O guardião da caça e campeão da rainha. escrita por silver


Capítulo 30
O destino


Notas iniciais do capítulo

olá ladys and lordes dessa vez não demorei.



pvo nico:

o exercito liderado por luke se colocou a frente dos monstros sorrindo seus mantos dourados escondiam suas armas de ouro e bronze o filho de hermes sorriu para nico antes de atacar o drakon em sua frente com a ferocidade que só um semideus possui, luke se esquivou dos dentes afiados antes de enfiar sua espada no olho amarelo do monstro que o levantou em dor tentando sacudir o filho de hermes que sorria enquanto flechas de fogo cairão sobre o drakon que se desfez em pó.

Nico girou quebrando uma lança e perfurando uma dracanea enquanto um grifo caia sobre ele com suas garras afiadas o filho de hades levantou a espada para cortar a assa do monstro que foi ao chão e foi engolido pelas poucas tropas de mortos que restavam, os soldados dos elisios atacavam com fúria descomunal os monstros que tentavam enfrenta-los em batalha, as caçadoras deixam suas flechas de lado para atacar lideradas por thalia com suas facas de caça,um raio caiu sobre um ciclope bem ao lado de nico que sorriu para a prima antes de atacar um cão infernal desviando de suas garras o moreno o cortou em dois.

a luta seguia a favor dos heróis até o rugido de ananke ser ouvido e um herói dos elisios ser partido ao meio pela espada do primordial sorridente , sua armadura negra lhe dava a aparência de demônio diante de sua calda reptiliana que ficava a mostra.

–traga quantos vermes quiser deus menor!-ele rugiu se dirigindo a nico que ficou levemente paralisado-eu sou o primordial do destino e estou encerrando o seu-ele atacou o moreno com sua lamina.

tão rápido que nico podia jurar que era apenas uma brisa de vento negro o moreno se defendeu e girou visando atacar o ombro do primordial que riu enquanto sua calda defendia o ataque ele enviou uma bola de energia contra o filho de hades que voou com o impacto, nico bateu em um carro na frente do olimpo antes de ter o primordial sobre si.

–e o fim cria do submundo-o primordial disse no ouvido do deus menor antes que sua calda se erguesse sobre nico como uma lança , as sombras envolveram o moreno que sumiu antes que a calda atravessasse seu peito surgindo atrás do primordial e com um movimento unico cortando sua calda.

o rugido de dor do primordial encheu o campo de batalha antes que ele se moveu em flash para encontrar a espada de nico o esperando os dois se tornaram flash negros trocando golpes,sangue divino caia pelo campo de batalha enquanto monstros e semideus caiam um sobre os outros reyna comandava os semideuses contra os monstros sem nenhuma hesitação a romana só se preocupava com o deus menor em sua batalha contra o primordial a romana mal desviou de um machado de ciclope por se preocupar com o filho de hades que seguia em sua dança mortal , um raio caiu sobre o ciclope e a filha de belona arrancou sua cabeça em um movimento rápido e sorriu para thalia e suas caçadoras que estava cheias de pó de monstros.

nico se esquivou de um golpe do primordial antes de lançar o seu proprio destinado ao peito de ananke que rugiu levantando sua arma para evitar o golpe porém um raio atingiu sua espada o fazendo gritar ao soltar a arma nico sorriu ao ver thalia rodeada por uma áurea azulado e atacou o primordial uma ultima vez sua lamina perfurou o peito de ananke que caiu de joelhos diante do moreno surpreso por seu próprio feito.

–seu destino esta selado-o primordial disse enquanto nico se preparava para acabar com ele.

–nós criamos nosso destino-ele disse e com um movimento arrancou a cabeça do primordial dos ombros.

pvo percy:

o acampamento se preparou o melhor que pode para conter o maior ataque da historia com gregos e romanos ombro a ombro em fileira separadas por chalés liderados por seu pai ou mãe olimpiana , artemis ficou com a cabine de apolo com bianca a ajudando enquanto hestia liderou os filhos de dionisio em sua formação todos os deuses estavam sérios diante da batalha que os esperava seus filhos não estavam melhor , percy deu a orion o comando de seus guerreiros alados que se colocaram na frente de batalha enquanto o filho de poseidon se juntava ao pai ,hades e hera na frente da batalha pronto para receber o vazio e seu exercito.

hazel e frank lideravam a fileira romana ao lado de ares e afrodite ambos estavam vestidos para a batalha com suas armaduras e armas divinas a postos.

um grande clarão fez percy perceber que estava suando diante da batalha eminente ele se amaldiçoou por isso antes que a espada de caos fundida a sua contracorrente começasse a brilhar para chamar sua atenção para sua frente, milhões de monstros surgiram gigantes ,ciclopes , centauros ,drakon,empousais,dracaneas , letrisgões , grifos ,cães infernais ,nascidos na terra e alguns leões dourados.

