Because Of You escrita por Rayssa


Capítulo 20
Encrenca


Notas iniciais do capítulo

Volteeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei ♥
Hahaha, mds quase dois meses sem entrar no Nyah.. quase dois meses sem postar nada para vocês, gente me desculpa mesmo! . Como havia dito meu pai havia cancelado a internet pois é .. quase cinco meses sem internet, e adivinhem ? ele religou de novo ! haha nunca pensei que ficaria tão feliz apenas por ter internet em casa !
E sim.. não vou mais demorar para postar os capítulos ou sumir e aparecer três meses depois kkk, a partir de hoje as postagens voltam ao normal ok ?
Espero que vocês não tenham desistido da fic.. e que me perdoem pelo meu sumiço, senti muita falta de tudo isso aqui ..
A boa noticia é que o tempo em que estive fora, eu adiantei bastante a fic, kk tipo quase uns quinze capítulos !
Bom meninas é isso.. ah.. e espero que vocês gostem desse capitulo ♥ bjos e boa leitura 77



P.O.V Nessie

E então o dia da festa de Claire chegou. Tudo estava em uma agitação danada, aliás.. forks estava em uma agitação danada. Aqui era assim, quando acontecia algo todos ficavam sabendo e considerando que quase metade de Forks iria comparecer a festa da minha amiga .. eu não estava nada surpresa.

Havia ajudado Claire a escolher seu vestido, Era incrível, de um tom azul turquesa , custou os olhos da cara.. mas Claire era rica, então aquele dinheiro não a faria falta. Comprei o meu vestido também, já que não tinha nada apresentável para usar na festa de hoje a noite.

– por favor Alice .. vamos ? – Resmunguei com Alice pelo telefone.

Estava tentando convencer a baixinha desde ontem para irmos a festa de Claire, mesmo Alice sendo uma adulta .. ela continuava com aquele espírito adolescente do qual eu tanto amava.

– Ah Nessie.. não sei se é uma boa ideia, Jazz está trabalhando.. vai chegar cedo, mas creio que cansado.. não sei se vamos poder ir .

– Ah não ! – bati o pé – Nada disso, vocês dois trabalham muito.. é final de semana poxa, vamos sair um pouco, se divertir, garanto que vai ser legal !

Ela deu uma gargalhada .

– Só vai ter adolescentes nessa festa, acha mesmo que eu ainda estou apta para frequentar uma festa dessa ? .

– Alice você é a uma das pessoas mais legais e que eu mais amo nesse mundo. Gosto de você exatamente pelo seu espírito jovial, mesmo já adulta e com responsabilidades .. nunca deixou de lado essa alma adolescente que você tem ! Então por favor não me diga que está velha demais para frequentar festas, por que você não está, ok ?

A linha ficou muda por alguns segundos, mas logo Alice voltou a falar .

– Droga – Ouvi ela fungar – estou muito chorosa ultimamente, me bate.

Gargalhei bem alto.

– Pode deixar .

– Você me convenceu sua pestinha – Riu – Te encontro lá, é que eu e Jazz vamos chegar um pouquinho depois, tenho que esperar ele chegar do trabalho

– EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE – Gritei empolgada – Ok Alice, beijo , até mais.

Desliguei o celular logo em seguida. Tia Sarah me chamou para que eu fosse ajuda-la a regar algumas plantas e fui prontamente. Encontrei Jacob subindo as escadas, mas evitei olhar para ele, nada de brigas ou conflitos hoje. Estava de bom humor .

Assim que terminei, fomos almoçar juntas, ela havia me perguntado se eu já havia escolhido uma roupa para ir hoje e eu disse que sim.Mais tarde liguei para Rose, e é claro que ela também iria para a festa de Claire, então a convidei para se trocar aqui, assim ela poderia fazer uma maquiagem decente em mim, já que eu não era uma das melhores com isso.

A festa iria começar as 19:00 horas, mas eu não gostava de ser a primeira a chegar, então iria por volta das 19:30. Quando deu cinco horas da tarde Rose chegou com sua mochila. A cumprimentei e pedi que entrasse .

– Cara, finalmente algo para animar Forks, sério, isso aqui estava muito parado – Rose jogou-se na minha cama assim que chegamos ao meu quarto.

– nem me fale Rose – Suspirei – Eu não sei por que ,mais to animadona com essa festa , sei lá .

– O nahuel vai .. – Ela riu com malicia – Por isso que está toda animadinha.

Dei um riso fraco.

– Não.. acho que não é por isso .

– Então tem outro garoto em vista ? – Ela me olhou surpresa – Ela vai estar lá ? .

– O QUE ? NÃO ! – Falei rápido demais, acabei tropeçando nas minhas palavras – Não viaja rose.

Joguei uma almofada nela que riu.

– Mas nessie.. vamos combinar que você está morando sob o mesmo teto que um gatinho – Ela arqueou as sobrancelhas – E qual é não me olhe assim, você sabe que é verdade !

– Rose não tem nada a ver .. Jacob e eu não temos nada a ver, ele é bonitinho e tudo .. mas nem rola – Dei de ombros, por que aquilo me incomodava ? – E além do mais.. ele.. ele..

– Está noivo, é.. Emmett comentou – Ela riu fraco – Mas cá entre nós.. pelo que Emmett me contou.. Jake não está.. digamos com aquela felicidade toda, entende ?.

Sentei na cama também e encarei Rose.

– Como assim Rose ? .

– Não sei Nessie, pelo que parece Jake não está muito feliz ao lado dela. Qualquer um que estivesse noivo da pessoa que está completamente apaixonada, estaria com certeza mais empolgado do que Jacob está.

Não sei por que algo dentro de mim insistiu em se remexer.

– Ah, vai ver é por que ele não é demonstrar muitos sentimentos Rose, é..besteira ele querer se casar com alguém que não o faça feliz – Murmurei.

E era verdade, se não estava tão feliz ou se.. realmente não a amasse tanto assim, por quais motivos se casaria com ela ? .

– Bom isso eu já não sei – Ela levantou – Mas Emmett o conhece, e sabe praticamente tudo sobre o Jacob.

Fiquei alguns segundos perdida em pensamentos. Jacob não era de demonstrar sentimentos, deve ser por isso que todos acham que ele não está ‘’ tão ‘’ feliz com esse noivado. Mas no fundo, deve estar sim, afinal.. ele a ama.

– Ok.. agora vamos nos trocar, se não, não vai dar tempo ! . – Comentou empolgada.

– Vamos ! – Falei despertando dos meus pensamentos.

*

Por volta das 19:30 Rose e eu já estávamos prontas. Rose estava linda com a roupa que havia escolhido. Seus cabelos loiríssimos estavam soltos e totalmente ondulados, o que chamava a atenção para ela .

Eu também assim que terminei de me arrumar me olhei no espelho e gostei muito do que vi. Pela primeira vez em muito tempo eu estava me sentindo sexy. Minha maquiagem não era muito chamativa, mas valorizou meu rosto, Rose fez um trança que era embutida de lado em meu cabelo e por fim colocou umas pequeninas flores brancas para deixar mais Lindo ainda meu cabelo. Rose e eu nos colocamos em frente ao espelho e sorrimos, acabamos tirando várias fotos.

– MENINAS SE APRESSEM ! – Ouvimos Emmett gritar lá em baixo.

– vamos Rose – A puxei pelo braço .

Corremos ou tentamos correr com aqueles saltos enormes pelo corredor e descemos as escadas rindo de como eu quase torci o pé com esses saltos.

– Finalmente chegaram ! – Emmett suspirou – Uou ..

Quando olhei pra baixo, pude ver que Emmett, Leah e Jacob estavam nos esperando.

Quase saí rolando pela escada quando meus olhos pararam em Jacob . Ah não, covardia um ser humano ter tamanha beleza assim. Ele trajava uma calça jeans azul clara, um tênis e uma polo branca que marcava e delineava cada músculo seu. Seu cabelo estava bem arrumado e só destacava seu rosto. Fora aquele seu perfume inesquecível que já podia sentir daqui, era forte e másculo . Bem a cara dele mesmo.

Por um segundo eu perdi fôlego quando seu olhar se encontrou com o meu, ele engoliu em seco . Enquanto descíamos as escada sentia que estava sendo secada por Leah, já que ela me olhava com os olhos transbordando inveja e irritação. Lancei a ela um sorrisinho.

Jacob parecia não ter olhos pra ninguém, pois estavam vidrados em mim. Um olhar de admiração, ou sei lá. De qualquer maneira eu gostei da maneira como ele estava olhando pra mim . Eu gostei muito.

– Nossa.. – Emmett sorriu – Que gatas, ! .

Eu sorri agradecendo, e assim que peguei o presente da Claire, nós seguimos para o carro. Iríamos todos no carro de Jacob, o que era uma droga.

Foram dez minutos até chegarmos lá, e na viagem toda senti que Jacob estava tenso, sim, ele parecia estar nervoso. Leah ficou o caminho todo no celular, Emmett e Rose ficaram se amassando aqui no banco de trás e eu fiquei olhando pela janela, mal vendo a hora de chegar logo.

A festa da Claire estava bombando ! Como seu jardim era enorme, então a festa toda era ali. Mesas espalhadas por todo canto, havia uma decoração incrível e luminosa ! vários garçons andando para lá e para cá. No canto havia uma mesa com presentes e lá no outro onde estava o bolo. No centro de tudo estava uma enorme pista de dança, muitas pessoas dançavam ali ao som de uma música animada. Arrisquei ver vários rostos conhecidos ali.

Assim que saímos do carro fui logo procurar por Claire, ela estava tirando algumas fotos com os pais, mas assim que em viu abriu um sorrisão. Retribui .

