If not us, who? If not now, when? escrita por KaahLerman


Capítulo 33
Till death do us part!


Notas iniciais do capítulo

Aqui está o tão esperado último capítulo. Estou preparando um epílogo rápido para finalizar completamente a história. Espero que gostem do capítulo. Aliás, amei os comentários do capítulo anterior! Vocês são demais!
Agora, vamos a história!



Mansão dos Marra - San Francisco

Pamela - Megan Lily, pare de andar para lá e para cá dentro deste quarto! - Ordenou. - Você precisa ter calma.

Megan - Calm? I am not!

Dorothy - Honey, Chanel já está aqui fora com seu vestido. Você precisa deixar o surto de lado e entrar naquele vestido magnífico! - Disse com uma taça de champagne na mão.

Megan - Where is Davi?

Pamela - Está com Jonas no hotel. Sweetie, você precisa ficar calma. É o dia mais importante de sua vida. Não vai querer se lembrar dele com tristeza. Você está insegura?

Megan - Of course not! Só estou ansiosa. Mom, eu vou me casar! Eu pensei que esse dia não chegaria nunca.

Pamela - Que exagero, sweet heart! Este é o seu dia. E precisa aproveitá-lo ao máximo. Claro que poderão fazer renovações de votos com o passar dos anos, mas nenhum será tão especial quanto a data em que se uniram pelas forças do universo.

Dorothy - Sua mãe tem razão, Megan. Tem que fazer deste um dia muito especial, para ficar pra sempre na memória.

Megan - Ok. Mandem o estilista entrar. Acho que estava com medo de que tudo não passasse de um sonho, ou que Davi desista, ou...

Pamela - Stop! Não é um sonho e Davi nunca desistiria. Baby, alguém que parou uma das rodovias mais movimentadas do Brasil para fazer um pedido de casamento em forma de flash mob tem que realmente amar a garota.

Megan - I think you're write. Nesse momento, eu preciso deixar meu lado Lily de fora e me concentrar apenas no lado Megan. Lily choraria de emoção e ficaria com medo. Megan nunca duvidaria. Let's go work!

Pamela - Exato! Se não fossem vocês, quem seriam? São o casal mais perfeito que já vi em toda minha vida. Mereciam até mesmo um filme. - Falou suspirando alto.

Dorothy - I totally agree! Now, vamos arrumar essa bela noiva para que ela possa encontrar seu príncipe encantado!

Hotel Californian - San Francisco

Vicente - Eu realmente não acredito que você fez isso comigo, Davi. Onde está a nossa amizade, cara?

Davi - Relaxa, moleque. É só um terno. A Megan que escolheu. Vocês dois vão ficar super elegantes. - Disse rindo.

Ernesto - Isso tá me cheirando a vingança, Vicente. Davi está indo as forras conosco aqui.

Davi - Foi um ano inteiro ouvindo suas piadas sobre mim e Megan. Agora, eu preciso me divertir um pouco no dia do meu casamento.

Vicente - Só pode ser influência dos Parker-Marra. Agora que ele vai entrar para o clã mais refinado dos Estados Unidos.

Ernesto - Sem falar de que ele é o presidente da Marra, o que já é o suficiente para subir a cabeça.

Davi - Vão continuar falando de mim, como se eu não estivesse aqui?

Ernesto - Tudo bem. Ok. Já que somos os seus padrinhos, vamos checar algumas coisas. Onde está o seu terno?

Davi - No closet.

Vicente - Os votos?

Davi - Já decorei.

Ernesto - E as alianças?

Davi - As ali... Onde estão as alianças? Oh meu Deus! Onde elas estão? - Perguntou desesperado, olhando em volta do quarto.

Vicente - Ah, não! Não, Davi, definitivamente você não perdeu suas alianças de casamento, não é? Não é?

Davi - Eu não tenho a mínima ideia de onde elas possam estar. Achei que tinha guardado nessa gaveta aqui no criado-mudo. - Apontou.

Ernesto - Calma Davi! Ainda tem tempo antes da cerimônia começar. Faltam duas horas. Nós podemos procurar.

Davi - Acho que não está me entendendo, Ernesto. - Ele puxou o amigo pela gola do terno. - A Megan me mata se eu perder as nossas alianças! Ela vai me trucidar, cara!

