Conversão - in review escrita por Angel Carol Platt Cullen


Capítulo 11
Capítulo XI




Estamos no ano de 2014, eu já moro com os Cullen nos EUA há 5 anos

Hoje é noite de lua cheia, a lua azul, hoje pude sentir algo estranho, essa noite me sinto mais forte do que outras. Não porque eu acabei de caçar. Não é, pois eu cacei há quase uma semana. Não entendo e conto isso para meu pai:

— Pai, posso falar com você?

— Claro querida! - diz Carlisle.

— Eu me sinto diferente hoje, me sinto esquisita.

— O que você sente exatamente? – posso sentir a preocupação em suas palavras e no olhar.

— Não se preocupe pai. Não sei por que, mas me sinto mais potente hoje. Como se minha força tivesse intensificado.

— Entendo – diz ele enternecido.

— Isso é normal? – me dou conta da palavra mal colocada e tento me explicar melhor. - Você também sente?

— Sim, eu também sinto. Isso ocorre porque nossos inimigos naturais, os lobisomens, também ficam mais fortes na lua cheia.

— Hum. Que bom! Então isso é normal. Não preciso ficar alarmada.

— Não. Está tudo bem querida.

— Obrigada, papai – beijo-lhe o rosto. Como ele pediu para que eu fizesse e eu aceitei, maravilhada por ele permitir.

— Não há de que.

Sorrio para ele e saio do escritório, voltando ao meu quarto.

Não sei se um dia eu vou me acostumar com o jeito que Carlisle me trata, ele é tão bondoso, tão querido, tão inacreditável... mas, não que eu não goste de ser bem tratada. claro que gosto! Fui maltratada a vida inteira. eu gosto  de ser bem-tratada! E quem não gosta? Só não sei se eu ajo certo. Talvez eu não corresponda a ele como deveria, eu acho que não lhe retribuo da forma como deveria... mas não porque eu não queira retribuir, é que não sei o que fazer, nunca fui acarinhada assim.

Será que ele me compreenderia?

Acho que sim. ele sabe o que posso fazer eu estou fazendo e com o tempo vou ficando mais confiante. O tempo é o senhor das relações. Quem diz se elas acabarão ou perdurarão.

pela forma com que Carlisle é gentil comigo nossa relação entre pai e filha tem tudo para evoluir a cada dia. eu amo ele e esme, todo o amor que eles tem por mim eu tenho por eles. É uma relação recíproca.



Notas finais do capítulo

Trilha sonora: Blue Moon, GeM.



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Conversão - in review" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.