– Feliz aniversário ! – A puxei para um abraço apertado - Ah eu trouxe um presentinho pra você .

Entreguei a ela uma caixinha de veludo, e ela arregalou os olhos.

– Ah.. Nessie.. obrigada – Ela abriu a caixinha e de lá tirou uma pulseira , delicada mas havia um pingente com um coração pela metade.

Sorri para ela.

– Olha onde está a outra metade – Estendi a minha mão para que ela pudesse ver .

Claire piscou algumas vezes e me puxou para um abraço.

– É lindo.. eu amei, - Disse chorosa – Está me fazendo chorar, está vendo ? .

Gargalhei.

– Não chora não hein – limpei uma lagrima que escorreu dos seus olhos – Aproveite a sua noite, ta bom ? se divirta muito.

– pode deixar – Ela sorriu .

Antes que pudéssemos dizer qualquer coisa alguém saiu arrastando ela pelo braço para outro canto, ela me olhou revirando os olhos e eu gargalhei. Tudo bem, eu não poderia ter a atenção da aniversariante só pra mim mesmo. Suspirei .

– Hey Nessie.. senta aqui conosco – Emmett chamou, eles estavam em uma mesa apenas os dois.

Fui até eles e me sentei. O garçom veio oferecer algo para nós comermos mas eu não quis, eu nem estava com fome mesmo. Emmett logo não quis dispensar, Rose ficou só com um copo de vinho mesmo. Ficamos conversando sobre a festa e de como Claire estava linda, e de é claro.. como o Quil estava todo bobão quando veio se sentar junto conosco, ele parecia que não piscava e nem tinha olhos para outra garota a não ser a minha amiga.

– Eca Quil, tá molhando a mesa com essa baba ai – brinquei enquanto dava um tapa de leve em sua cabeça .

Ele rolou os olhos rindo. Emmett fazia piadinhas com Quil quando ele ficava enciumado quando algum garoto se aproximava de Claire para cumprimenta-la . Era hilário.

Quando tocou uma música bem agitada, todos quiseram dançar, menos eu. Falei a eles que iria beber alguma coisa e que depois iria, eles concordaram e foram.

Caminhei até onde havia uma bancada só de bebidas e pedi um copo com um liquido estranho, era meio azul florescente. Assim que bebi, constatei que nem tinha tanto álcool assim, tinha um gostinho de tuti fruti.. era bom.

– posso fazer companhia para a senhorita ? – Alguém sussurrou no meu ouvido.

Suspirei enquanto sorria.

– Deve . – Virei e encarei Nahuel.

Ele também estava um gato ! com aquele Jeans escuro e sua camisa social azul clara. Ele me deu um rápido selinho, não deixando de sussurrar no meu ouvido que eu estava ‘’ Espetacular ‘’. Apenas ri envergonhada do seu elogio.

Ele também pediu uma bebida e engatamos em uma conversa animada. Ele estava enciumado, pois nas palavras dele ‘’ Eu estava chamando mais atenção do que a própria aniversariante ‘’. Nahuel era mesmo um bobo.

– Vamos dançar ? – Levantou estendendo a mão assim que uma música mais lento começou a tocar.

– Hum.. – Hesitei por alguns instantes – Tudo bem.

Fomos de mãos dadas até lá e quando chegamos ao centro da pista ele me puxou para mais perto. Suas mãos foram para a minha cintura, enquanto as minhas ficaram em torno do seu pescoço .A música era beem lenta mesmo, e meio romântica. Rose e Emmett estavam dançando aninhados um no outro e sorriam enquanto se beijavam.

Os olhos de Nahuel se focaram em meu rosto e eu me senti envergonhada da maneira como eles me analisavam. Me escondi em seu peito e senti o cheiro do seu pescoço. Já ouviu aquela história de que um cheiro tem o poder de desencadear uma forte lembrança ? pois é .. mas no meu caso não foi bem uma lembrança.. eu meio que pensei em outra pessoa. Uma pessoa que sempre me hipnotizava com aquele cheiro forte e masculino.

Discretamente busquei Jacob nos olhos, ele estava lá, do outro lado do Jardim conversando com Sam, Emily, Quil e Leah, ele abriu um sorriso incrivelmente lindo quando alguém disse algo e continuou conversando. Meio segundo depois seus olhos vieram para minha direção e eu desviei rapidamente, droga, não acredito que ele me flagrou olhando para ele .

– Tem algo que te incomoda ? – Nahuel perguntou apreensivo .

– O que ? – Olhei diretamente em seus olhos – Por que ? .

Ele ficou em silêncio por alguns instantes. Nossos passos eram sincronizados e calmos.

– É que parece que você não está inteiramente aqui ? sei lá.. no que está pensando ? – Sorriu tentando mudar o rumo da conversa.

– Eu estou aqui. – Afirmei – Estou inteiramente aqui Nahuel, não se preocupe .

Beijei seus lábios por alguns instantes. Nahuel era uma pessoa boa demais para eu magoar, ele era tão incrível.. Jamais fiquei com alguém assim.

– Você é incrível .. é incrível – Sussurrou colando nossas testas.

Continuamos dançando o resto da música daquele jeito, juntos. Quando acabou tocou uma música eletrônica bem animada da qual eu não dispensei e já comecei a dançar animada.

Não demorou muito e Alice e Jazz chegaram , fui correndo até eles.

– Vocês vieram ! – Falei abraçando Alice bem forte – Como você está gata ! .

Alice trajava um vestido dourado colado ao seu corpo, destacava cada curva sua, e apesar de ser baixinha ela tinha um corpo que dava inveja em muitas adolescentes.

– E você ? Você está um arraso ! – Ela riu .

Jazz riu de nós duas e eu fui cumprimentá-lo com um abraço também.

– Vamos dançar.. só pra aquecer um pouquinho – Alice puxou eu e Jazz para a pista de dança.

Não recusei e nem ao menos queria. Apresentei Alice a Nahuel e ela o cumprimentou educadamente. Nós quatro começamos a dançar ao ritmo frenético da dança . Logo depois se juntou Emmett e Rose, e pouco tempo depois Claire veio dançar conosco.

Eu estava com os pés já doendo, mas nem ao menos me importei. Estava feliz hoje, e acima de tudo estava me divertindo com as pessoas que gostava, era isso que importava.

Quando estávamos cansados o bastante, fomos todos sentar em uma mesa. Conversamos enquanto riamos e até aceitamos comer um pouco.

– Até que está dando pro gasto essa festinha – Leah chegou sozinha, enquanto puxava uma cadeira e se sentou junto conosco.

Jacob não estava com ela.

Revirei os olhos e vi Alice olhar pra ela estranho.

– II chegou – Suspirei enquanto dizia com indiferença .

– Já vai criticar ? – Rose murmurou .

– Não estou criticando nada ..a penas comentando.. não achei que a nerdzinha sabia dar uma festa dessas.

Ah não, não podia ficar quieta diante disso.

– Não sei o que está fazendo aqui Leah, achei que não gostava de Claire – Nahuel se intrometeu.

– E não gosto – Deu de ombros.

– Então o que está fazendo aqui garota ? – A fuzilei com os olhos.

– Por que o MEU noivo foi convidado, então tenho direito a vir também.

Dei uma risada irônica.

– O portão está aberto, se quiser fazer o grande favor para nós de se retirar, sinta-se a vontade – Pisquei a ela.

– Gente.. sem brigas – Alice suspirou – Vamos nos acalmar, hoje só quero me divirtir .

– Eu também – Emmett ergueu as mãos na defensiva.

– Eu vou ao banheiro – Levantei . – Já volto.

Alice e os outros continuaram na mesa . Saí andando pelo jardim . Como não queria entrar dentro da casa de Claire pois certamente iria me perder, fui até os fundos pois sabia que lá perto da piscina havia um banheiro.

Caminhei até lá e dei graças a Deus por ter um espelho. Arrumei rapidamente meu cabelo que estava bagunçado, passei a mão pelo vestido e suspirei. Estava novinha em folha de novo.

Saí de lá e caminhei em direção a festa. Aqui era incrível, tinha tantas arvores e tipos diferentes de plantas e flores.. Sarah com certeza iria adorar esse lugar.Embora nessa parte aqui de trás tenha pouca iluminação, mesmo assim continuava lindo. Hoje era uma daquelas noites raras de Forks, aquelas noites em que a lua finalmente tinha coragem de aparecer . O clima estava agradável, nem muito calor nem muito frio.

Um barulho estranho vindo atrás de mim fez com que eu me virasse assustada . E vindo da escuridão lá estava Jacob Black .

– Droga garoto, - Respirei aliviada – Que susto .

Ele veio até mim com a sobrancelha arqueada.

– O que faz aqui ? .

– Eu estava voltando do banheiro – murmurei dando de ombros . – E você, tá fazendo o que aqui ?

– Eu estava te espionando .

O encarei incrédula enquanto ele tinha a sua maior cara de pau .

– Como é ?

– To brincando – Riu gostosamente .

– Idiota – Bufei e comecei a me afastar dele .

– Hey ! – Um segundo depois Jacob estava ao meu lado segurando meu braço .

–E u estava brincando ok ? Jamais iria te espionar nem nada do tipo – Deu de ombros .

– E por que não ? – Perguntei .

Que porra de pergunta foi essa Renesmee Carlie Cullen ?.

– por que não . Por que diabos eu ia perder tempo te vigiando ? .

– Não sei..você é retardado mesmo.

Ele deu um passo na minha direção ficando frente a frente comigo. A pálida luz da lua conseguia iluminar um pouco aquele ambiente .

– Seu namoradinho é que deveria estar fazendo isso Renesmee, não eu .

Engoli em seco quando ele se aproximou .

