo o inimigo. O projétil alojou-se em sua perna esquerda.

Contraditoriamente, a figura doentia sorria.

A garota, lânguida, assemelhava-se a uma peça de roupa rasgada distendida à miséria.

— Vou pegar você, boneca. E depois... — insinuou que a mataria com o dedo.

Uma onda de abastante pavor percorreu-lhe a espinha. As lágrimas dançavam em seu rosto.

Eu não quero morrer.

A raiva sustentava seu olhar. A garota ameaçou mais um tiro.

Não havia mais balas.

O resquício de força que possuía esvaía-se a cada passo do oponente.

Preparou-se para lutar.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Kidnap Trails" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.