The Nobel's curse escrita por Doutora Theory


Capítulo 4
Preparation


Notas iniciais do capítulo

Saindo mais cedo do que previsto pq a historia da HeidiShipper me deixou inspirada.
espero que gostem ><
bjs



Este capítulo também está disponível no +Fiction: plusfiction.com/book/548757/chapter/4

–Eu iria te perguntar se você quer conhecer meus pais...

Uou, isso é meio rápido.- Raj responde meio que sem querer,meio que na defensiva.

–Eu sei, mas eles estão na cidade e querem conhecer você....eu pensei que estaria tudo bem, nos não estamos juntos há muito tempo mas temos um bom relacionamento....eu- Emily gaguejava, com medo de seu motivo idiota.

–Temos um ótimo relacionamento, eu fico para conhecer seus pais ok, só tenho que avisar o pessoal.

–Isso é muito gentil da sua parte raj mas acho que deveria ir..

–Eu não vou sem você- Emily abriu um grande sorriso ao ouvir raj falando aquilo, ela sempre se sentia feliz com o indiano por perto.

–que tal, é só uma ideia... você pode chamar seus pais para Miami também.

–não, isso seria loucura, iria atrapalhar e eu mal conheço seus amigos.

–Amor não é loucura- Emily riu com a contradição de Raj.

–Eu concordo então....eu acho, tem certeza de isso não vai ser estranho?

–é realmente muito estranho-ele riu quando notou Emily o encarando com seriedade.- Eu amo coisas estranhas.

–Eu também, deve ser por isso que estou com você.

–Eu acredito que seja por causa da minha linda pele ou meu delicioso sexo, mas a estranheza também pode ser um bom ponto.

Emily começou a rir antes de beija-lo, ela estava tão feliz de estar com ele que não se importava com mais nada no momento. A não ser levar seus pais na viajem, isso sim ia ser bem estranho.

^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^

–Quer algo para beber?- Amy pergunta jogando sua bolsa na lateral do sofá, Sheldon e ela tinham acabado de chegar no apartamento para arrumar as coisas e se preparar para a viajem.

–Ainda pergunta?

–Vou fazer um chá- ele olha triunfante para ela.

–Enquanto isso posso pegar sua mala de viajem?

–É claro, ela esta em cima do guarda roupa eu ia pedir mesmo a sua ajuda- Amy olha como Sheldon caminha até seu quarto, pensando em sua inocência, ela começa a preparar o chá.

–Ok, isso é bem mais pesado do que eu pensava- Sheldon chaga com uma grande mala vermelha empoeirada.

–Mas você é forte..- Amy lhe lança um sorriso que reprimo ao pensar que ele pode perceber sua insinuação.

–Não há motivos para afirmar o obvio, quando estava no trem eu tive que levantar umas três crianças para salva-las do incêndio.

–Cuidado, você pode ganhar o Nobel da Paz- Amy estava se divertindo com aquilo mas também não podia deixar de pensar em quão quente Sheldon deve parecer salvando crianças de um incêndio.

–A proposito, eu fico gostoso sem camisa salvando crianças de um incêndio. -Amy sentiu seu rosto corar rapidamente “que diabos ele estava falando?”.

– Pelo menos foi que umas 5 mulheres me disseram quando o incêndio acabou- ele olha para ela e a encontra corada mas com uma expressão de raiva.

–Ai eu disse para elas que tinha uma namorada, e que se eu parece realmente gostoso eu ia ser só o gostoso dela.- Amy sente o rosto corar mais ainda, ela não sabia se ficava emocionada ou se escondia seu rosto em um buraco, por questões de logica ela escolheu só evitar olhar para ele.

–Desculpe, senti que deveria terminar a historia, você ficou com raiva- Sheldon olha para amy com uma expressão confusa.

–Tudo bem, é bom que elas saibam que você não esta disponível.

Sheldon se aproxima para plantar um beijo doce em seus lábios a segurando pela cintura como sempre faz.

–Hm..para que isso?