– Ele.. ele..

– Se eu fosse ele não deixaria você andar sozinha por ai, ainda mais estando tão bonita assim – Murmurou , seus olhos estavam fixos nos meus.

Aquele olhar era daquele certeiro para matar qualquer garota. Senti minhas pernas tremerem, mas tentei não transparecer nervosismo.

– Eu sei me cuidar sozinha, não preciso que ele seja meu segurança – Disse firme.

Ele sorriu de lado. Se ele ao menos pudesse ter a mínima ideia de que aquele sorriso dele era de matar, que eu sempre sentia algo estranho aqui dentro de mim a cada maldita vez que ele sorria assim, ou que toda vez que ele me olha intensamente como ele está me olhando agora, eu sinto as minhas pernas tremerem.

– Sempre querendo bancar a durona ..

Ele deu um passo, encurtando agora qualquer distancia entre nós. Podia sentir o seu perfume forte e gostoso aqui , seu halito fresco e quente soprou no meu rosto fazendo tudo girar . Ele estava aproximando seu rosto do meu, já podia sentir sua respiração ofegante, e jurava que ele podia ouvir as batidas frenéticas do meu coração.

Nossos lábios estavam quase se tocando, meus olhos já estavam fechando ..

– Nessie ? – ouvi alguém murmurar.

Me afastei de Jacob na velocidade da luz e virei as costas para ouvir a voz que havia acabado de me chamar.

– nahuel ? – Perguntei sem graça .

Meu coração oscilou.

– Oi – Ele veio caminhando até mim – Você demorou.. então eu vim até aqui e ..

Nahuel só então olhou pra Jacob, torceu o nariz um pouco e o encarou com cara de poucos amigos. Olhei para Jacob por alguns poucos segundos e pela sua feição ele também não estava nada feliz .

– O que ele está fazendo aqui ? – nahuel apontou para Jacob .

– Ah.. nada, é só que eu estava voltando do banheiro.. e .. ele..

– Você está bem ? – Nahuel estava todo preocupado .

– Estou – garanti.

Jacob riu em tom de sarcasmo.

– Tá achando que eu fiz alguma coisa pra ela Nahuel ? .

Nahuel o olhou com raiva.

– Vindo de você não espero nada .

– Ér.. Nahuel, pega leve.

– Tá insinuando o que ? – Jacob deu um passo na direção dele .

– Nahuel, vamos.. – O puxei pela mão , mas ele nem se mexeu.

Eu deveria começar a me preocupar ? .

– Por que não volta lá pra sua noivinha e nos deixa em paz ? . – Nahuel o olhou em tom de deboche . – Não estraga a minha noite e a da Renesmee.

– Incrível como continua sendo o mesmo merda de sempre – Jacob disse amargo – Ainda rancoroso Nahuel ?

– Eu vou te mostrar quem é o merda aqui .

Dito isso Nahuel se livrou da minha mão e o soco que ele deu no rosto de Jacob foi certeiro. Tapei a boca com as mãos para abafar o grito de horror.

Achei que depois daquele soco Jacob ia continuar no chão, mas ele levantou e antes que Nahuel pudesse protestar acertou um nele .

– Seu filho da puta !- Jacob deu outro soco nele .

E a sessão de socos na cara começaram. Eu comecei a gritar desesperada, especificamente quando Jacob derrubou nahuel e ficou por cima dele , desfilando dois socos no Nahuel;

– JACOB PARA ! – gritei. – PARA POR FAVOR .

Nahuel se levantou com tudo revertendo as posições e os dois rolaram na grama enquanto se agrediam.

– PAREEEEEEEM, POR FAVOR, NAHUEL ! – Gritei .Eu tentava me aproximar mais capaz de eu leva um soco e desmaiar ali mesmo – PAREEEM !, PAREM POR FAVOR .

Pareciam que nem estavam me ouvindo. Entrei em desespero quando Nahuel acertou um soco em Jacob, não sabia ao certo quem estava apanhando ali.

Então só o que pude fazer foi correr, eu corri até Emmett , Rose, Alice , Quil e Jasper que conversavam animadamente na mesa. Acho que viram a minha situação e de como as lagrimas a uma altura dessa deveriam estar acumulada nos meus olhos.

– Bella , o que foi ? – Alice se levantou e me olhou preocupada.

– Ja-jacob e Nahuel – Consegui dizer enquanto estava aflita.

Acho que todos entenderam pois Emmett e Quil saíram correndo de imediato. Alice, Rose, Jasper e eu corremos em meio as pessoas e os levei até onde estava acontecendo tudo. Quando chegamos Emmett tentava segurar Jacob e Quil segurava Nahuel. Jasper foi ajudar Emmett a controlar Jacob que tentava a todo custo ir para cima de Nahuel.

– JAKE CARA, sossega, - Emmett gritou no ouvido dele. – O que que tá pegando ? .

– ESSE CARA É QUE É UM OTARIO DO CARALHO – Ele disse rosnando para Nahuel .

– Eu vou te mostrar quem é o otário aqui – Nahuel tentou se soltar de Quil.

– NAHUEL CHEGA ! CHEGA ! – gritei irritada – PAREM DE BRIGAR, VOCÊS DOIS SÃO IDIOTAS OU O QUE ? .

– Mas.. – Ele ainda tentou dizer.

– Nahuel quero que você vá embora – Falei dura, - Vai embora por favor .

Ele me olhou por alguns instantes e depois se soltou de Quil enquanto passava a mão na boca ensanguentada . Ele passou por mim e foi embora .

Jacob também se soltou de Emmett e passou por mim sem ao menos olhar em minha cara .

– O que foi tudo isso ? – Emmett olhou pra mim perplexo .

– Eu não sei – Coloquei as mãos no rosto – Vamos voltar pra lá.. antes que chame muito a atenção, melhor não estragar a festa de Claire.

Todos concordaram e voltamos a nossa mesa, ainda sim sentimos vários olhares, se não sabiam o que tinha acontecido.. acho que desconfiavam.

**

Nahuel havia definitivamente ido embora, eu resolvi não ir atrás dele, amanhã conversaríamos, sério. Leah apareceu dizendo que Jacob a ignorou e saiu de carro . Droga, não acredito que tudo isso havia acontecido.

Eu não estava com cabeça para continuar aqui, e fora que já passava das meia noite. Pedi que Emmett me levasse para casa, mas antes fui me despedir de Claire e falei a ela que iria embora pois estava com dor de cabeça, ela ficou triste, mas depois me abraçou e eu fui embora. Os outros continuaram ali, mas eu definitivamente não estava nem um pouco a fim de permanecer ali.

Cheguei em casa cansada, e nem sinal do Jacob estar aqui. Subi pro meu quarto, tomei um banho bem demorado e tirei aquela maquiagem do meu rosto. Escovei os dentes e depois fui até meu guarda roupa procurar algo pra vestir. Peguei uma blusa xadrez que era verde escuro com preto, ficava como um vestido pra mim, um vestido bem curto. então vesti apenas ela . Apaguei as luzes e fui deitar .

Só queria dormir e nada mais, deixar tudo isso pra lá. Mas estava preocupada com Nahuel, estava muito preocupada com ele , será que estava muito machucado ? . E tinha também o Jacob, ele simplesmente sumiu da festa, nem deu explicações a Leah, apenas pegou seu carro e saiu, e para cá é que ele não veio.

Fiquei por muito tempo ali.. rolando na cama, apenas pensando em tudo o que havia acontecido. Já passava das duas da manhã, e eu continuava acordada. Suspirei e levantei, ia buscar um copo de água. Não achei minhas havaianas então fui descalça mesmo.

A casa estava toda escura, mas parecia que só a luz da cozinha estava ligada. Caminhei suspirando até lá e quase cai pra trás quando dei de cara com Jacob ali.

– Jacob ? – Murmurei paralisada.

Ele estava encostado na bancada enquanto molhava o rosto na pia. Assim que enxugou ele se virou para mim.

Ele me analisou dos pés a cabeça e novamente engoliu em seco. O que ele estava pensando ?

– Aonde você estava ? – murmurei me aproximando.

Ele se encostou ali só então pude olhar para seu rosto, não estava muito machucado. Sua boca sangrava um pouco, havia um corte superficial em sua sobrancelha .

– Não é da sua conta.

– Seu estúpido, só queria ajudar . – Recuei um passo.

Jacob era um idiota mesmo, não sei por que ainda estava surpresa quando a isso.

– Não quero ajuda de ninguém, - Disse com a voz fria.

Seus olhos transbordavam frieza, magoa . Mas eu podia sentir.. talvez aquilo fosse uma mascara, talvez ele estivesse tentando me afastar, e bom.. se ele queria isso, então eu o faria.

– Só estava.. preocupada, aliás está tarde e você tinha sumido e .. – Só então eu me dei conta do que estava dizendo, - Ah esquece, fica aí sozinho então, idiota.

Virei as costas para sair dali, chega de gente mal humorada e idiota por hoje.

– hey, - Murmurou segurando minha mão . Olhei para trás e ele me puxou para perto dele. – Foi mal, eu to só estressado, foi mal.

Olhei para ele por uns bons segundos. Bom.. Jacob pedindo desculpas ? não era algo que se via todo dia.

Olhei para sua mão, ela estava um pouco machucada, deve ter sido por conta dos socos que ele e Nahuel trocaram, mesmo assim fiquei preocupada com ele, mesmo no fundo sabendo que não deveria.

– Você está bem ? – Livrei gentilmente minhas mãos da sua.. aquele contato físico não me fazia bem. – Quer dizer, você está machucado.

– É – Deu de ombros – Vou sobreviver.

– Espera.

Abri a gaveta do armário e retirei de lá um pano limpo. O molhei um pouco na pia e me aproximei de Jacob .