–e hora -hera disse ao seu campeão e sacou sua espada dourada.

uma carruagem surgiu sendo puxada por dois dragões negros e sendo conduzida por leto e chronos e no centro dela havia um homem de pele clara e de armadura completa prateada e negra com um sorriso vazio surgiu na batalha.

–herois , deuses !-ele disse com seus olhos amarelos dourados brilhando com o poder contido neles-se curvem agora e eu os pouparei.

–lamento senhor-percy disse indo a frente sua coragem borbulhava dentro de si assim que ele viu artemis e seus sobrinhos indo a frente-mas eu não gosto de ajoelhar!-ele disse e jogou uma bola de fogo no vazio que sorriu com o desafio jogando a bola de fogo para longe e pulando da carruagem.

–matem todos-vazio comandou antes de percy o atacar violentamente.

o que se seguiu foi a luta predestinada entre deuses semideuses e monstros todos nasceram para destruir um ao outro e aquela era a hora as espadas se chocando as lanças atravessando armaduras ,guerreiros alados de orion se jogaram contra os drakons em uma luta violenta enquanto a cabine de apolo fez o céu se tornar negro com suas flechas a própria artemis disparava 5 flechas por vez acertando cada monstro com elas , clarrise e ares limpavam o campo a sua volta toda a cabine de ares cercavam os dois que lutavam como mil contra cada monstro que era tolo o bastante para enfrentar pai e filha,a cabine de hermes e demeter se uniram em um ataque de raízes e velocidade que destruía as defesas dos monstros sem nenhuma chance para eles enquanto os dois deuses atacavam um gigante tolo o bastante para atacar seus filhos.

athena e poseidon se colocaram lado a lado quando uma enorme hidra surgiu no meio dos filhos da deusa que atacou o monstro com sua lança a enfiando em uma das bocas da criatura antes de saltar do ataque das outras e decapitar uma com seu escudo,poseidon enviou um raio de energia contra o monstro antes que outra cabeça atacasse a deusa que fez uma careta dando um poderoso golpe no monstro.

–não vou agradecer por isso cérebro de peixe-a deusa disse atacando o monstro junto com o deus do mar.

–não precisa coruginha-o deus disse sorrindo ao enfiar o tridente no monstro.

hefesto e leo eram verdadeiros vulcões ambulantes ambos pegavam fogo e disparavam fogo contra os monstros enquanto o chalé de ambos disparavam fogo grego sobre o exercito do vazio que começava a recuar diante da fúria de pai e filho.

hestia e artemis acabaram lado a lado quando foram cercadas por dracaneas ambas as deusas sorriram e expandiram sua áurea até que os monstros explodiram e uma grande parede de fogo se ergueu entre elas e os monstros hestia a fez cair sobre os monstros os transformando em pó rapidamente , artemis puxou suas facas de caça e em um flash cortou gigantes e cães infernais em pedaços sorriu ao ver bianca atacar os monstros em velocidade quase divina a deusa girou e cravou uma de suas facas no peito de uma empousai antes de saltar sobre um drakon e o atacar com uma bola de energia ,a deusa não conseguiu ver a espada de sua mãe até ela quase lhe arrancar a cabeça a deusa saltou para trás e encarou sua mãe com ódio.

–hora de receber a educação com a mamãe-leto disse sorrindo.

chronos não espera que hera o atacasse a rainha do olimpo não deixou o primordial ter o luxo de atacar alguém primeiro e caiu sobre ele com uma furia descomunal o forçando a recuar com sua foice diante da espada da deusa da vida,ambos começaram a dançar a melodia das laminas enquanto a batalha se tornava mais feroz ambos se jogavam em golpes velozes e mortais que sempre eram defendidos pelo outro ambos se surpreenderam com a habilidade do outro enquanto se chocavam violentamente.

–seu tempo acabou rainha-chronos disse ao lançar um ataque a lateral de hera porém um raio o parou e uma sombra surgiu há sua frente hades e zeus surgiram na frente do primordial.

–ninguém fere nossa irmã!-ambos disseram juntos antes de atacar o primordial.

percy e vazio trocavam golpes pelo campo inteiro criando tremores por onde passavam porém o moreno sabia que vazio levava vantagem a velocidade do mesmo era superior a do moreno que fazia de tudo para atingir o irmão do criador que apenas sorria se defendendo com sua espada e rindo das tentativas do herói.

–você ainda não é oponente pra mim-o vazio disse parando com seus ataques.

a mente de percy se moveu automaticamente levando um golpe contra o rosto do irmão do criador que simplesmente levantou a mão e segurou a espada do moreno.

–seu destino e esse-o irmão do criador disse movendo sua espada em arco contra o moreno chocado.

um clarão tomou o lugar enquanto vazio se afastava e uma espada era lançada contra seu rosto o irmão do criador desviou recebendo um corte no rosto.

–basta mudar o destino dele-ordem disse ao chegar á batalha.



Notas finais do capítulo

é no prox cap a ultima batalha.



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "O guardião da caça e campeão da rainha." morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.