Um Novo Olimpo escrita por Biersackness, KarineChaseLancaster, New Lord of the oceans


Capítulo 8
Um Novo Olhar, part 2


Notas iniciais do capítulo

CHEGAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAMUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU ! Demoramo mar vortamuh! OBRIGADO ACOMPANHANTES QUE COMENTAM E FAVORITAM A FIC! Beijos de todos os 13 New Gods! AHAZZA BABU!



~Maria e Giih~

–Giovana! Quando eu falei para irmos quando a Lua aparecesse você não me escutou!

–E eu lá sabia que o Carro de Sol não sabe andar direito!- reclama Gih saindo do carro e abrindo o capô.

–Corrigindo: Você não sabe dirigir direito!- diz Maria fazendo birra.

–Ah dá um desconto!- diz Gih bufando e fechando o capô com raiva.

...

~Gaby e Vítor~

–Vítor! Esta loja mitológica não me parece rápida!

–Eu vou cuidar da entrega...

–Se esses cacete não chegar no acampamento, eu vou te processar!- reclama Gaby passando o cartão.

–Calma anja... O novo Hermes aqui é rápido!- diz Vítor dando uma piscadela para Gaby a fazendo revirar os olhos.

...

~Leh e Bruna~

–Leh, já fez algo das turbinas? Eu terminei meus rascunhos.- pergunta e diz Bruna, indo com seus rascunhos até a mesa de trabalho.

–Aham!- responde Leh saindo de trás da mesa toda suja, indo para seu mega motor aperfeiçoado com algumas ferramentas em mãos.

...

~Os 3 e Cecília~

–Certo... Como vamos fazer essa ilha montanha?- pergunta Anie olhando confusa para o mar a sua frente.

–Vamos fazer que nem a Bruh disse, bom. Meu trabalho é só com a copa. Agora, juntar de novo, sem prejudicar as turbinas... Isso é com a Tia He festa. - diz Nathy pensativa.

–Eu que irei dar a benção né... Já estou sabendo.- bufa Cecília ao dizer e pensar em tanta benção que irá dar.

–Falando na montanha, é só você se concentra Anie. E pensar num gigantesco Monte se erguendo do Mar.- diz Matheus esfregando as mãos e indo até a beira.

Anie vai até ele.

–OK né.

–À Matheus! Eu vou cortar a copa com um raio e vou jogar ela para baixo com as nuvens. E você, quando ela cair! Pega ela com a água e a coloque na costa!- grita Nathy já subindo lá em cima.

–Porque eu não sou Harry Poti pra fazer as coisas levitarem!- termina ela ao dizer formando uma nuvem e se sentando nela lá no céu.

–Ok, vamos fazer logo isso.- diz Anie se concentrando.

Cecília se senta na areia no maior tédio.

O chão começou a tremer, e o mar ficou agitado.

Anie estava envolta de uma escuridão, enquanto Matheus estava envolto de uma água transparente.

Aos poucos, vários semideuses se encontravam na costa para verem o nascimento do novo Monte Olimpiano.

Logo, um montinho de terra ia aparecendo na água, essa terrinha, foi crescendo até formar uma montanha. Fortificada de rochas e belas pedras.

–É sua vez Nathy!- diz Matheus parando de brilhar e quase caindo na areia. Mas se segurou para segurar Anie.

–Obrigado Cunhado.- diz Anie saindo da escuridão que lhe envolvia e dando um sorriso de agradecimento à Matheus.

Logo no céu, os semideuses viam uma Nathalia, em uma cena chocante, em suas mãos, possui um raio. Seria esse o raio mestre? Um raio enorme sai do poderoso raio. Logo acertando a copa da montanha e a deixando um pouco "torrada".

–Vai Matheus!- grita Nathy um pouco fraca sentando na nuvem e invocando outras. E com essas, e com as forças dos ventos, empurra a ilha (copa) para baixo.

–DEIXA COMIGO!- grita Matheus formando uma onda e pegando a copa e a trazendo para a margem.

–Bem... Diz uma Anie meio tonta- Eu vou recrutar alguns filhos de Hefesto. Vocês sabem para que.- termina dizendo e sumindo pelas sombras.

Do nada Nathy cai em cima de Matheus:

–OIIIII! BORA ATRÁS DA TIA HESTIA?

–Bora sua gorda.- responde Matheus com a voz abafada.

Logo eles somem...

–E sobrou para mim...- diz Cecília bufando e se concentrando em todos os tipos de benção que poderia dar.

...

~Karine~

Karine está na casa grande, desenhando as plantas (P.s- não planta de flores e tals, outro tipo de planta) do Novo Olimpo. Sendo auxiliada por Quiron e uma filha de Atena um tanto irritante.

–Bem minha cara, como será a estrutura?- pergunta Quiron um tanto curioso.

–Vamos resumir em um conjunto de andares hexagonais e...- dizia Karine um tanto pomposa sendo atrapalhada por Julie, a filha de Atena.

–Acho que seria melhor, se construíssemos vários prédios...

–VOCÊ NÃO ACHA NADA! É melhor você não se meter muito nesses assuntos semideusa!- urrou Karine, lançando um olhar tão mortal a Julie, que fez as roupas da garota fumegarem.

...

(Enquanto isso, off)

O chão vibrou com as passadas animadas dos semideuses, atrás da multidão vinha um Matheus sorridente que carregava de cavalinho, uma ainda mais sorridente Hestia. Logo o novo Olimpo passou a ser construído, Hestia se responsabilizou de trazer os materiais, desde o mais simples aço até o mais nobre dos mármores.