Vicente - Ok. Ok. Sem pânico! Nós vamos encontrar essas benditas alianças.

Davi - O que estão esperando? Mexam-se! O meu casamento pode acabar por causa disso! - Falou desesperado e os quatro começaram a revirar o quarto.

Mansão dos Marra - San Francisco

Jonas - Peanuts, você nunca esteve mais linda. - Ele disse beijando as mãos da filha.

Megan - Thanks dad! - Respondeu, emocionada.

Pamela - Oh, my sweetie vai se casar. - A mãe emocionou-se. - God! Eu não posso chorar ou vou borrar completamente a minha maquiagem.

Megan - Don't worry, mom. Nós ainda temos alguns minutos antes de sairmos.

Jonas - Espero que Davi saiba a joia que está levando de mim neste dia. E desejo de todo coração que sejam extremamente felizes pelo resto da vida. - E beijou a testa da filha.

Megan - Don't make me cry, please! Davi não vai querer se casar com uma noiva toda borrada de maquiagem e com os olhos vermelhos.

Jonas - Ele não teria muita opção. Estou levando um dos rifles do velho Jack Parker. - Os três riram.

Pamela - Certo. Agora vamos terminar de arrumar o vestido.

Jonas - Eu vou esperar lá fora. - Ele deixou o quarto. Na sala, Brian estava esperando o amigo para irem a cerimônia. - Ei dude. Onde está Lara?

Brian - Na cozinha com mommy. Elas foram tomar uma taça de champagne. E como está Megan?

Jonas - Feliz. Muito feliz. E eu, mais ainda.

Brian - Isso é ótimo, man. Alguém já falou com o Davi hoje?

Jonas - A Pam ligou mais cedo. Ele disse que estava tudo certo. - O magnata soltou risadas baixas.

Brian - Corrija-me se estiver errado, my friend. Mas tive a impressão de vê-lo no hotel de Davi hoje mais cedo, quando fui com Lara ver Ernesto. Saindo do quarto do Davi...

Jonas - O que isso tem demais, Brian?

Brian - Well, eu achei por um momento que você daria algum tipo de susto no noivo. E pelo seu rosto, acho que é exatamente isso que fez.

Jonas - Não se preocupe, Brian. É apenas uma tradição de casamento. - Deu de ombros, rindo.

Brian - Man... O que você fez?

Jonas - Nada, meu amigo. Apenas estou dando a chance de Davi não perder algo muito importante. - Ele puxou do bolso do terno dois pares de aliança de ouro. - Algo realmente importante.

Brian - Oh, my friend! - Os dois explodiram em gargalhadas. Logo as mulheres apareceram e Pamela entrou com Megan.

Pamela - Ready? Está na hora.

Megan - Always. Vamos, dad?

Jonas - Claro, peanuts. Agora mesmo. - Ele lhe deu o braço e todos saíram da mansão.

Regenera - San Francisco

Rita - O Davi parece tão nervoso. Será que está acontecendo alguma coisa? - Questionou, preocupada.

Dante - Fica tranquila, querida. É apenas ansiedade. Todos os homens ficam assim, até verem suas belas noivas passando pela porta da Igreja. Ou do Regenera, no caso do Davi.

Matias - Pai, a gente deveria ir até lá, dar uma força pra ele.

Rita - Nem pensar! Vocês vão acabar deixando ele ainda mais nervoso. Vamos esperar, por que a Megan já deve estar chegando aqui.

Matias - Ah, assim acaba com toda a graça. - Reclamou.

Ernesto - Relaxa, Davi. Vai dar tudo certo. - Ele disse ao amigo.

Davi - Ernesto, eu perdi as minhas alianças de casamento. Isso dar certo é uma possibilidade quase insistente.

Vicente - Cara, a Megan nem vai perceber a troca. Nós compramos a mais parecida possível.

Davi - Tem certeza?

Vicente - É claro. Nós tínhamos a foto da amostra. Ela não vai perceber nada.

Davi - Assim espero... - Viram Jonas e Pamela entrando.

Pamela - Todos prontos para começar?

Davi - Sim, Pamela. Megan já chegou?

Jonas - Está esperando lá fora no carro. Você sabe, o noivo não pode ver a noiva e tudo mais.

Rita - Então, podemos iniciar a cerimônia?

Pamela - Yeah! Vamos fazer isso, antes que minha maquiagem fique toda borrada.

