Amores Secretos escrita por Anonimous


Capítulo 11
"Por favor, fique comigo, seu Idiota"


Notas iniciais do capítulo

Desculpe por não estar postando... As provas bimestrais estão tirando todo o meu tempo. Mas aí está um capítulo fresquinho, Espero que gostem :D



– Os avós dele disseram que ele está no parque com um garoto – Digo andando cada vez mais rápidos, os passos largos de Dylan me cansavam, um passo dele equivalia a três passo meus, eu já não suportava mais, minhas pernas estavam doloridas, já se passaram quatro dias, foram quatro dias revirando Londres a procura de Logan, e agora que o “achamos” não paramos nenhum segundo sequer para respirar – Dá para ir mais devagar!!

– Deixa de ser lerda – Dylan segurou minha mão e me puxou.

– Ei, me solta!! – Gritei irritada – Eu não tenho essas suas pernas grandes, eu não sou tão forte igual a você, estamos andando por horas.

– Me desculpe, tudo bem – Dylan diz me abraçando – Eu só quero ver Logan, mesmo que ele diga que me odeia, eu... eu só não o suportaria o ver com outra pessoa.

– Você tem que estar preparado para qualquer coisa, Logan mudou, não é o garotinho fofo e legal que conhecemos a meses atrás, já se passaram meses – Digo e ele assente com a cabeça.

– Eu sei, e você, mais do que qualquer pessoa nesse mundo abe o quanto lutei para esquecê-lo, mas ele não sai da minha cabeça, eu lembro do jeitinho carinhoso que ele dizia meu nome, das brincadeiras que fazia comigo e nas tardes inteiras que passávamos passeando pela cidade. Desde que o conheci eu me perdi em um mundo onde tudo gira em torno dele, eu tenho ódio de mim, eu nunca pensei que um garoto me faria sentir assim, sem chão, sem rumo nessa droga de vida.

– Não precisa ficar assim – Digo olhando nos olhos de Dylan, a tristeza contida naqueles lindos olhos azuis era capaz de partir o coração de qualquer pessoa, ele era meu irmão e eu o amava, faria de tudo para vê-lo melhor, por isso estou onde estou – Não se culpe, isso é o amor, as vezes ele acaba com a gente.

– Sabe, eu só queria ter feito tudo diferente, só queria ter desprezado aquele garoto – Dylan disse socando sua perna.

– Henry é o culpado por isso, aquele desgraçado, mas olhe pelo lado bom, você bateu nele – Digo sorrindo, mas ele continua sério – Vamos anda, abre logo um daqueles lindos sorrisos, olha o tanto de gente que passa por aqui.

De repente uma garota apareceu a nossa frente, ela estava boquiaberta, eu nunca havia visto ela em nenhum lugar, mas ela parece conhecer Dylan.

– Você é ainda mais lindo pessoalmente – A menina de longos cabelos negros sorriu, ela tinha olhos azuis iguais a diamantes, seu sorriso era incrivelmente branco e o jeito que se movia era gracioso.

– Eu não te conheço – Foi apenas o que Dylan disse confuso, ele limpou o rosto e levantou a cabeça, olhando diretamente para a menina – Como sabe quem sou eu?

– Sua foto no celular de Logan, e todas aquelas mensagens que ele passava o dia inteiro lendo e chorando – Ela disse sorrindo – Ai meu Deus, é você, Logan vai fiar louco quando o ver aqui.

– Ele lia minhas mensagens? – Dylan olhou curioso para menina, eu podia ver o sorriso prestes a ser formado em seu rosto, aquela era uma forma de dizê-lo que Logan também não o esqueceu.

– Sim, ele ficava o dia todo no quarto, jogado naquela cama e relendo mensagem por mensagem, ele ainda é louco por você, ele me disse que você era o garoto mais incrível que ele já conheceu – A menina disse animada, ela agia como um cupido.

– Você pode me levar até ele, estamos um pouco perdidos, não conhecemos esse lugar, ele está na praça, foi o que os avós dele disseram – Dylan disse olhando para a menina que assentiu com a cabeça e sorriu.

Demoramos na faixa de uns quinze minutos até chegar ao parque, não era tão longe, o único problema é que estávamos andando em círculos. O local era gigantesco e o perfume das flores tomavam todo aquele ambiente, era incrível e trazia uma paz interior imensa, andar por aquele grande parque era como estar andando por um paraíso, casais andavam de um lado ao outro, sorriam e abraçavam uns aos outros, velhinhas davam comidas ao pássaros que ali tinha e alguns velhinho aproveita o tempo frio para tomar um café e ler o jornal da tarde.

– Ali está ele – A menina disse e olhou a alguns metros à frente, era difícil enxergar ali, o fluxo de pessoas havia se tornado mais intenso, conforme chegávamos mais perto meu coração batia acelerado, eu podia ver a ansiedade estampada no rosto de Dylan, mas o que vimos segundos depois não nos agradou nem um pouco. Dylan se assustou, Logan estava beijando Ethan, o garoto que ele tanto odiou.

– Logan – Dylan disse com uma voz decepcionada.

Logan se virou assustado e um algodão doce azul que estava em suas mãos caiu, um esquilo que passava por ali tratou de pegá-lo e saiu correndo igual a um louco pelo mato a fora. Dylan se virou rapidamente e começou a andar em minha direção. Olhei para Logan, seus olhos brilhavam, ele estava sem reação, eu não entendia, ele devia ir atrás de Dylan, agora!

Dylan correu até um táxi e o pagou, minutos depois estávamos no aeroporto, Dylan não falava nada, seus olhos estavam cheios de lágrimas e ele as segurava, fazendo toda a força do mundo. O próximo voo saía a dez minutos, só daria tempo de comprarmos a passagem e irmos.

Compramos a passagem e andamos em direção ao portão número 12, mais um grito vindo do meio à multidão nos assustou, a voz do garoto que gritava soava desesperada.

– Dylan – Logan parou a uns trinta metros de nós, seus olhos escuros estavam vermelhos, ele também estava chorando, olhei para os dois – Você vai mesmo fazer isto? – Ele apontou para o portão que faltava poucos minutos para fechar.

– Sim, espero que seja feliz com Ethan - Dylan disse e me puxou para andar ao lado dele, suas mãos estavam geladas.

– Mas eu não o amo – A voz de Logan saiu entre soluços – Por favor, seu Idiota, fique comigo, eu nunca te esqueci, eu sei que errei, eu devia ter confiado em você, eu não suporto mais ficar sem você, me dê um segunda chance, por favor Dylan.

Dylan sorriu discretamente e se virou na direção de Logan. Ele correu até o garoto e o abraçou, como se fosse a última vez que se encontrariam.

– Eu te amo, seu idiota – Ele disse beijando Logan – Não faça isso de novo.

– Eu te amo ainda mais – Logan disse apertando as bochechas de Dylan e o beijando.



Notas finais do capítulo

Gostaram??
Comentem



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Amores Secretos" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.