If not us, who? If not now, when? escrita por KaahLerman


Capítulo 25
The most important in life, are the people we love.


Notas iniciais do capítulo

Desculpem a demora, mas aí está um capítulo novinho em folha para vocês.
Spoiler --- Jonas "O super pai" neste capítulo



Mansão dos Marra

Megan estava chateada. Seu namoro já completava três meses e mal via o namorado. Davi estava enfurnado na Marra todos os dias, desde que Jonas havia deixado definitivamente a presidência da empresa, para curtir a vida com a esposa, enquanto a doença ainda não dava sinais tão graves. Ela continuava trabalhando em seu programa e participando de eventos, como sempre fez, mas Davi não a acompanhava, sempre estava cansado do trabalho e nunca ía. Seu tempo estava tão limitado, ao ponto dela tentar falar com ele na Marra e Murphy lhe dizer que ele não tinha tempo na agenda, que estava muito ocupado naquele momento e em muitos outros. What? Definitivamente estava decepcionada com o amado. Aquela manhã não foi diferente. Levantou-se depois de passar uma hora ao telefone tentando falar com Davi, que não respondeu. Tinha um compromisso com uma marca de sapatos que queria fazer uma coleção inspirada na it girl. Passou pelos pais na mesa e apenas acenou saindo, estava triste.

Pamela - Jonas, Megan está muito triste. Davi praticamente não tem mais tempo para ela. Está ficando igual a... - Interrompeu-se.

Jonas - Igual a mim. - Completou. - Levei anos para perceber o quanto perdi, quando coloquei a Marra a frente de tudo. Hoje me arrependo amargamente por ter perdido tantas coisas importantes.

Pamela - Know, you ainda é o presidente. Tenho certeza de que poderia fazer alguma coisa...

Jonas - Vou fazer o que for preciso para a felicidade da nossa filha. - Disse convicto. Davi iria lhe ouvir e ainda naquele dia.

Marra Brasil

Murphy - Senhor Reis, meu boss está lhe esperando. Disse que precisa falar com o senhor imediatamente.

Davi - Tenho uma reunião agora, Murphy.

Murphy - Na verdade não tem mais, o boss ordenou que desmarcasse a assim o fiz. É melhor ir, a paciência dele não está nada boa.

Davi - Tudo bem. - Saiu e foi para antiga sala de Jonas. - Jonas? Queria me ver?

Jonas - Sim, Davi. Precisamos conversar seriamente. - Sentaram-se frente a frente.

Davi - Quer falar sobre os novos lançamentos da Marra? Posso te dizer que está tudo correndo muito bem, diria que estamos adiantados.

Jonas - Não é sobre isso, é sobre a minha filha, Megan.

Davi - Você quer mesmo falar sobre isso, aqui na Marra?

Jonas - Sim! Por que eu não vou continuar admitindo que magoe a minha filha. - Disse irritado.

Davi - Como? - Perguntou confuso.

Jonas - É o que ouviu. Megan está magoada com você. Pamela me disse que ela tem vindo aqui e você se quer a atende. Liga, mas não tem resposta. Por acaso pediu minha filha em namoro com a missão de fazê-lá sofrer?

Davi - Claro que não, Jonas. Eu amo a Megan! - Afirmou.

Jonas - Ignorando-a? Ótimo jeito de demonstrar! - Deu um longo suspiro, nervoso. - Davi, sei que pode parecer hipócrita vindo justamente de mim, mas é por experiência própria que te digo: não deixe que a Marra tome conta da maior parte de você, sua vida vai virar um inferno.

Davi - Acontece que tenho muito trabalho por aqui, os acionistas estão em cima de mim o tempo todo.

Jonas - Mas é isso que eles fazem, Davi! Foi assim a minha vida inteira, até que eu percebi que não precisava da aprovação deles. Eu sou o dono disso e você o meu sucessor, deve agir com a própria cabeça.

Davi - Ir contra eles?

Jonas - Mostrar que tem capacidade para tomar as melhores decisões para empresa, sem que isso afete sua vida. Você já está tão envolvido que aposto que não se lembra mais da última conversa decente que teve com a Megan. Estou errado? - Ele ficou calado. - Não deve nem saber que ela vai lançar uma coleção de sapatos, hoje á noite e olha que ela te mandou o convite.

Davi - Coleção de sapatos? - Perguntou confuso.

Jonas - Ela vem trabalhando nisso á um mês e hoje é o lançamento. Viu como não sabe mais nada da sua própria namorada?

Davi - Acha que estou me afundando no trabalho e esquecendo do resto?

Jonas - Você sabe a resposta. Sim. Eu fiz isso por muitos anos da minha vida e depois me arrependi muito, por que já não tenho muito tempo por conta da doença. Não siga o meu exemplo, Davi.

Davi - Não percebi isso, eu juro. Tem tanto trabalho a ser feito por aqui, novos projetos sempre chegando. Não tenho calculado direito o meu tempo.

Jonas - Sinto tanto em ver que está indo pelo mesmo caminho que eu á vinte anos atrás. - Lamentou. - Aprenda que o mais importante na vida, são as pessoas que amamos.

Davi abriu uma gaveta e revirou alguns papéis, até ver um menor, era um convite que se quer tinha aberto. A marca acima e logo no centro a criadora "Collection By Megan Lily". Estava ali. O tempo todo e ele não havia percebido. Deu um longo suspiro cansado, decepcionado. Jonas tinha razão.