Rita - Bem, cada um pode tomar seu lugar. Vou avisar aos músicos que já podem começar.

Jonas - Davi, eu queria lhe dizer uma coisinha antes de entrarmos. - Puxou o futuro genro para um canto afastado.

Davi - Sobre o que quer falar?

Jonas - Nada, é só que... Se você se quer pensar um dia em magoar o coração frágil da minha peanuts, não terá lugar na face da Terra onde poderá se esconder de mim. Entendeu? - Perguntou sorrindo.

Davi - Claro. - Disse engolindo em seco.

Jonas - E só mais uma coisa. - Retirou as alianças do bolso. - Achei que seria o meu dever escoltar as alianças do casal até a cerimônia.

Davi - Você pegou! - Exclamou surpreso. - Por que?

Jonas - Tradição de família. - Riu. - Nunca se pode deixar que um homem esqueça as alianças. Você vai sentir o mesmo, quando for a sua vez de escoltar sua filha ao altar.

Davi - Só por cima do meu cadáver!

Jonas - Não se iluda, garoto. Vai acontecer antes que possa piscar os olhos. - Deu dois tapinhas nas costas dele. - Boa sorte! - E saiu.

Ernesto - E aí? O que o grande Jonas Marra queria? - Perguntou se aproximando.

Davi - Vocês não acreditariam se eu dissesse.

Rita - Davi! Já vamos começar! - Avisou, acenando para o filho.

Vicente - É hora do show!

Davi - Obrigado gente. São ótimos amigos. - Ele bateu a palma da mão sobre o bolso do terno de Ernesto e seguiu para o lado da mãe.

Vicente - O que foi isso?

Ernesto - Acho que... - Remexeu o bolso do blazer. - É um espertinho. - Disse mostrando as alianças improvisadas que tinham comprado mais cedo.

Vicente - Então ele achou as alianças verdadeiras?

Ernesto - Parece que sim. Esse é o nosso garoto. - Riram e se direcionaram aos seus lugares.

A cerimônia começou. Brian foi o primeiro a entrar, com Lara ao seu lado. Em seguida Ernesto e Tatiana entraram como os padrinhos de Megan, e Matias e Danusa como os de Davi. O noivo foi o próximo a entrar com Rita ao seu lado. Tinha um sorriso radiante e os olhos brilhavam de emoção. Assim que se posicionou no altar, Pamela entrou acompanhada de Dante. A princesa Shelda lutava para segurar as lágrimas de emoção. Foi então que as portas se fecharam e a marcha nupcial mudou para Photograph, a música que haviam escolhido para entrada da noiva. Novamente aberta à porta, todos os convidados puderam ver Megan e Jonas entrando no enorme salão.

A loira usava um belo e exclusivo vestido branco, com pérolas e pequenos diamantes na parte de cima, que descia volumoso com as bordas em um tom de prata suave. Seu cabelo estava preso em um coque perfeito, com uma tiara de diamantes. No braço carregava a pulseira que Reis havia lhe presenteado, os brincos e o colar. Tudo que representava o amor dos dois e principalmente o início que tiveram. Ela exibia um sorriso deslumbrante, enquanto caminhava em direção ao noivo. Assim que alcançaram o altar, Jonas lançou um último olhar ameaçador para Davi, recomendou que cuidasse da filha e a entregou para ele. Os dois sorriram um para o outro e se viraram para Brian, que iniciou a cerimônia.

Brian - Davi Reis, aceita Megan Lily Parker-Marra como sua futura esposa. Prometendo amá-la e respeitá-la, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, até que a morte os separe?

Davi - Sim! - Disse sorrindo.

Brian - Megan Lily Parker-Marra, aceita Davi Reis como seu futuro marido. Prometendo amá-lo e respeitá-lo, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, até que a morte os separe?

Megan - Of course. Yes.

Brian - Pelos poderes investidos em mim pelas forças do universo e pela lei da Califórnia, eu vos declaro marido e mulher... O noivo já pode beijar a noiva.

Davi - Pra sempre? - Perguntou com o rosto a centímetros da esposa.

Megan - Always! - E beijaram-se. Aquele beijo que viria a ser mais tarde o mais bonito do ano, segundo a revista Forbes.



Notas finais do capítulo

Curtiram? Vejo vocês nos comentários :)