The Nobel's curse escrita por Doutora Theory


Capítulo 20
Noticias secretas.


Notas iniciais do capítulo

Oie, voltei com essa fic, vocês não conseguiram se livrar de mim '-'
Minha semana esta lotada, estou ensaiando como uma louca para meu recital na segunda.
Queria ter postado mais cedo? Queria, mas ai tudo ficaria uma bosta.
E eu tive um dia traumatizante ontem. Ah, o titulo esta em português porque ficou legal assim.
Espero que gostem :3



Este capítulo também está disponível no +Fiction: plusfiction.com/book/548757/chapter/20

Bernadette estava disposta a guardar seu segredo, nem que para isso ela precisasse usar uma barriga falsa de gravida igual aquele filme que assistiu uma vez. Ela não podia não estar gravida, isso era seu objetivo a partir de agora.
Como Leonard veio, a saber, do segredo dela e não contou para ninguém? Ele deveria pelo menos ter agido estranho, ah, espere ele ágio estranho fugindo.
–Se você não se acalmar, ela vai perceber em menos de um segundo. Bernadette ouviu a voz de Penny ultrapassando o corredor, se escondendo atrás da porta de seu quarto, mas sem fechar a porta, ela desejou escutar mais.
–Isso é impossível, só vou ver Amy em cinco horas. Isso era...Sheldon? Bernadette estava cada vez mais disposta a ouvir o que tinham a dizer, talvez por prometer ao Leonard, talvez por estar curiosa.
–Não foi o que eu quis dizer, quando a ver ela vai perceber que tem algo errado.
–Imagino que não, Amy vai estar ocupada contando sobre suas aventuras com Raj e sua namorada.
–Se ela perceber você vai contar a ela?
–Não, eu estou esperando o momento certo para isso. Foi a ultima fala de Sheldon que ela conseguiu ouvir, depois disso a porta do elevador tinindo apontou que eles já haviam ido embora.
^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^
–Eu podia estar dormindo. Penny suspirou de olhos fechados enquanto ela e Sheldon atravessavam uma grande rua plantada de lojas caras, na qual cada fazia Penny desejar ter nascido milionária.
–Pense pelo lado bom. Ele deu uma alternativa a ela sem prestar muito atenção, analisando com cuidado cada loja que passavam.
–Qual é o lado bom? Ela perguntou ainda um pouco dormente.
–Nenhum, mas se você se comportar pode ganhar algo também.
–Eu costumo ganhar joias de Leonard. Penny resmungou com uma careta, que foi devolvida por uma de Sheldon, ele não iria dar uma joia a ela, no máximo um sorvete.
–E se fosse por mim, isso ainda estaria assim. Ele falou enquanto parava frente a uma loja cara de alianças, não sabia ao certo o que o fez parar, mas tinha a ideia de ser um pequeno anel na vitrine com a pedra da cor exata dos olhos de Amy, por um momento ele até chegou a pensar como aquilo ficaria em seu dedo.
–Acho melhor não ser um anel, passa a impressão que esta a pedindo em casamento. Penny disse olhando para o grande letreiro escrito Alianças logo acima da cabeça de Sheldon, ela quase deu um salto quando viu seu olhar aprofundado na vitrine. Espera, você está considerando a ideia de noivar com ela?
–Não! Eu só... Sheldon foi tirado de seu devaneio pelas palavras altas demais de Penny, ele não iria se casar agora..só ficou um pouco encantado pelo anel. Vamos procurar um colar.
^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^
–Cheguei. Amy bateu forte a porta do quarto, olhando em volta e percebendo que não havia ninguém, ela se perguntou onde ele estaria.
–Já? Sheldon apareceu afobado pela porta, esbarrando nela e quase deixando a caixinha que estava em seu bolso cair.
–Você esta bem? Ela jogou suas sacolas em cima da cama enquanto corria ara examinar Sheldon que parecia desmaiar.
–Sim...Eu só...Corri muito rápido.. Ele dizia com sua respiração errática.
–O que estava fazendo? Achei que parecia o dia todo aqui terminando seu trabalho.
–Eu sai para...dar uma volta. Amy deu um olhar duvidoso, mas que logo se transforou em um sorriso.