Davi - Eu não sei o que fazer agora. - Admitiu tristemente.

Jonas - Davi, sei que ama a Megan, mas ela está muito decepcionada com você. Penso até que está cogitando que não a ame como afirma, eu conheço minha filha e essa ideia com certeza já passou pela cabeça dela. Cabe só a você concertar isso agora.

Davi - Acha que ela vai me perdoar?

Jonas - Isso eu não posso prever...

O sucessor se recostou na cadeira. De repente o mundo havia parado por alguns minutos e ele tinha perdido o fôlego no meio da corrida.

Jonas - Vá atrás dela! - Mandou.

Davi - Eu vou...

Jonas - Quero dizer agora! Ande!

Davi - Agora? Estamos no meio do expediente...

Jonas - Não me interessa. Não deve te interessar, também. Apesar de tudo eu ainda mando aqui dentro e estou mandando que saía daqui e vá concertar a burrada que cometeu! - Ordenou.

O nerd não esperou mais nenhum segundo. Saiu correndo. Passou por Murphy na porta e o ignorou completamente. No meio do caminho percebeu que não sabia onde Megan estava. Então ouviu o celular tocar. Uma mensagem de Jonas. Era um arquivo mostrando a última atualização do GPS do celular de Megan. Indicava que ela estava voltando para mansão. Encontrou o carro que agora utilizava na porta de entrada da Marra. Acelerou o mais rápido que pode para a casa dos Marra. Levou vinte minutos no trânsito até chegar ao local. Estacionou de qualquer forma na frente da casa, correu até a entrada e tocou a campainha. Pamela atendeu a porta, com ar de preocupação, claramente com a filha e deixou-o entrar.

Davi - Pamela, a Megan...

Pamela - Está no quarto descansando. Pode ir até lá. - Seu tom era ameno, mas não amigável.

Davi - Obrigado. - Subiu as escadas lentamente, com medo. Bateu na porta do quarto da loira e esperou.

Megan - Mom, eu quero dormir, please! - Sua voz saiu abafada pelo travesseiro. Davi entrou no quarto.

Davi - Não é a sua mãe. - Disse finalmente, depois de observar a garota por algum tempo. Ela não se moveu. Depois de mais algum tempo, voltou a dizer. - Sou eu.

Megan - Já ouvi. - Ele aproximou-se e sentou-se ao lado dela.

Davi - Me perdoa? - Perguntou baixinho. - Por ter agido como um idiota nos últimos tempos. Eu não queria que fosse assim, mas acabei me sufocando com o trabalho e perdi a noção.

Megan - Não me importo.

Davi - Então por que está assim tão triste? - Perguntou acariciando seus longos cabelos loiros.

Megan - Não me importo com o trabalho. Me importo que esteja longe de mim por causa dele. - Ela levantou-se e o olhou. - Because this remember me exatamente onde foi parar a my life, da minha mom, da minha família, quando meu pai fez exatamente o que está fazendo! Me lembra como o casamento dos meus pais quase terminou. É isso que me deixa triste, aborrecida!

Davi - Eu não sabia que você estava se sentindo assim... Me desculpa, meu amor. Fiquei tão focado no trabalho que esqueci do motivo que me faz acordar todos os dias, você.

Megan - That's beautiful, but don't change nothing...

Davi - Eu estava cego, não percebia o que estava fazendo, o que estava perdendo. Mas um grande homem abriu meus olhos para a verdade, quando nos afastamos das pessoas que amamos, tudo vai mal.

Megan - Who talk with you?

Davi - Ele atende por Jonas Marra.

Megan - Então você ouviu do mestre?

Davi - Ele tem experiência neste assunto o suficiente para lecionar. E o mais importante é que ele me mostrou como eu estava sendo idiota, quase perdendo você.

Megan - O que eu faço com você, hein?

Davi - Me perdoa?

Megan - Tudo bem, Davi. Mas eu não quero ter que passar por tudo isso de novo, ok?

Davi - Prometo! Agora me deixa recuperar o tempo perdido. - Beijou-a ferozmente.

Megan - Easy, boy. Eu tenho um evento para comparecer em duas horas e preciso ficar perfeita para os fotógrafos.

Davi - Ah, não! Fica aqui comigo, por favor. - Disse abraçando a loira todo manhoso.

Megan - No! Eu preparei essa coleção toda e assinei, então preciso estar lá para ver o sucesso que vai fazer. Megan Lily dita moda mais uma vez.

Davi - Humilde você, hein! - Riu.

Megan - Apenas me dou o devido valor. Eu trabalhei muito para essa coleção e quero estar lá para ver. E você vem comigo.

Davi - Vou, é?

Megan - Of course! Megan Lily Parker-Marra nunca apareceria num evento desacompanhada, baby! - Piscou, rindo.

Davi - Tudo bem, só preciso passar em casa e me arrumar.

Megan - Tem uma hora, ok? Precisamos sair mais cedo por conta do trânsito. - O beijou.

Davi - Até daqui á pouco. - Saiu. Alguns minutos depois Pamela entrou no quarto.

Pamela - Vejo que se reconciliaram, sweetie. That's great!

Megan - Yeah, mom! Agora preciso ficar completamente perfeita para o evento. Quero que todos vejam me and Davi together!

Pamela - Oh, c'mon! Vamos deixá-la ainda mais perfeita, baby!

Megan - Thanks, mommy!



Notas finais do capítulo

Gostaram? Quero reviews, ok?
Até a próxima!