– Tá saindo sangue – Apontei para sua sobrancelha .

Ele colocou a mão em cima de viu que estava mesmo. Suspirei e aproximei o pano úmido na região em que estava cortado. cuidadosamente estava limpando todo o local. Acho que não estava doendo pois Jacob não se queixou. Ele estava com seus olhos fixos no meu rosto, observando cada movimento meu. Parecia uma criança.

Passei o pano no cantinho de sua boca, mas ali foi rápido pois o corte era bem pequeno, quase não se notava .

Ele continuava me olhando e aquilo estava me incomodando, muito.

– O que ? – Indaguei parando imediatamente o que estava fazendo, só para poder encara-lo.

– Nada - deu novamente de ombros – É que você é bonita. Muito bonita.

Arqueei as sobrancelhas.

– Nahuel bateu com muita força na sua cabeça ? – Brinquei, e ele revirou os olhos.

– Não se pode nem mais falar a verdade ..

– Não . pode falar, eu sei que sou linda mesmo – Zombei .

– Engraçadinha .

Suspirei e limpei a sua mão que também havia um corte .

– Jacob, por que estava no jardim ?sabe naquela hora em que eu estava voltando do banheiro – Perguntei.

Nem acreditava que estava tendo uma conversa civilizada com ele, bom.. por pelos menos 5 minutos sem brigar, isso era algo para se impressionar.

– Eu estava.. bem, fugindo de Leah – Olhou pra baixo – Ela queria dançar uma música romântica, e eu detesto dançar, principalmente musica lenta .

– Ah .

Não sei , mas assim que ele tocou no nome de Leah me senti mal. Continuei limpando suas mãos e ele continuava me olhando atento, até parece que ninguém nunca havia cuidado dele ou cuidado de algum corte seu na vida.

– por que está me olhando assim ? – Perguntei desconfortável .

Certeza que fiquei vermelha.

– Nada . – Disse engolindo em seco.

Assenti e virei as costas.

– Vou dormir – Falei, era o melhor a se fazer, sentia que seu perfume estava causando efeitos em mim .. e aquilo não era nada bom.

Comecei a me afastar, mas ele segurou minha mão e me puxou para si, com os olhos angustiados.

– Renesmee.. eu não aguento mais – Sussurrou – Eu .. eu preciso te beijar .

Meu coração perdeu uma batida com aquelas palavras, eu só percebi quando estava me aproximando dele, quando meus olhos estavam nos dele e que nossas respirações estavam se confundindo.

– Isso é.. encrenca Jacob – Sussurrei , nossos lábios se tocando com cada palavra, mas quem disse que eu tinha forças para me afastar ? .

– Gosto de encrencas – Sussurrou e seus olhos transbordavam desejo, luxuria, ansiedade .

Nesse momento nossos lábios se encontraram em uma ansiedade absurda. Seus lábios eram urgentes nos meus, foi quando sua língua pediu passagem e eu cedi, que eu senti um turbilhão de emoções dentro de mim. Minha pele estava arrepiada, e isso não tinha como negar.

Jacob me puxou para mais perto numa rapidez absurda, nossos corpos se chocaram e ele me virou me prensando na bancada da cozinha. Suas mãos vieram até minha cintura onde apertaram firme, como se estivesse tomando posse de mim. Minhas mãos foram para seu pescoço onde o trouxe para mais perto de mim. Era incrível a maneira que eu sentia como se um milhão de borboletas estivessem aqui no meu estomago .

Jacob me levantou um pouco para que minhas pernas envolvessem a sua cintura, Podia sentir cada linha do seu corpo colado ao meu, isso fazia com que um calor absurdo tomasse conta de mim. Eu estava em chamas.

Íamos nos escorando em tudo quanto era canto, estávamos praticamente desesperados, me agarrava a ele como se minha vida fosse depender daquilo. Minha língua dançava junto com a sua, seu gosto era inconfundível , único..e aquele beijo era tão.. Jacob. Quando estávamos sem ar, Jacob desceu os beijos para meu pescoço, e droga, aquele era meu ponto fraco. Arqueei a cabeça para trás para dar mais espaço para ele . Só sabia que estávamos na sala de estar nesse momento, e quando senti minhas costas contra algo macio, sabia que estávamos no sofá.

Ele me deitou ali mesmo, e depositou seu corpo sobre o meu, podia sentir que ele estava .. animado. Podia sentir isso assim que seu corpo se colou no meu, pude aproveitar a chance para passar lentamente a mão por toda a extensão dos seus músculos , eram firmes e delineados. Por cima da camisa o acariciei, só para depois minha mão entrar por dentro de camisa e sentir sua pele quente se arrepiar sob o meu toque. Ele era tão quente que me causava um desejo maior ainda por ele.

Suas mãos também percorriam livremente por todo o meu corpo. Parou por alguns segundos só para focar seu olhar no meu, era desejo refletindo em desejo, seus olhos tinham um brilho enigmático e seus lábios inchados e vermelhos só me deixavam com mais vontade de beija-lo .

Sua boca encontrou a minha no mesmo instante, agora em um beijo com mais calma, embora fosse caloroso e cheio de luxuria, sua língua se enroscava com a minha e só de ter seu corpo junto a mim já estava me deixando louca. As mãos de Jacob foram para os botões da minha camisa onde começou a desabotoa-la, e mesmo que eu quisesse, não tive forças para impedi-lo. Não por que ele era mil vezes mais forte do que eu, mas sim por que estava preocupada demais beijando sua boca para me importar com qualquer outra coisa.

– Você é tão linda.. – Sussurrou quando a metade da blusa estava desabotoada, revelando meu sutiã de renda branca . Senti por alguns segundos meu rosto esquentar.

– Jacob .. – Sussurrei quando ele olhou pra mim.

Ao invés de me beijar ele ficou me olhando nos olhos por um tempo, seus dedos acariciaram meu rosto, minha bochecha e por fim contornou meus lábios, ele parecia estar hipnotizado enquanto fazia aquilo.

Afundei minhas mãos em seus cabelos e o puxei para mim o beijando outra vez, era tão gostoso beija-lo.. a cada vez que sentia seus lábios encostados nos meus eu só queria mais e mais.. era como se um imã me puxasse para perto dele, tudo estava me levando a loucura naquele momento. Seu corpo no meu, suas mãos passeando pelo meu corpo, seu perfume que me deixava desnorteada, seus lábios macios , gostosos e quentes junto aos meus.

– Vou pegar um chá pra você também – ouvimos alguém dizer do andar de cima .

– Droga – Dissemos juntos .

Era Sarah, ela estava descendo as escadas, e se ela nos pegasse aqui.. não só Jacob estaria encrencado, assim como eu também .

– Ai meu deus, - Sussurrei desesperada .

– Shi.. – Ele sussurrou, e rolou do sofá com cuidado me puxando junto com ele .

Nós caímos no chão fazendo um pequeno baque, minha respiração estava irregular, meu coração batendo tão forte que achei que ia desmaiar a qualquer momento. Eu estava em cima de Jacob enquanto o mesmo segurava minha cintura, e ficou paralisado enquanto ouvíamos Sarah passar pela sala .

Levantei a cabeça um pouco para vê-la, mas abaixei rapidamente com medo que ela me visse. Encostei minha cabeça no peito de Jacob e fiquei paralisada ali rezando para que minha tia subisse logo. No que é que estávamos nos metendo ? .

O coração dele batia tão rápido quanto o meu, sua respiração quente eu podia sentir . Não podia explicar como era .. bom, estar tão perto dele daquela maneira, como era bom ouvir o som do seu coração, como era bom sentir seus braços ao redor da minha cintura me prendendo junto a ele .. era algo que eu não conseguia explicar, deixava por si só meu coração bater acelerado ,entregando como eu ficava quando ele estava assim tão perto de mim.

Não se passou nem dois minutos e ouvimos Sarah subir as escadas, e assim que ergui a cabeça ela estava lá subindo com duas xícaras de chá nas mãos. Ela sumiu de vista , e eu respirei aliviada . MUITO aliviada.

Levantei de cima dele e já estava prestes a sair .

– Aonde você vai ? – Disse baixo, por que agora sabíamos que Sarah ainda estava acordada.

– Vou dormir, o que já era para estar fazendo a muito tempo – Murmurei passando a mão pelo bagaço que devia estar meu cabelo.

– Tá cedo.. eu acho . – Disse coçando a cabeça.

– Não acho que quase três horas da manhã esteja cedo .

– Que seja.

Seus olhos pousaram nos meus seios, que só agora lembrei que minha blusa estava desabotoada .

Arregalei os olhos e comecei a abotoar rapidamente .

–Seu idiota, não é pra olhar ! – O olhei feio.

– Mas estava desabotoado – Riu baixinho . – Eu sou homem né Renesmee.

– Você é um idiota isso sim – Falei revirando os olhos – Da próxima vez que voltar a olhar pros meus seios novamente eu vou te quebrar garoto.

– Mas ..

– mas nada , agora eu vou dormir ..

– Hey ! – murmurou assim que eu pisei os pés na escada – A gente se vê amanhã .

Ele deu um sorriso torto para mim, um puta de um sorriso lindo .

– É.. acho que sim – Falei ainda com os olhos fixos em seu rosto, aquele sorriso fodia com meu psicológico .

Quando tentei subir um degrau quase tropecei, e vi ele ainda rir do meu jeito desastrado. Corri escada acima ainda com o meu rosto queimando. Quando cheguei ao meu quarto, fechei a porta atrás de mim e encostei-me nela ainda tentando recuperar o fôlego.

