Amores Secretos escrita por Anonimous


Capítulo 5
"Amor, senti tanto sua falta"


Notas iniciais do capítulo

Oi Pessoas



– Vamos embora – O garoto me puxa pelo gramado – Temos que nos arrumar.

– Mas a festa é daqui cinco horas – Digo o olhando e ele sorri.

– Sério que não quer ficar longe dessas pessoas irritantes – Ele diz me empurrando na direção da irmã, tropeço em uma pedra e caio em cima de Thalia.

– Qualquer hora dessas vocês ainda me matam – Ela diz sorrindo e limpando um pouco de grama que havia em seu cabelo.

– É o babaca de Dylan – Digo me levantando e sou jogado novamente no chão.

– Dylan – Levanto e olho irritado para ele – Se encostar novamente o dedo em mim, eu mesmo trato de cavar uma cova e vou te enterrar vivo.

Dylan se aproximou de mim, pronto para me empurrar novamente, mas foi impedido por um par de braços que se jogaram em cima de mim, naquele momento me assustei, mas ao ver o rosto da menina a minha frente a única coisa que conseguia era sorrir.

– Megan!! – Eu disse com lágrimas nos olhos, a menina loiro de olhos azuis me encarava com um sorriso no rosto – AI Meu Deus, Meg!!

– Amor, senti tanto sua falta – Ela disse beijando minhas bochechas diversas vezes – Você se lembra que eu prometi, que viria o visitar.

– Como me esquecer – Digo sorrindo e olho por cima dos ombros da garota, Dylan estava de braços cruzados, do mesmo jeito que fazia sempre que sentia ciúmes ou ficava muito irritado com algo que acontecesse a seu redor – Mas eu não pensei que isso aconteceria tão rápido, afinal, faz um dia que cheguei aqui.

– Mas já faz três dias que saiu da cidade – A menina diz segurando minhas mãos, eu havia passado alguns dias em hotel até que toda a papelada da casa fosse resolvida – Não imagina a falta que fez, Jonathan, Josh e Elize estavam loucos por notícias suas. Meu Deus, estou louca...

– Dá para acabar com essa melação, estou ficando enojado com essa cena – Dylan disse encarando a garota a minha frente.

– Quem é ele? – A menina pergunta com um sorriso no rosto, Dylan vira o rosto quando a garota o olho.

– Este é Dylan – Digo olhando para Dylan com aquela cara que diz “Cumprimenta ela, AGORA!!” – Dylan Parker – Digo virando o rosto de Dylan e ele olha Megan de cima a baixo.

– Prazer em conhecê-lo – Megan estende a mão, e Dylan fica com os braços cruzados.

– O que eu disse sobre isso – Sussurro irritado no ouvido de Dylan – Se não estender a mão e fingir ser a pessoa mais legal do mundo, eu juro que você vai ficar sem me ver a dias.

– O Prazer é todo meu – Dylan disse apressadamente, ele apertou a mão da menina e o vi suspirar aliviado quando olhou no anel, ele me olhou e apenas balancei a cabeça sorrindo – Megan!!

– E então, por que veio para cá? - Pergunto andando ao lado da menina, Thalia conversava com Dylan e o vigiava para ver se ele não teria um ataque de ciúmes idiota.

– Meus pais expandiram a empresa e estão construindo parte dela aqui, e meu namorado, aquele que eu sempre mencionava, ele estuda aqui – A menina diz e tento me lembrar o nome, e quando me lembro a olho assustado.

– Ethan!! – Digo com a voz um pouco alta demais.

– Oi – O menino aparece ao meu lado, Dylan já estava a minha frente encarando o garoto – Oi para você também Dylan.

– Mas o que está acontecendo aqui? – Megan revezava os olhares entre mim, Dylan e Ethan, eles pareciam dois animais selvagens que se matariam a poucos instantes.

– Acho que isso é complicado demais para contarmos para você – Thalia disse puxando Dylan.

– Como foi seu dia, Logan? – O menino perguntou sorrindo, e eu estaria mentindo se dissesse que aquele sorriso não era lindo, mas não chegava aos pés do de Dylan. Seus olhos azuis brilhavam.

– Eu acharia legal se você vigiasse esse seu namoradinho de merda – Dylan disse avançando no garoto, mas entro na frente, quase levantando um chute na cara – É feio sair por aí roubando... o namorado dos outros – Ele disse e a menina nem estranhou a palavra “Namorado”, ela estava muito assustada para isso.

– Vem comigo, Dylan – Digo puxando o menino para fora dali.

************

– Ai, Dylan!! – Grito irritado, ele puxou minha gravata e estava me sufocando - Quer me matar!!

– Me Desculpe, Amor – Ele diz afrouxando a gravata e me beijando – Estou um pouco desastrado.

– Está tudo bem com você? – Arrumo seu cabelo e o beijo – Desde a hora que chegamos da escola eu percebi que anda estranho, tem algo a ver comigo.

– Não, quer dizer... Anjo, eu gosto muito de você – Ele diz me abraçando e encostando sua cabeça em meu ombro, ele estava engraçada naquela roupa havaiana, combinava com a cor morena de sua pele, ele estava lindo – Eu tenho medo de falar com meus pais sobre tudo isso – Me sento na cama e ele se joga ao meu lado.

– Eu espero tempo que for – Digo o beijando e ele sorri – Eu te amo, Dylan, e não importo se vai conta-los ou não, se vamos namorar escondido ou não, eu me importo e vou cuidar de você, até o último batimento do meu coração, até o último piscar de meus olhos, eu vou estar ao seu lado, te protegendo e o amando a cada dia mais, não importa quanto me odeiem por isso.

– Esse é o grande problema – Ele diz mexendo nos meus cabelos – Eu não sei se vai suportar viver assim, escondido...

– Ei, Senhor Parker – Digo sorrindo – Levanta daí – O puxo para mais perto de mim e ele coloca seu braço ao redor de minha cintura – Eu já disse, espero o tempo que for, Eu te amo, entenda isso... Nunca senti algo tão avassalador assim, eu o amei desde que você pisou aqui pela primeira vez, eu amo o jeitinho que olha para mim, seu sorriso me deixa doido e com uma vontade incontrolável de te beijar, até seu jeitinho engraçado de andar me encanta, sua voz, me acalma... E não importa, apesar de tudo, Eu Te Amo!! – Digo o beijando, ele retribuiu o beijo, desesperado por mais, a porta do quarto se abriu rapidamente e nos assustamos, daquela vez não era Rachel, muito menos Thalia, era minha mãe.



Notas finais do capítulo

Gostaram??
Comentem



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Amores Secretos" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.