Loucamente Apaixonada escrita por Angie


Capítulo 47
Sincronia




—- Eu não acredito que ele escolheu um filme de terror. -- falei para Mikaelle.

Estávamos na fila para comprar pipoca e refrigerantes antes que nossa seção começasse, mas não tínhamos pressa, faltava um tempo ainda. Justin tinha chamado Ariela para terem uma conversa em particular e ele ainda parecia totalmente de mau humor quanto a isso, quanto aos seus amigos, descobri que os nomes do gêmeos eram Cameron e Leonard. Leonard era o namorado da garota loira, a Livy e os dois não se desgrudavam por nada, nesse momento deviam estar se agarrando em algum lugar por aí. Cameron estava mais para o galinha do grupo -- Justin, claro, se encaixava nessa categoria também, mas deixa ele se fazer de santo por mais um tempo. --, e foi encontrar uma "companhia" da qual ele gostasse.

Traduzindo: Como eu suspeitava, e como a própria Ariela deveria estar ciente, se as garotas não tivessem vindo, neste momento eu estaria a sós com Justin. Quero dizer, em meio a um monte de estranhos, mas, ainda assim, sozinha.

(Insira imagem mental de um suspiro cansado aqui).

—- Eu sei. -- ela disse rindo. -- Esse é tipo, o truque mais velho para fazer uma garota ficar mais frágil e dependente de você.

—- Eu odeio filmes de terror. Espero que esse seja fraquinho. -- confessei.

Os olhos dela brilharam.

—- Não é não, eu já vi o trailler. -- Ela parecia animadinha demais. -- Os efeitos especiais são fantásticos!

Lê-se: Nojentos e sangrentos.

—- Não me diga que você gosta disso. -- arregalei os olhos.

Ela abriu um sorriso doce, os olhos brilhando cada vez mais com diversão. E essa foi toda a resposta que eu precisava.

☆☆☆

Mikaelle e eu estávamos abraçadas a dois baldes de pipoca médios e dois refrigerantes cada. Eu realmente estava incomodada porque sentia que as minhas mãos estavam congelando. Avistamos Ariela e Justin um pouco afastados um do outro e fomos até eles.

—- Aqui. -- passei um refrigerante para Justin e um dos baldes de pipoca. -- Não sabíamos se vocês queriam mais alguma coisa, então trouxemos o básico.

—- É mais do que esse aí merece. -- resmungou Ariela, segurando o que a irmã havia lhe passado.

Justin a ignorou, olhando para o relógio de pulso.

—- Nossa seção já vai começar, vamos entrar? -- perguntou.

—- E os outros? -- questionou Mikaelle olhando ao redor.

—- Eles já estão lá dentro. -- disse Ariela. Ela não parecia muito feliz. Aliás, ela não parecia nada feliz. Igual a mim. -- Você escolheu esse filme de propósito, não foi? Sabe que eu odeio terror.

—- Mas esse filme vai ser ótimo! -- Justin e Mikaelle disseram ao mesmo tempo. Eles sorriram surpresos um para o outro.

Olhamos para eles com as sobrancelhas erguidas. Hummm...

—- Mas é de terror. -- eu e Ariela dissemos seriamente após alguns segundos, apontando o óbvio.

—- Tá legal -- eu disse sozinha, erguendo a mão que segurava meu refrigerante. -- Essa sincronia já está ficando estranha. Vamos ver o filme, mas eu juro, se eu ficar com medo vou fugir de lá.

—- Ou você pode simplesmente segurar minha mão. -- ofereceu Justin com um sorriso sacana.

Revirei os olhos, e se não estiver enganada, Ariela fez o mesmo. Ela não parecia tão ruim nesse momento.

—- Vamos logo. -- eu disse.