Fui escorrendo até chegar ao chão. Toquei meu pescoço, e fechei os olhos sentindo um arrepio de lembrar que sua boca esteve ali. Aproximei um pouco a minha blusa perto do rosto, apenas para poder sentir o cheiro dele novamente.

Jacob era um mau caminho, ah com certeza ele era . O caminho mais curto para o inferno .. eu sabia que estava com problemas .. com sérios problemas.

Capitulo 19 – Encrenca

P.O.V Nessie

E então o dia da festa de Claire chegou. Tudo estava em uma agitação danada, aliás.. forks estava em uma agitação danada. Aqui era assim, quando acontecia algo todos ficavam sabendo e considerando que quase metade de Forks iria comparecer a festa da minha amiga .. eu não estava nada surpresa.

Havia ajudado Claire a escolher seu vestido, Era incrível, de um tom azul turquesa , custou os olhos da cara.. mas Claire era rica, então aquele dinheiro não a faria falta. Comprei o meu vestido também, já que não tinha nada apresentável para usar na festa de hoje a noite.

– por favor Alice .. vamos ? – Resmunguei com Alice pelo telefone.

Estava tentando convencer a baixinha desde ontem para irmos a festa de Claire, mesmo Alice sendo uma adulta .. ela continuava com aquele espírito adolescente do qual eu tanto amava.

– Ah Nessie.. não sei se é uma boa ideia, Jazz está trabalhando.. vai chegar cedo, mas creio que cansado.. não sei se vamos poder ir .

– Ah não ! – bati o pé – Nada disso, vocês dois trabalham muito.. é final de semana poxa, vamos sair um pouco, se divertir, garanto que vai ser legal !

Ela deu uma gargalhada .

– Só vai ter adolescentes nessa festa, acha mesmo que eu ainda estou apta para frequentar uma festa dessa ? .

– Alice você é a uma das pessoas mais legais e que eu mais amo nesse mundo. Gosto de você exatamente pelo seu espírito jovial, mesmo já adulta e com responsabilidades .. nunca deixou de lado essa alma adolescente que você tem ! Então por favor não me diga que está velha demais para frequentar festas, por que você não está, ok ?

A linha ficou muda por alguns segundos, mas logo Alice voltou a falar .

– Droga – Ouvi ela fungar – estou muito chorosa ultimamente, me bate.

Gargalhei bem alto.

– Pode deixar .

– Você me convenceu sua pestinha – Riu – Te encontro lá, é que eu e Jazz vamos chegar um pouquinho depois, tenho que esperar ele chegar do trabalho

– EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE – Gritei empolgada – Ok Alice, beijo , até mais.

Desliguei o celular logo em seguida. Tia Sarah me chamou para que eu fosse ajuda-la a regar algumas plantas e fui prontamente. Encontrei Jacob subindo as escadas, mas evitei olhar para ele, nada de brigas ou conflitos hoje. Estava de bom humor .

Assim que terminei, fomos almoçar juntas, ela havia me perguntado se eu já havia escolhido uma roupa para ir hoje e eu disse que sim.Mais tarde liguei para Rose, e é claro que ela também iria para a festa de Claire, então a convidei para se trocar aqui, assim ela poderia fazer uma maquiagem decente em mim, já que eu não era uma das melhores com isso.

A festa iria começar as 19:00 horas, mas eu não gostava de ser a primeira a chegar, então iria por volta das 19:30. Quando deu cinco horas da tarde Rose chegou com sua mochila. A cumprimentei e pedi que entrasse .

– Cara, finalmente algo para animar Forks, sério, isso aqui estava muito parado – Rose jogou-se na minha cama assim que chegamos ao meu quarto.

– nem me fale Rose – Suspirei – Eu não sei por que ,mais to animadona com essa festa , sei lá .

– O nahuel vai .. – Ela riu com malicia – Por isso que está toda animadinha.

Dei um riso fraco.

– Não.. acho que não é por isso .

– Então tem outro garoto em vista ? – Ela me olhou surpresa – Ela vai estar lá ? .

– O QUE ? NÃO ! – Falei rápido demais, acabei tropeçando nas minhas palavras – Não viaja rose.

Joguei uma almofada nela que riu.

– Mas nessie.. vamos combinar que você está morando sob o mesmo teto que um gatinho – Ela arqueou as sobrancelhas – E qual é não me olhe assim, você sabe que é verdade !

– Rose não tem nada a ver .. Jacob e eu não temos nada a ver, ele é bonitinho e tudo .. mas nem rola – Dei de ombros, por que aquilo me incomodava ? – E além do mais.. ele.. ele..

– Está noivo, é.. Emmett comentou – Ela riu fraco – Mas cá entre nós.. pelo que Emmett me contou.. Jake não está.. digamos com aquela felicidade toda, entende ?.

Sentei na cama também e encarei Rose.

– Como assim Rose ? .

– Não sei Nessie, pelo que parece Jake não está muito feliz ao lado dela. Qualquer um que estivesse noivo da pessoa que está completamente apaixonada, estaria com certeza mais empolgado do que Jacob está.

Não sei por que algo dentro de mim insistiu em se remexer.

– Ah, vai ver é por que ele não é demonstrar muitos sentimentos Rose, é..besteira ele querer se casar com alguém que não o faça feliz – Murmurei.

E era verdade, se não estava tão feliz ou se.. realmente não a amasse tanto assim, por quais motivos se casaria com ela ? .

– Bom isso eu já não sei – Ela levantou – Mas Emmett o conhece, e sabe praticamente tudo sobre o Jacob.

Fiquei alguns segundos perdida em pensamentos. Jacob não era de demonstrar sentimentos, deve ser por isso que todos acham que ele não está ‘’ tão ‘’ feliz com esse noivado. Mas no fundo, deve estar sim, afinal.. ele a ama.

– Ok.. agora vamos nos trocar, se não, não vai dar tempo ! . – Comentou empolgada.

– Vamos ! – Falei despertando dos meus pensamentos.

*

Por volta das 19:30 Rose e eu já estávamos prontas. Rose estava linda com a roupa (http://www.polyvore.com/rosalie/set?id=180055845) que havia escolhido. Seus cabelos loiríssimos estavam soltos e totalmente ondulados, o que chamava a atenção para ela .

Eu também assim que terminei de me arrumar (http://www.polyvore.com/cgi/set?id=179681380) me olhei no espelho e gostei muito do que vi. Pela primeira vez em muito tempo eu estava me sentindo sexy. Minha maquiagem não era muito chamativa, mas valorizou meu rosto, Rose fez um trança que era embutida de lado em meu cabelo e por fim colocou umas pequeninas flores brancas para deixar mais Lindo ainda meu cabelo. Rose e eu nos colocamos em frente ao espelho e sorrimos, acabamos tirando várias fotos.

– MENINAS SE APRESSEM ! – Ouvimos Emmett gritar lá em baixo.

– vamos Rose – A puxei pelo braço .

Corremos ou tentamos correr com aqueles saltos enormes pelo corredor e descemos as escadas rindo de como eu quase torci o pé com esses saltos.

– Finalmente chegaram ! – Emmett suspirou – Uou ..

Quando olhei pra baixo, pude ver que Emmett, Leah e Jacob estavam nos esperando.

Quase saí rolando pela escada quando meus olhos pararam em Jacob . Ah não, covardia um ser humano ter tamanha beleza assim. Ele trajava uma calça jeans azul clara, um tênis e uma polo branca que marcava e delineava cada músculo seu. Seu cabelo estava bem arrumado e só destacava seu rosto. Fora aquele seu perfume inesquecível que já podia sentir daqui, era forte e másculo . Bem a cara dele mesmo.

Por um segundo eu perdi fôlego quando seu olhar se encontrou com o meu, ele engoliu em seco . Enquanto descíamos as escada sentia que estava sendo secada por Leah, já que ela me olhava com os olhos transbordando inveja e irritação. Lancei a ela um sorrisinho.

Jacob parecia não ter olhos pra ninguém, pois estavam vidrados em mim. Um olhar de admiração, ou sei lá. De qualquer maneira eu gostei da maneira como ele estava olhando pra mim . Eu gostei muito.

– Nossa.. – Emmett sorriu – Que gatas, ! .

Eu sorri agradecendo, e assim que peguei o presente da Claire, nós seguimos para o carro. Iríamos todos no carro de Jacob, o que era uma droga.

Foram dez minutos até chegarmos lá, e na viagem toda senti que Jacob estava tenso, sim, ele parecia estar nervoso. Leah ficou o caminho todo no celular, Emmett e Rose ficaram se amassando aqui no banco de trás e eu fiquei olhando pela janela, mal vendo a hora de chegar logo.

A festa da Claire estava bombando ! Como seu jardim era enorme, então a festa toda era ali. Mesas espalhadas por todo canto, havia uma decoração incrível e luminosa ! vários garçons andando para lá e para cá. No canto havia uma mesa com presentes e lá no outro onde estava o bolo. No centro de tudo estava uma enorme pista de dança, muitas pessoas dançavam ali ao som de uma música animada. Arrisquei ver vários rostos conhecidos ali.

Assim que saímos do carro fui logo procurar por Claire, ela estava tirando algumas fotos com os pais, mas assim que em viu abriu um sorrisão. Retribui .

– Feliz aniversário ! – A puxei para um abraço apertado - Ah eu trouxe um presentinho pra você .

Entreguei a ela uma caixinha de veludo, e ela arregalou os olhos.

– Ah.. Nessie.. obrigada – Ela abriu a caixinha e de lá tirou uma pulseira , delicada mas havia um pingente com um coração pela metade.

Sorri para ela.

– Olha onde está a outra metade – Estendi a minha mão para que ela pudesse ver .

Claire piscou algumas vezes e me puxou para um abraço.