–Por favor, você não achou mesmo que eu vim na sua casa de noite só para te ajudar a arrumar as coisas não é mesmo- Sheldon soltou um suspiro-Amy, você precisa parar de ser assim tão ingênua, não me diga que você acredita que o leonard foi a casa de Penny para arrumar as coisas dela também?

^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^

–Você parece mais animada do que o costume!- Howard olha para Bernadette que literalmente não tinha parado de sorrir desde a noticia de Sheldon.

–Eu estou realmente feliz que vamos para Miami, faz tempo que não tiramos umas férias. - Bernadette não queria contar para o marido o verdadeiro motivo de ela estar tão feliz, essa desculpa serviria por enquanto.

–É, isso é verdade..

–Vai me ajudar a arrumar a mala?

–Eu ganho um cookie?-ela olha para ele com uma cara confusa.

–É, eu sei que você esta fazendo cookies, da para sentir o cheiro.- ele faz biquinho

–Ok, você ganha um cookie, mas só se se comportar.

–Como assim “se comportar”? – agora ele joga um olhar confuso para a esposa

–Ontem você estragou o sofá da sala de tanto pular nele.- ela muda rapidamente sua expressão de feliz para irritada.

–Eu estava treinando, você sabe como eu sempre quis ser um bom pulador.

–Você estragou nosso sofá.- ela olha incrédula, ainda irritada.

–Isso quer dizer sem cookie.

–Isso quer dizer que eu quero um sofá novo.

^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^

– Doze pares de meia- Sheldon estava sentado no chão do quarto de Amy perto da mala de viagem e com amy ao seu lado, ele lia em lua lista as coisas necessárias para levar a viagem.

–Eu achei que estávamos indo para se beijar um pouco mais- Amy esta claramente frustrada, ele tinha parado três vezes de beija-la para ler o próximo item da lista.

–Você ainda precisa arrumar as suas coisas não é? Dez camisas de manga comprida.

–Precisa disso tudo?- ela não sabia quanto tempo eles pretendiam ficar lá, mas parecia muita coisa para pouco tempo.

–Amy, só porque lá é Miami não significa que vai fazer calor, além disso, vamos ficar bastante tempo por lá, eles querem me convencer a comprar uma casa.

–Serio? Você esta pensando nisso?-ele observa como Amy esta entusiasmada com a ideia, vê o entusiasmo em seu rosto e balança a cabeça negativamente.

–Na verdade não-Sheldon para e tenta considerar a ideia em sua mente- pronto, a resposta é absolutamente não.

–Tem certeza? Miami é legal.

–Com certeza é, mas o nível de assaltos que tem lá não então essa ideia esta totalmente fora dos padrões.

–...

–Mais doze pares de cardigãs. - ele continuava lendo a lista mesmo recebendo um olhar irritado de Amy.

–Porque esta me olhando irritada, eu fiz uma lista só para você.

–Sheldon é quase duas da manha, estamos a um tempão fazendo isso, podemos continuar amanha. -Amy estava realmente cansada, a lista de Sheldon era enorme.

–já teríamos terminado se você não insistisse em parar assistir um filme.

–É, mas foi você que não negou. - ele revira os olho solhando o sorriso triunfando de Amy, sabendo que ela tinha razão.

–Ok, você tem um ponto.

–vai dormir aqui?

–Vai me levar para casa a essa hora?-ele responde com a voz baixa usando sarcasmo.

–Isso foi sarcasmo?

–Depende, você esta se sentindo brava ou orgulhosa?

–A primeira opção Sheldon.

–Hm...eu acho que não tem uma resposta correta para isso. –Amy da um sorriso de vencedora, sabendo como deixar Sheldon sem saber a resposta é difícil.

–Vou pegar as suas coisas na caixa reserva e você pode dormir no sofá.

–Ou eu posso dormir com você.- Amy abre a boca atordoada pensando no que falar.


Não quer ver anúncios?

Com uma contribuição de R$29,90 você deixa de ver anúncios no Nyah e em seu sucessor, o +Fiction, durante 1 ano!

Seu apoio é fundamental. Torne-se um herói!


Notas finais do capítulo

Nao deixem de comentar o que acharam ^^
bjs até o proximo.