–Tudo bem, gostaria de ver o que eu comprei?
–Claro. Ele disse um pouco rápido, sentando na cama. Olhando para cima pode ver seu olhar estranho para cima dele, como se tivesse dito algo errado. -Hm..eu acho que posso dar uma pausa, mas rápido.
–Ok. Isso sim foi a resposta que ela espera. Droga, Penny estava certa, se ele não tivesse cuidado ela descobriria logo.
–Aqui esta. Ele saltou da cadeira quando ela jogou um DVD em seu colo, deixando cair no chão.
–Você me deu um susto.
–Desculpe, em minha defesa você esta longe demais. Ele gemeu e pegou o DVD em suas mãos.
–Um filme de amor? Sheldon franziu a cara. Por que quer que assistamos isso?
–Pois é...por acaso, alguém pode ter me convidado para uma entrevista ...e por acaso ela fala sobre o amor entre o ganhador do Nobel e sua namorada...e por acaso eu possa ter ligado para lá hoje e falado que sim.
–Amy! Você deveria ter.. As palavras fugiram de Sheldon quando ele percebeu que estava falando de uma oportunidade perfeita ali. Na verdade, vai ser ótimo.
–Você..concordou?
–Sim, porque não deixar que as pessoas conheçam um pouco mais de mim e minha vida pessoal. Ele estava sorrindo tão sincero que Amy chegou a ficar com medo.
–Ok. Ela respondeu sentando-se na cama.
–Ok.
–Ok. Uma pausa foi feita enquanto ela ainda o olhava espantado, Sheldon começou a ficar nervoso com isso.
–Nós ainda vamos assistir isso?
–Sim.
–Droga! Ele tirou o DVD da capa e o colocou no sinalizador do televisor.
^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^
Bernadette caminhava com um curto sorriso na direção da mesa da pequena confeitaria onde Leonard se encontrava. Ele porem mantinha uma cara muito mais irritada do que normalmente, o que a fez abaixar o rosto ao sentar em uma das mesas do estabelecimento.
–Eu vi. Leonard disse em um tom baixo, Bernadette olhou para cima sem saber do que ele estava falando.
–O que você viu?
–Na verdade eu não vi, eu...li. Um medo repentino tomou conta, Bernadette chegou a pensar que ele estava falando sobre a falsa gravidez agravada em um relatório medico, mas ao invés disso foi aliviada em saber que ele apontava para um jornal na mesa.
–O que você leu? Ela perguntou calmamente.
–Esta nos jornais.
–O que esta nos jornais?
–Eu acho que não é verdade, mas não consegui pensar em nenhuma razão para.. Ele começou a se contorcer de nervosismo.
–Para o que Leonard? O que você leu no jornal?
–Tem alguma coisa para me contar? Sobre o paradeiro de Penny ontem? Bernadette parou séria na cadeira, ela deu um longo suspiro antes de começar a falar.
–Bom..Eu ouvi ela falando com Sheldon e eles estavam saindo do hotel para algum lugar..
–Falando o que? Ele a interrompeu batendo na mesa.
–Algo que eles não podiam contar a Amy. Bernadette olhava pálida enquanto Leonard o jogou o jornal, a folha pouco amassada, com a imagem clara de.. Uau.


Não quer ver anúncios?

Com uma contribuição de R$29,90 você deixa de ver anúncios no Nyah e em seu sucessor, o +Fiction, durante 1 ano!

Seu apoio é fundamental. Torne-se um herói!


Notas finais do capítulo

Eu fiz um pouco mais de suspense, mas isso é culpa do dia traumatizante que eu tive ontem. Só uma dica, não tente ouvir todas as musicas mais tristes do mundo uma seguida da outra se não quiser encher um balde de lagrimas. ( isso ficou até poético, levem a serio).
Essa fic não é Shenny, caso você tenha ficado um pouco confuso com isso por causa desse capitulo. ( eu ficaria confusa ).
É isso, se gostaram comentem , favoritem e recomendem e se não gostaram me mandem uma critica falando o que posso melhorar ou só ignorem :v
Vou aproveitar que estou postando e agradecer minha recomendação na minha outra historia, fiquei tao feliz que passei horas pulando de um lado para o outro e cantando igual uma louca. ;)
Bjokas seus tortinhas de caramelo com chocolate.