– É lindo.. eu amei, - Disse chorosa – Está me fazendo chorar, está vendo ? .

Gargalhei.

– Não chora não hein – limpei uma lagrima que escorreu dos seus olhos – Aproveite a sua noite, ta bom ? se divirta muito.

– pode deixar – Ela sorriu .

Antes que pudéssemos dizer qualquer coisa alguém saiu arrastando ela pelo braço para outro canto, ela me olhou revirando os olhos e eu gargalhei. Tudo bem, eu não poderia ter a atenção da aniversariante só pra mim mesmo. Suspirei .

– Hey Nessie.. senta aqui conosco – Emmett chamou, eles estavam em uma mesa apenas os dois.

Fui até eles e me sentei. O garçom veio oferecer algo para nós comermos mas eu não quis, eu nem estava com fome mesmo. Emmett logo não quis dispensar, Rose ficou só com um copo de vinho mesmo. Ficamos conversando sobre a festa e de como Claire estava linda, e de é claro.. como o Quil estava todo bobão quando veio se sentar junto conosco, ele parecia que não piscava e nem tinha olhos para outra garota a não ser a minha amiga.

– Eca Quil, tá molhando a mesa com essa baba ai – brinquei enquanto dava um tapa de leve em sua cabeça .

Ele rolou os olhos rindo. Emmett fazia piadinhas com Quil quando ele ficava enciumado quando algum garoto se aproximava de Claire para cumprimenta-la . Era hilário.

Quando tocou uma música bem agitada, todos quiseram dançar, menos eu. Falei a eles que iria beber alguma coisa e que depois iria, eles concordaram e foram.

Caminhei até onde havia uma bancada só de bebidas e pedi um copo com um liquido estranho, era meio azul florescente. Assim que bebi, constatei que nem tinha tanto álcool assim, tinha um gostinho de tuti fruti.. era bom.

– posso fazer companhia para a senhorita ? – Alguém sussurrou no meu ouvido.

Suspirei enquanto sorria.

– Deve . – Virei e encarei Nahuel.

Ele também estava um gato ! com aquele Jeans escuro e sua camisa social azul clara. Ele me deu um rápido selinho, não deixando de sussurrar no meu ouvido que eu estava ‘’ Espetacular ‘’. Apenas ri envergonhada do seu elogio.

Ele também pediu uma bebida e engatamos em uma conversa animada. Ele estava enciumado, pois nas palavras dele ‘’ Eu estava chamando mais atenção do que a própria aniversariante ‘’. Nahuel era mesmo um bobo.

– Vamos dançar ? – Levantou estendendo a mão assim que uma música mais lento começou a tocar.

– Hum.. – Hesitei por alguns instantes – Tudo bem.

Fomos de mãos dadas até lá e quando chegamos ao centro da pista ele me puxou para mais perto. Suas mãos foram para a minha cintura, enquanto as minhas ficaram em torno do seu pescoço .A música era beem lenta mesmo, e meio romântica. Rose e Emmett estavam dançando aninhados um no outro e sorriam enquanto se beijavam.

Os olhos de Nahuel se focaram em meu rosto e eu me senti envergonhada da maneira como eles me analisavam. Me escondi em seu peito e senti o cheiro do seu pescoço. Já ouviu aquela história de que um cheiro tem o poder de desencadear uma forte lembrança ? pois é .. mas no meu caso não foi bem uma lembrança.. eu meio que pensei em outra pessoa. Uma pessoa que sempre me hipnotizava com aquele cheiro forte e masculino.

Discretamente busquei Jacob nos olhos, ele estava lá, do outro lado do Jardim conversando com Sam, Emily, Quil e Leah, ele abriu um sorriso incrivelmente lindo quando alguém disse algo e continuou conversando. Meio segundo depois seus olhos vieram para minha direção e eu desviei rapidamente, droga, não acredito que ele me flagrou olhando para ele .

– Tem algo que te incomoda ? – Nahuel perguntou apreensivo .

– O que ? – Olhei diretamente em seus olhos – Por que ? .

Ele ficou em silêncio por alguns instantes. Nossos passos eram sincronizados e calmos.

– É que parece que você não está inteiramente aqui ? sei lá.. no que está pensando ? – Sorriu tentando mudar o rumo da conversa.

– Eu estou aqui. – Afirmei – Estou inteiramente aqui Nahuel, não se preocupe .

Beijei seus lábios por alguns instantes. Nahuel era uma pessoa boa demais para eu magoar, ele era tão incrível.. Jamais fiquei com alguém assim.

– Você é incrível .. é incrível – Sussurrou colando nossas testas.

Continuamos dançando o resto da música daquele jeito, juntos. Quando acabou tocou uma música eletrônica bem animada da qual eu não dispensei e já comecei a dançar animada.

Não demorou muito e Alice e Jazz chegaram , fui correndo até eles.

– Vocês vieram ! – Falei abraçando Alice bem forte – Como você está gata ! .

Alice trajava um vestido dourado colado ao seu corpo, destacava cada curva sua, e apesar de ser baixinha ela tinha um corpo que dava inveja em muitas adolescentes.

– E você ? Você está um arraso ! – Ela riu .

Jazz riu de nós duas e eu fui cumprimentá-lo com um abraço também.

– Vamos dançar.. só pra aquecer um pouquinho – Alice puxou eu e Jazz para a pista de dança.

Não recusei e nem ao menos queria. Apresentei Alice a Nahuel e ela o cumprimentou educadamente. Nós quatro começamos a dançar ao ritmo frenético da dança . Logo depois se juntou Emmett e Rose, e pouco tempo depois Claire veio dançar conosco.

Eu estava com os pés já doendo, mas nem ao menos me importei. Estava feliz hoje, e acima de tudo estava me divertindo com as pessoas que gostava, era isso que importava.

Quando estávamos cansados o bastante, fomos todos sentar em uma mesa. Conversamos enquanto riamos e até aceitamos comer um pouco.

– Até que está dando pro gasto essa festinha – Leah chegou sozinha, enquanto puxava uma cadeira e se sentou junto conosco.

Jacob não estava com ela.

Revirei os olhos e vi Alice olhar pra ela estranho.

– II chegou – Suspirei enquanto dizia com indiferença .

– Já vai criticar ? – Rose murmurou .

– Não estou criticando nada ..a penas comentando.. não achei que a nerdzinha sabia dar uma festa dessas.

Ah não, não podia ficar quieta diante disso.

– Não sei o que está fazendo aqui Leah, achei que não gostava de Claire – Nahuel se intrometeu.

– E não gosto – Deu de ombros.

– Então o que está fazendo aqui garota ? – A fuzilei com os olhos.

– Por que o MEU noivo foi convidado, então tenho direito a vir também.

Dei uma risada irônica.

– O portão está aberto, se quiser fazer o grande favor para nós de se retirar, sinta-se a vontade – Pisquei a ela.

– Gente.. sem brigas – Alice suspirou – Vamos nos acalmar, hoje só quero me divirtir .

– Eu também – Emmett ergueu as mãos na defensiva.

– Eu vou ao banheiro – Levantei . – Já volto.

Alice e os outros continuaram na mesa . Saí andando pelo jardim . Como não queria entrar dentro da casa de Claire pois certamente iria me perder, fui até os fundos pois sabia que lá perto da piscina havia um banheiro.

Caminhei até lá e dei graças a Deus por ter um espelho. Arrumei rapidamente meu cabelo que estava bagunçado, passei a mão pelo vestido e suspirei. Estava novinha em folha de novo.

Saí de lá e caminhei em direção a festa. Aqui era incrível, tinha tantas arvores e tipos diferentes de plantas e flores.. Sarah com certeza iria adorar esse lugar.Embora nessa parte aqui de trás tenha pouca iluminação, mesmo assim continuava lindo. Hoje era uma daquelas noites raras de Forks, aquelas noites em que a lua finalmente tinha coragem de aparecer . O clima estava agradável, nem muito calor nem muito frio.

Um barulho estranho vindo atrás de mim fez com que eu me virasse assustada . E vindo da escuridão lá estava Jacob Black .

– Droga garoto, - Respirei aliviada – Que susto .

Ele veio até mim com a sobrancelha arqueada.

– O que faz aqui ? .

– Eu estava voltando do banheiro – murmurei dando de ombros . – E você, tá fazendo o que aqui ?

– Eu estava te espionando .

O encarei incrédula enquanto ele tinha a sua maior cara de pau .

– Como é ?

– To brincando – Riu gostosamente .

– Idiota – Bufei e comecei a me afastar dele .

– Hey ! – Um segundo depois Jacob estava ao meu lado segurando meu braço .

–E u estava brincando ok ? Jamais iria te espionar nem nada do tipo – Deu de ombros .

– E por que não ? – Perguntei .

Que porra de pergunta foi essa Renesmee Carlie Cullen ?.

– por que não . Por que diabos eu ia perder tempo te vigiando ? .

– Não sei..você é retardado mesmo.

Ele deu um passo na minha direção ficando frente a frente comigo. A pálida luz da lua conseguia iluminar um pouco aquele ambiente .

– Seu namoradinho é que deveria estar fazendo isso Renesmee, não eu .

Engoli em seco quando ele se aproximou .

– Ele.. ele..

– Se eu fosse ele não deixaria você andar sozinha por ai, ainda mais estando tão bonita assim – Murmurou , seus olhos estavam fixos nos meus.

Aquele olhar era daquele certeiro para matar qualquer garota. Senti minhas pernas tremerem, mas tentei não transparecer nervosismo.

– Eu sei me cuidar sozinha, não preciso que ele seja meu segurança – Disse firme.

