Blue Horizon A Luz da Liberdade escrita por Gislane Brito


Capítulo 8
Cap. 8 – Blue Horizon 2.0


Notas iniciais do capítulo

"A empolgação que senti durou pouco... O que ficou, foi um enorme medo que ocorresse um erro catastrófico. Mas acho que é coisa de mãe superprotetora"!



Este capítulo também está disponível no +Fiction: plusfiction.com/book/611719/chapter/8

Enquanto não tínhamos notícias sobre a missão “quase” suicida de Karla, preparávamos Moya para o encontro eminente com seu primo escravizado, inclusive garantindo que seus escudos não falhassem, caso a conversa telepática entre Moya, Zohram e Beemote não o convencesse a nos deixar em paz. Mas John, a tripulação e eu concordamos que o escudo talvez não fosse o bastante para nos defender... Precisávamos de mais armas! Já que Moya não tinha armas, precisaríamos de nossos prowlers e de mais ajuda... Mas onde conseguiríamos outras máquinas de guerra que não estivessem a anos-luz dali? Enquanto discutíamos nossas opções, Tarnyn resolveu que era o momento de revelar sobre o que tinha na caixa misteriosa:

— Achei que esta seria uma boa oportunidade pra dizer o que tenho na caixa...

— Tarnyn, estamos com uma emergência aqui! Me diga que a coisa na caixa pode ajudar de alguma maneira, ou deixe pra fazer a ”grande revelação” depois... John foi bem direto desta vez.

— John, seu módulo é muito pequeno e a sua tecnologia, obsoleta ...

— Agora você ofendeu a Farscape!

— Só acho que a Blue Horizon vai se adaptar melhor a Rede Plokaviana que eu trouxe de Tarkan Um...

Então esta era a grande surpresa? Uma arma?!

— É sério?? Você está querendo instalar uma arma em minha nave, Tarnyn?! E de onde você acha que vai vir a energia pra fazer esta coisa funcionar?

— Do gerador de ponto-zero que veio junto...

Dentro da caixa havia a tal arma, um pequeno gerador, uma espécie de lona aderente de cor escura e uma outra máquina que não reconheci de imediato.

— O que é isso?

— Ah, isso? É o que vai esconder a Blue Horizon dos sensores...

— Vai me dizer que a manta de invisibilidade do Potter?!

— De quem?!

— Esquece, Tarnyn... Estou ficando empolgada... Minha navezinha vai passar por uma sessão de tuning?! Tarnyn, nem sei como agradecer!!!

— Não me agradeça... É tudo pelo Movimento! Achei que sua nave seria bem adequada para ajudar na missão, só isso!

— Vou adorar pilotar a Super Blue melhorada...

— E quem disse que você vai pilotar a nave? Você tá doida?! Você fica em Moya com seu marido. Deixa que Aeryn, eu e os outros cuidamos da defesa...

Ele tinha razão... Ficar ao lado de Micky era prioridade.

— Está bem... Eu fico. Mas quando isso acabar vou adorar dar umas voltas na minha belezinha! Tarnyn, e o que é isso aqui?!

— Talvez isto, faça a Blue ser capaz de fazer o Vetor estelar...

Eu não tinha certeza se o que eu pensei ter ouvido era de fato, o que eu tinha ouvido...

— Mary!... Isto é incrível!... Onde conseguiu isso, Tarnyn?

— Eu apenas andei cobrando alguns favores que me deviam no planeta! Eles são uns cientistas bem espertos!...

— Nunca imaginei que uma nave terrestre pudesse ter um desses... Fantástico... Mary, diga alguma coisa! Ih!... Você está fazendo aquela “cara de choque”, de novo! John disse me abraçando.

— Mas não pode ser!!! Uma nave terrestre não pode ser capaz de suportar a pressão de um vetor estelar... As forças inerciais vão fazê-la em micro-pedaços!!!

— Acho que o equipamento vai alterar a estrutura de toda a fuselagem em nível subatômico... Os cientistas me disseram que qualquer nave minimamente equipada, pode fazer o vetor estelar se o equipamento for instalado corretamente.

— Mas quem aqui será capaz de fazer estes testes sem morrer no processo?

— Usaremos DRD’s adaptados para os testes... Não se preocupe! Já pensei em tudo...

— É... Parece que pensou! Cuidem bem de minha Blue... Vou contar as novidades para Micky.

A empolgação que senti durou pouco... O que ficou, foi um enorme medo que ocorresse um erro catastrófico. Mas acho que é coisa de mãe super protetora!


Não quer ver anúncios?

Com uma contribuição de R$29,90 você deixa de ver anúncios no Nyah e em seu sucessor, o +Fiction, durante 1 ano!

Seu apoio é fundamental. Torne-se um herói!


Notas finais do capítulo

Que tal a surpresa?



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Blue Horizon A Luz da Liberdade" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.