[HIATUS] Veja a luz escrita por Ms White

[HIATUS] Veja a luz

Luana poderia se considerar, no mínimo, com pouca sorte. Sem os pais e seu namorado, sem sua visão, sem emprego garantido, sem grande condição financeira e sem muitos amigos, era de se esperar que ela entrasse em um período de extrema depressão, que se queixasse e reclamasse a cada momento e que odiasse eternamente o mundo. Ela podia até fazer isso, ela tinha esse direito, mas achava que nada faria diferença. Preferia esquecer esses detalhes e seguir em frente. É claro que há situações em que o desespero acaba sendo mais forte, porém mesmo com os descontentamentos com a vida, Luana também tinha momentos bons e esta se contentava com esses poucos.
"O passado acabou, não há volta. Se eu continuar o relembrando, o meu futuro que vai acabar também. Então sou feliz, eu acho, e tento aproveitar da melhor maneira possível."


Classificação: 13+
Categorias: Originais
Personagens: Indisponível
Gêneros: Drama, Amizade, Romance
Avisos: Linguagem Imprópria

Capítulos: 2 (1.702 palavras) | Terminada: Não
Publicada: 16/01/2015 às 21:44 | Atualizada: 20/01/2015 às 21:49

Notas da História:

 História totalmente original, com personagens, enredo, cenário e tudo criados apenas por mim.
 Eu nem precisava falar sobre plágio porque todos sabem o quanto isso é feio, imoral e Jesus não gosta e castiga quem faz (e eu também, se plagiar minha história vou te perseguir com uma faquinha).
 Capa feita por mim mesma :3
 Agradeço a linda da Stalker (Nicole) que me ajudou com o título.
 A história não é movida a reviews, mas é claro que eu amaria recebe-los (quem não?) e respondo todos com muito carinho e amor.
 Críticas construtivas são maravilhosas pra mim, até porque eu sou meio jovem no campo literário, então qualquer dica é muito importante ♥.
 A personagem principal tem deficiência visual, caso eu não siga com a realidade ou ofenda alguém assim, por favor, ficaria grata em saber!
 Obrigada, é só isso mesmo >


Capítulos

1. Prólogo
835 palavras
2. Encontro? Que saco.
867 palavras