Ele sorriu de lado. Se ele ao menos pudesse ter a mínima ideia de que aquele sorriso dele era de matar, que eu sempre sentia algo estranho aqui dentro de mim a cada maldita vez que ele sorria assim, ou que toda vez que ele me olha intensamente como ele está me olhando agora, eu sinto as minhas pernas tremerem.

– Sempre querendo bancar a durona ..

Ele deu um passo, encurtando agora qualquer distancia entre nós. Podia sentir o seu perfume forte e gostoso aqui , seu halito fresco e quente soprou no meu rosto fazendo tudo girar . Ele estava aproximando seu rosto do meu, já podia sentir sua respiração ofegante, e jurava que ele podia ouvir as batidas frenéticas do meu coração.

Nossos lábios estavam quase se tocando, meus olhos já estavam fechando ..

– Nessie ? – ouvi alguém murmurar.

Me afastei de Jacob na velocidade da luz e virei as costas para ouvir a voz que havia acabado de me chamar.

– nahuel ? – Perguntei sem graça .

Meu coração oscilou.

– Oi – Ele veio caminhando até mim – Você demorou.. então eu vim até aqui e ..

Nahuel só então olhou pra Jacob, torceu o nariz um pouco e o encarou com cara de poucos amigos. Olhei para Jacob por alguns poucos segundos e pela sua feição ele também não estava nada feliz .

– O que ele está fazendo aqui ? – nahuel apontou para Jacob .

– Ah.. nada, é só que eu estava voltando do banheiro.. e .. ele..

– Você está bem ? – Nahuel estava todo preocupado .

– Estou – garanti.

Jacob riu em tom de sarcasmo.

– Tá achando que eu fiz alguma coisa pra ela Nahuel ? .

Nahuel o olhou com raiva.

– Vindo de você não espero nada .

– Ér.. Nahuel, pega leve.

– Tá insinuando o que ? – Jacob deu um passo na direção dele .

– Nahuel, vamos.. – O puxei pela mão , mas ele nem se mexeu.

Eu deveria começar a me preocupar ? .

– Por que não volta lá pra sua noivinha e nos deixa em paz ? . – Nahuel o olhou em tom de deboche . – Não estraga a minha noite e a da Renesmee.

– Incrível como continua sendo o mesmo merda de sempre – Jacob disse amargo – Ainda rancoroso Nahuel ?

– Eu vou te mostrar quem é o merda aqui .

Dito isso Nahuel se livrou da minha mão e o soco que ele deu no rosto de Jacob foi certeiro. Tapei a boca com as mãos para abafar o grito de horror.

Achei que depois daquele soco Jacob ia continuar no chão, mas ele levantou e antes que Nahuel pudesse protestar acertou um nele .

– Seu filho da puta !- Jacob deu outro soco nele .

E a sessão de socos na cara começaram. Eu comecei a gritar desesperada, especificamente quando Jacob derrubou nahuel e ficou por cima dele , desfilando dois socos no Nahuel;

– JACOB PARA ! – gritei. – PARA POR FAVOR .

Nahuel se levantou com tudo revertendo as posições e os dois rolaram na grama enquanto se agrediam.

– PAREEEEEEEM, POR FAVOR, NAHUEL ! – Gritei .Eu tentava me aproximar mais capaz de eu leva um soco e desmaiar ali mesmo – PAREEEM !, PAREM POR FAVOR .

Pareciam que nem estavam me ouvindo. Entrei em desespero quando Nahuel acertou um soco em Jacob, não sabia ao certo quem estava apanhando ali.

Então só o que pude fazer foi correr, eu corri até Emmett , Rose, Alice , Quil e Jasper que conversavam animadamente na mesa. Acho que viram a minha situação e de como as lagrimas a uma altura dessa deveriam estar acumulada nos meus olhos.

– Bella , o que foi ? – Alice se levantou e me olhou preocupada.

– Ja-jacob e Nahuel – Consegui dizer enquanto estava aflita.

Acho que todos entenderam pois Emmett e Quil saíram correndo de imediato. Alice, Rose, Jasper e eu corremos em meio as pessoas e os levei até onde estava acontecendo tudo. Quando chegamos Emmett tentava segurar Jacob e Quil segurava Nahuel. Jasper foi ajudar Emmett a controlar Jacob que tentava a todo custo ir para cima de Nahuel.

– JAKE CARA, sossega, - Emmett gritou no ouvido dele. – O que que tá pegando ? .

– ESSE CARA É QUE É UM OTARIO DO CARALHO – Ele disse rosnando para Nahuel .

– Eu vou te mostrar quem é o otário aqui – Nahuel tentou se soltar de Quil.

– NAHUEL CHEGA ! CHEGA ! – gritei irritada – PAREM DE BRIGAR, VOCÊS DOIS SÃO IDIOTAS OU O QUE ? .

– Mas.. – Ele ainda tentou dizer.

– Nahuel quero que você vá embora – Falei dura, - Vai embora por favor .

Ele me olhou por alguns instantes e depois se soltou de Quil enquanto passava a mão na boca ensanguentada . Ele passou por mim e foi embora .

Jacob também se soltou de Emmett e passou por mim sem ao menos olhar em minha cara .

– O que foi tudo isso ? – Emmett olhou pra mim perplexo .

– Eu não sei – Coloquei as mãos no rosto – Vamos voltar pra lá.. antes que chame muito a atenção, melhor não estragar a festa de Claire.

Todos concordaram e voltamos a nossa mesa, ainda sim sentimos vários olhares, se não sabiam o que tinha acontecido.. acho que desconfiavam.

**

Nahuel havia definitivamente ido embora, eu resolvi não ir atrás dele, amanhã conversaríamos, sério. Leah apareceu dizendo que Jacob a ignorou e saiu de carro . Droga, não acredito que tudo isso havia acontecido.

Eu não estava com cabeça para continuar aqui, e fora que já passava das meia noite. Pedi que Emmett me levasse para casa, mas antes fui me despedir de Claire e falei a ela que iria embora pois estava com dor de cabeça, ela ficou triste, mas depois me abraçou e eu fui embora. Os outros continuaram ali, mas eu definitivamente não estava nem um pouco a fim de permanecer ali.

Cheguei em casa cansada, e nem sinal do Jacob estar aqui. Subi pro meu quarto, tomei um banho bem demorado e tirei aquela maquiagem do meu rosto. Escovei os dentes e depois fui até meu guarda roupa procurar algo pra vestir. Peguei uma blusa xadrez que era verde escuro com preto, ficava como um vestido pra mim, um vestido bem curto. então vesti apenas ela . Apaguei as luzes e fui deitar .

Só queria dormir e nada mais, deixar tudo isso pra lá. Mas estava preocupada com Nahuel, estava muito preocupada com ele , será que estava muito machucado ? . E tinha também o Jacob, ele simplesmente sumiu da festa, nem deu explicações a Leah, apenas pegou seu carro e saiu, e para cá é que ele não veio.

Fiquei por muito tempo ali.. rolando na cama, apenas pensando em tudo o que havia acontecido. Já passava das duas da manhã, e eu continuava acordada. Suspirei e levantei, ia buscar um copo de água. Não achei minhas havaianas então fui descalça mesmo.

A casa estava toda escura, mas parecia que só a luz da cozinha estava ligada. Caminhei suspirando até lá e quase cai pra trás quando dei de cara com Jacob ali.

– Jacob ? – Murmurei paralisada.

Ele estava encostado na bancada enquanto molhava o rosto na pia. Assim que enxugou ele se virou para mim.

Ele me analisou dos pés a cabeça e novamente engoliu em seco. O que ele estava pensando ?

– Aonde você estava ? – murmurei me aproximando.

Ele se encostou ali só então pude olhar para seu rosto, não estava muito machucado. Sua boca sangrava um pouco, havia um corte superficial em sua sobrancelha .

– Não é da sua conta.

– Seu estúpido, só queria ajudar . – Recuei um passo.

Jacob era um idiota mesmo, não sei por que ainda estava surpresa quando a isso.

– Não quero ajuda de ninguém, - Disse com a voz fria.

Seus olhos transbordavam frieza, magoa . Mas eu podia sentir.. talvez aquilo fosse uma mascara, talvez ele estivesse tentando me afastar, e bom.. se ele queria isso, então eu o faria.

– Só estava.. preocupada, aliás está tarde e você tinha sumido e .. – Só então eu me dei conta do que estava dizendo, - Ah esquece, fica aí sozinho então, idiota.

Virei as costas para sair dali, chega de gente mal humorada e idiota por hoje.

– hey, - Murmurou segurando minha mão . Olhei para trás e ele me puxou para perto dele. – Foi mal, eu to só estressado, foi mal.

Olhei para ele por uns bons segundos. Bom.. Jacob pedindo desculpas ? não era algo que se via todo dia.

Olhei para sua mão, ela estava um pouco machucada, deve ter sido por conta dos socos que ele e Nahuel trocaram, mesmo assim fiquei preocupada com ele, mesmo no fundo sabendo que não deveria.

– Você está bem ? – Livrei gentilmente minhas mãos da sua.. aquele contato físico não me fazia bem. – Quer dizer, você está machucado.

– É – Deu de ombros – Vou sobreviver.

– Espera.

Abri a gaveta do armário e retirei de lá um pano limpo. O molhei um pouco na pia e me aproximei de Jacob .

– Tá saindo sangue – Apontei para sua sobrancelha .

Ele colocou a mão em cima de viu que estava mesmo. Suspirei e aproximei o pano úmido na região em que estava cortado. cuidadosamente estava limpando todo o local. Acho que não estava doendo pois Jacob não se queixou. Ele estava com seus olhos fixos no meu rosto, observando cada movimento meu. Parecia uma criança.

Passei o pano no cantinho de sua boca, mas ali foi rápido pois o corte era bem pequeno, quase não se notava .

