Correndo escrita por Dead Coyote


Capítulo 1
Correndo...




Este capítulo também está disponível no +Fiction: plusfiction.com/book/5725/chapter/1

Correndo, correndo...


Correndo, através do deserto enegrecido pela noite nublada...
Correndo, rasgando o uivo agourento do vento, adiante sem direção...
Correndo, guiado pelas patas largas e cansadas que mal marcam a areia grossa para serem novamente arremessadas metros adiante, exaustivamente...
Correndo, a respiraçao suada, profunda, abafada pela pequena vida a ganir presa às fortes mandíbulas, caninos salientes firmando-lhe a carne com delicadeza...


Correndo, correndo...


Correndo, as pegadas deixadas para trás marcadas de sangue, os dedos e unhas feridos, uma trilha invisível pela noite e rastreada pelo odor acre...
Correndo, incitado pelos gemidos de medo da cria, urros de caça dos perseguidores...
Correndo, a que distancia estariam? Aproximaram-se? Afastaram-se?
Correndo, até quando aguentaria? Até onde conseguiria?


Correndo, correndo...


Correndo, uma pedra rola sob os coxins feridos, o passo já errante colocado em falso...
Correndo, a outra pata nao apoia-se a tempo, fraca, sangrada...
Correndo, os uivos desaparecem ao seu encalço...


Silêncio, silêncio...


Silêncio, o deserto emudecido na noite...
Silêncio, os pêlos emaranhados na areia pedregulhosa, grossa, a pele rasgando nos grãos frios...
Silêncio, o corpo desaba, agradecido pelo repouso forçado...
Silêncio, nao havia mais força, não havia mais uivo ou ganido, não havia mais dor, nao havia mais deserto ou noite...
Silêncio, havia a escuridao mais profunda, silenciosa e etéria...
Silencio, o pequeno corpo é engolido pelo negrume, estava distante, a salvo...
Silêncio, o grande corpo, antes pesado, flutuava no breu, miraculoso...
Silêncio, não havia enfim preocupação, havia o silêncio, um cavalo...


Silêncio, silêncio...

...


Não quer ver anúncios?

Com uma contribuição de R$29,90 você deixa de ver anúncios no Nyah e em seu sucessor, o +Fiction, durante 1 ano!

Seu apoio é fundamental. Torne-se um herói!