Com rapidez ferrenha, os martelos soaram, os formões arranharam e os serrotes cortaram, tudo em harmonia com uma gigantesca sinfonia divina. Deuses e mortais trabalhavam unidos com perfeição, Matheus e Vitor estavam em suas formas gigantes levando as grande colunas feitas pelos habilidosos filhos de Atena, Letícia coordenava seus irmãos e alguns semideuses de Nice na construção das forjas, já Bruna levava os irmão para o local onde seria a Arena.

Karine dava as ordens a todos os semideuses, fazendo eles seguirem o projeto a risca.

Assim se erguia a nova morada dos deuses.

Matheus, ainda no tamanho gigante, cambaleava sobe o peso de uma grande fornalha.

–LEH! Me ajuda aqui antes que esta porcaria me transforme em patê de sardinha.- disse Matheus chegando com a fornalha, em cima da futura forja subterrânea.

–PERA!- Leh fica na forma gigante e vai ajudar Matheus.

–Graças a Zeus! Que dizer, Graças a Nathy! -disse Matheus massageando as costas e se virando pra Leh- bem o que eu posso fazer pra ajudar a deusa das...-dizia Matheus antes de ser interrompido por uma explosão na área da arena .

–DESCULPA GENTE! FORAM OS NOVOS ARCOS!- grita Bruna ao longe.

–MALUCA! -gritou Matheus, que por causa do barulho da explosão pulou no colo da Leh- A, desculpa Letícia, hehe - disse Matheus vermelho feito um tomate, mais por alguma razão não saiu do colo dela.

–Da pra sair ou tá difícil? -pergunta Leh emburrada, fazendo com que Matheus pule de seu colo.

–VITORIA! PARA DE PLANTAR UVINHAS PERTO DOS MEUS TRIGOS!- grita uma Mandy histerica, correndo atrás de Vitoria nos campos de plantação.

–Chegamooos!- diz Gih "estacionando" O carro de sol perto de Bruna.

–A cidade está, descontrolada.- diz Maria preocupada.

–Por quê?- pergunta Bru.

–A Gih caiu com o carro em Manhattan ora pois.- diz Maria lançando um olhar fulminante em Gih.

–Nem ligo.- diz Gih ao dar de ombros.

Matheus chega na arena coletiva.

–Giovanna... Fez aula de barbera ou de motorista? Hehe. –pergunta Matheus parando ao lado de Bruna, por preucação.

–Você vai ver a barbeira quando ela lançar raios solar no teu fiofo!- rosna Gih soltando faiscas amarelas pelos dedos.

–Calem a boca os dois! Maria e Gih! Venham me ajudar na arena privada...- diz Bruna ao puxar as duas, entrando em um inacabado, salão preto.

Nathy, Karine, Gaby e Cecília estão conversando com os semideuses responsáveis pela decoração de cada andar. E cada aposento.

A distância, Quiron e Hestia observam.

– No velho Olimpo era Poseidon e Atena, no novo, Matheus e Giovanna. Por Zeus! -disse o centauro meio preocupado.

–Parece que toda ordem divina tem um casal de rivais, e parece que esses dois, são piores que os outros.- disse a deusa da lareira soltando um risadinha.

–Eu vou ajudar as meninas nas Arenas ... Irei ensiná-los bastante coisa...- diz Hestia saindo em direção a floresta.

–VEM AJUDA EM ALGO BODE VELHO -berra Leh para Matheus, que no momento, está pertubando Cêh.

Matheus se assusta e avista Leh, logo correndo até ela. Chegando lá, Leticia taca um monte de vigas enormes de metal que carregava, e lhe pede que leve-as até o subterrâneo.

Matheus vai cambaleando com o peso, simplesmente chega na passagem escondida, e vê se Leh o olhava.

–Livre estou.- diz ele tacando as vigas lá em baixo, se certificando que não quebrou nada. Vai até Leticia.

–Já vou indo Leh, mais antes...- ele olha a procura dos irmãos de Leh- Venham comigo!- ele pega os filhos de Hefesto e some com um cheiro de maresia. Inaugurando o poder aprendido com Hestia, e indo para o Mundo Inferior.

–Indo pra onde... Ah! Anie! Ei vocês!- Leh chama seus irmãos, deixando-os responsáveis pela nova forja. Logo sumindo, indo pro Mundo Inferior.

(Enquanto isso, on)

Anie chega ao Mundo Inferior, junto com uma pequena quantidade de filhos de Hefesto, a primeira coisa que ela pensa em fazer, é reunir os deuses que serviam seu pai, para que juntos dessem um jeito naquela bagunça que estava o Reino dos mortos...

–ALECTO - gritou Anie, chamando uma das servas de seu pai.

–Chamou senhora? -perguntou a fúria.

–Sim, chame suas irmãs, Tânatos e Caronte agora!-mandou Anie, e a Fúria saiu voando apressada.

Enquanto Alecto não voltava, Anie orientava os filhos de Hefesto, sobre como ela queria que o novo palácio do Mundo Inferior ficasse. Logo os semideuses se puseram a trabalhar orientados por Anie, e ajudados por Matheus e Leticia (que haviam chegado a pouco tempo, com mais semideuses). E assim, pouco a pouco, o novo palácio do Mundo Inferior, foi tomando forma.

...



Notas finais do capítulo

A gente bagunça mt fazendo os capitulos! e as vezes demora pra corrigirmos e etc! PRAAA MIM!( bruna) Eu mais edito partes doo q corrijo. deve ter tantos erros...
BEIIIIIIIIIIIIIJOOOOOS!
cAP FEITO POR_ Anie, Matheus, Leh, Gih, e I.
BYEEE.



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Um Novo Olimpo" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.