Ele continuava me olhando e aquilo estava me incomodando, muito.

– O que ? – Indaguei parando imediatamente o que estava fazendo, só para poder encara-lo.

– Nada - deu novamente de ombros – É que você é bonita. Muito bonita.

Arqueei as sobrancelhas.

– Nahuel bateu com muita força na sua cabeça ? – Brinquei, e ele revirou os olhos.

– Não se pode nem mais falar a verdade ..

– Não . pode falar, eu sei que sou linda mesmo – Zombei .

– Engraçadinha .

Suspirei e limpei a sua mão que também havia um corte .

– Jacob, por que estava no jardim ?sabe naquela hora em que eu estava voltando do banheiro – Perguntei.

Nem acreditava que estava tendo uma conversa civilizada com ele, bom.. por pelos menos 5 minutos sem brigar, isso era algo para se impressionar.

– Eu estava.. bem, fugindo de Leah – Olhou pra baixo – Ela queria dançar uma música romântica, e eu detesto dançar, principalmente musica lenta .

– Ah .

Não sei , mas assim que ele tocou no nome de Leah me senti mal. Continuei limpando suas mãos e ele continuava me olhando atento, até parece que ninguém nunca havia cuidado dele ou cuidado de algum corte seu na vida.

– por que está me olhando assim ? – Perguntei desconfortável .

Certeza que fiquei vermelha.

– Nada . – Disse engolindo em seco.

Assenti e virei as costas.

– Vou dormir – Falei, era o melhor a se fazer, sentia que seu perfume estava causando efeitos em mim .. e aquilo não era nada bom.

Comecei a me afastar, mas ele segurou minha mão e me puxou para si, com os olhos angustiados.

– Renesmee.. eu não aguento mais – Sussurrou – Eu .. eu preciso te beijar .

Meu coração perdeu uma batida com aquelas palavras, eu só percebi quando estava me aproximando dele, quando meus olhos estavam nos dele e que nossas respirações estavam se confundindo.

– Isso é.. encrenca Jacob – Sussurrei , nossos lábios se tocando com cada palavra, mas quem disse que eu tinha forças para me afastar ? .

– Gosto de encrencas – Sussurrou e seus olhos transbordavam desejo, luxuria, ansiedade .

Nesse momento nossos lábios se encontraram em uma ansiedade absurda. Seus lábios eram urgentes nos meus, foi quando sua língua pediu passagem e eu cedi, que eu senti um turbilhão de emoções dentro de mim. Minha pele estava arrepiada, e isso não tinha como negar.

Jacob me puxou para mais perto numa rapidez absurda, nossos corpos se chocaram e ele me virou me prensando na bancada da cozinha. Suas mãos vieram até minha cintura onde apertaram firme, como se estivesse tomando posse de mim. Minhas mãos foram para seu pescoço onde o trouxe para mais perto de mim. Era incrível a maneira que eu sentia como se um milhão de borboletas estivessem aqui no meu estomago .

Jacob me levantou um pouco para que minhas pernas envolvessem a sua cintura, Podia sentir cada linha do seu corpo colado ao meu, isso fazia com que um calor absurdo tomasse conta de mim. Eu estava em chamas.

Íamos nos escorando em tudo quanto era canto, estávamos praticamente desesperados, me agarrava a ele como se minha vida fosse depender daquilo. Minha língua dançava junto com a sua, seu gosto era inconfundível , único..e aquele beijo era tão.. Jacob. Quando estávamos sem ar, Jacob desceu os beijos para meu pescoço, e droga, aquele era meu ponto fraco. Arqueei a cabeça para trás para dar mais espaço para ele . Só sabia que estávamos na sala de estar nesse momento, e quando senti minhas costas contra algo macio, sabia que estávamos no sofá.

Ele me deitou ali mesmo, e depositou seu corpo sobre o meu, podia sentir que ele estava .. animado. Podia sentir isso assim que seu corpo se colou no meu, pude aproveitar a chance para passar lentamente a mão por toda a extensão dos seus músculos , eram firmes e delineados. Por cima da camisa o acariciei, só para depois minha mão entrar por dentro de camisa e sentir sua pele quente se arrepiar sob o meu toque. Ele era tão quente que me causava um desejo maior ainda por ele.

Suas mãos também percorriam livremente por todo o meu corpo. Parou por alguns segundos só para focar seu olhar no meu, era desejo refletindo em desejo, seus olhos tinham um brilho enigmático e seus lábios inchados e vermelhos só me deixavam com mais vontade de beija-lo .

Sua boca encontrou a minha no mesmo instante, agora em um beijo com mais calma, embora fosse caloroso e cheio de luxuria, sua língua se enroscava com a minha e só de ter seu corpo junto a mim já estava me deixando louca. As mãos de Jacob foram para os botões da minha camisa onde começou a desabotoa-la, e mesmo que eu quisesse, não tive forças para impedi-lo. Não por que ele era mil vezes mais forte do que eu, mas sim por que estava preocupada demais beijando sua boca para me importar com qualquer outra coisa.

– Você é tão linda.. – Sussurrou quando a metade da blusa estava desabotoada, revelando meu sutiã de renda branca . Senti por alguns segundos meu rosto esquentar.

– Jacob .. – Sussurrei quando ele olhou pra mim.

Ao invés de me beijar ele ficou me olhando nos olhos por um tempo, seus dedos acariciaram meu rosto, minha bochecha e por fim contornou meus lábios, ele parecia estar hipnotizado enquanto fazia aquilo.

Afundei minhas mãos em seus cabelos e o puxei para mim o beijando outra vez, era tão gostoso beija-lo.. a cada vez que sentia seus lábios encostados nos meus eu só queria mais e mais.. era como se um imã me puxasse para perto dele, tudo estava me levando a loucura naquele momento. Seu corpo no meu, suas mãos passeando pelo meu corpo, seu perfume que me deixava desnorteada, seus lábios macios , gostosos e quentes junto aos meus.

– Vou pegar um chá pra você também – ouvimos alguém dizer do andar de cima .

– Droga – Dissemos juntos .

Era Sarah, ela estava descendo as escadas, e se ela nos pegasse aqui.. não só Jacob estaria encrencado, assim como eu também .

– Ai meu deus, - Sussurrei desesperada .

– Shi.. – Ele sussurrou, e rolou do sofá com cuidado me puxando junto com ele .

Nós caímos no chão fazendo um pequeno baque, minha respiração estava irregular, meu coração batendo tão forte que achei que ia desmaiar a qualquer momento. Eu estava em cima de Jacob enquanto o mesmo segurava minha cintura, e ficou paralisado enquanto ouvíamos Sarah passar pela sala .

Levantei a cabeça um pouco para vê-la, mas abaixei rapidamente com medo que ela me visse. Encostei minha cabeça no peito de Jacob e fiquei paralisada ali rezando para que minha tia subisse logo. No que é que estávamos nos metendo ? .

O coração dele batia tão rápido quanto o meu, sua respiração quente eu podia sentir . Não podia explicar como era .. bom, estar tão perto dele daquela maneira, como era bom ouvir o som do seu coração, como era bom sentir seus braços ao redor da minha cintura me prendendo junto a ele .. era algo que eu não conseguia explicar, deixava por si só meu coração bater acelerado ,entregando como eu ficava quando ele estava assim tão perto de mim.

Não se passou nem dois minutos e ouvimos Sarah subir as escadas, e assim que ergui a cabeça ela estava lá subindo com duas xícaras de chá nas mãos. Ela sumiu de vista , e eu respirei aliviada . MUITO aliviada.

Levantei de cima dele e já estava prestes a sair .

– Aonde você vai ? – Disse baixo, por que agora sabíamos que Sarah ainda estava acordada.

– Vou dormir, o que já era para estar fazendo a muito tempo – Murmurei passando a mão pelo bagaço que devia estar meu cabelo.

– Tá cedo.. eu acho . – Disse coçando a cabeça.

– Não acho que quase três horas da manhã esteja cedo .

– Que seja.

Seus olhos pousaram nos meus seios, que só agora lembrei que minha blusa estava desabotoada .

Arregalei os olhos e comecei a abotoar rapidamente .

–Seu idiota, não é pra olhar ! – O olhei feio.

– Mas estava desabotoado – Riu baixinho . – Eu sou homem né Renesmee.

– Você é um idiota isso sim – Falei revirando os olhos – Da próxima vez que voltar a olhar pros meus seios novamente eu vou te quebrar garoto.

– Mas ..

– mas nada , agora eu vou dormir ..

– Hey ! – murmurou assim que eu pisei os pés na escada – A gente se vê amanhã .

Ele deu um sorriso torto para mim, um puta de um sorriso lindo .

– É.. acho que sim – Falei ainda com os olhos fixos em seu rosto, aquele sorriso fodia com meu psicológico .

Quando tentei subir um degrau quase tropecei, e vi ele ainda rir do meu jeito desastrado. Corri escada acima ainda com o meu rosto queimando. Quando cheguei ao meu quarto, fechei a porta atrás de mim e encostei-me nela ainda tentando recuperar o fôlego.

Fui escorrendo até chegar ao chão. Toquei meu pescoço, e fechei os olhos sentindo um arrepio de lembrar que sua boca esteve ali. Aproximei um pouco a minha blusa perto do rosto, apenas para poder sentir o cheiro dele novamente.

Jacob era um mau caminho, ah com certeza ele era . O caminho mais curto para o inferno .. eu sabia que estava com problemas .. com sérios problemas.



Notas finais do capítulo

hahahaha, gostaram ? espero que depois desse capitulos vocês estejam menos irritada comigo hausaus
próximo capitulo sai segundaaaa ♥ bjokas



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Because Of You" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.