Entre a Escuridão escrita por Half Fallen

Entre a Escuridão

Essa não é a história de um assassino comum. É a história do Ceifador, o Ladrão das Mil Vozes, da Sombra, o Pietro dentre outras cousas que chamavam-o, por não saber sua real identidade. É, entretanto, a história de um assassino que sente dor, que sente compaixão, que se arrepende das vidas que tirou. Todas as noites, ele sofre com a insanidade das vozes que ecoam em sua mente junto com as imagens que percorrem seus sonhos, desafiando retirar o que lhe restou de sensatez.
Achar algo que possa aquietar sua mente e devolver sua estabilidade era extremamente difícil, se não impossível.
Mas com ajuda inesperada, o assassino achará um meio de acalmar parte de seu sofrimento e achará também a vontade de seguir em frente e mudar seu malfadado destino.
Em sua jornada de conhecimento próprio, o assassino sera lançado contra uma promessa baseada em ódio que continuava sem ser cumprida, mesmo após cem anos.
Dois países que se odiavam por mais de gerações decidiram que entrariam em guerra. Mas desde que esta declaração fora feita, nenhum dos impérios atacaram. Na época, toda população entrou em caos, tentando se esconder e tentando se proteger. Porém, vendo que nada iria acontecer, perderam o medo e voltaram as suas vidas.
Agora a guerra passava apenas de um rumor.
Um rumor que finalmente seria confirmado.


Classificação: 16+
Categorias: Originais
Personagens: Indisponível
Gêneros: Ação, Aventura, Drama, Fantasia, Mistério, Romance, Suspense, Tragédia, Death Fic, Humor Negro, Amizade, Angst
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência

Capítulos: 4 (5.471 palavras) | Terminada: Não
Publicada: 06/07/2015 às 22:43 | Atualizada: 19/08/2015 às 23:55

Notas da História:

História minha, personagens meus, PLÁGIO É CRIME.
Capa by me
Foto: http://chaoyuanxu.deviantart.com/art/Assassin-s-Creed-Another-Tale-chapter-8-307748024
História sem beta 3


Capítulos

1. Prólogo
939 palavras
2. Capítulo Um — Inocência
2.119 palavras
4. Capítulo Três — Vitória
1.373 palavras