The Nobel's curse escrita por Doutora Theory


Capítulo 16
That was why I fled.


Notas iniciais do capítulo

Cheguei direto do mundo das pessoas que postam rápido O/ não? Eu demorei? Okay :(
Para entenderem esse capitulo precisam saber que a primeira cena se passa com Amy no mento que ela deixa Sheldon e Penny e a segunda é a conversa de Sheldon e Leonard em que eu parei no capitulo anterior :D
A capa nova é temporária, eu só queria mudar um pouco e coloquei uma das que eu tinha feito para ser a principal :3
Espero que gostem.



Este capítulo também está disponível no +Fiction: plusfiction.com/book/548757/chapter/16

–Amy?- O homem se virou para ela no saguão, Amy estava esperando por Sheldon e Penny para começar a jantar.

–Sim, sou eu.

–A namorada do Dr. Cooper certo?- Ele perguntou olhando para os lados, como se não fosse para ninguém descobrir.

–Sim...- Ela estende sua mão para cumprimenta-lo ao perceber que ele tinha feito o gesto.

–Ótimo, nos queremos dar uma entrevista com você e o Doutor para contar como o amor vence todas as atitudes e trabalhos... como ele ter ganhado um Nobel e você continuar sendo sua namorada.

–Eu vou falar com ele.- Amy responde educadamente.

–Isso vai ser ótimo, obrigado. – Ele diz antes de sair de perto dela como se tivesse tentando se esconder de algo.

–Quem era aquele cara?- Raj pergunta atrás de Amy, ela leva um susto quando se vira e percebe que era ele ali.

–Que susto Rajesh, há quanto tempo esta aqui?

–Acabei de chegar, não aguento mais os pais da Emily. Então, quem eram?- Ela revira os olhos.

–Ele queria que eu e Sheldon fizéssemos uma entrevista, só isso.

–Hm..- Ele parece duvidar do que ela fala, por algum motivo estranho.

–Que foi?

–Ele só se parece muito com alguém da TV, nada de mais.- Amy deu um sorriso curto.

–Ok.

–Onde esta o Sheldon?- Ele puxava conversa.

–Falando com a Penny lá em cima.

–Ela já foi contar para ele não é?- Raj riu enquanto Amy não entendeu nada.

–Contar o que?

–Contar que....Olha, você já vai saber.- Ele ri mais uma vez, Amy fecha a cara em duvida.

–Me conte o que é. Tem algo a ver com Leonard

–Não, acho que não. Acho que você vai preferir que sai da boca do Sheldon ou Penny.- Ela ficou pensativa por alguns minutos, sua mente mergulhado no que Penny queria contar.

–Onde esta Emily?- Amy finalmente perguntou quando percebeu quanto tempo passara.

–Ela esta almoçando com os pais, eu ia mas eu não suporto os pais dela.

–Eles pareciam ser legais.

–Mas não são. - Raj diz grossamente e depois se vira para sentar em uma das mesas do salão, Amy se senta também, logo percebendo a entrada de Sheldon e Penny, Sheldon aparentava estar nervoso mas ela não iria insistir para que ele contasse o que tinha se passado, sabia que odiava esse tipo de coisa.

–Raj? O que esta fazendo aqui?- Sheldon pergunta, Penny estava com a boca aberta mas logo fecha percebendo que Sheldon falou exatamente o que ela iria falar.

–Eu e...Os pais da minha namorada descobriram que sou rico.

–Entendo...e você esta aqui porque?- Ele levantou as sobrancelhas como prova de que não tinha entendido, Raj bufou.

–Ele esta tentando fugir dos pais dela Sheldon. - Penny responde por Raj.

–Oh! – Ele parece se dar conta do motivo.- Hm, se os pais de Amy descobrissem que eu tenho um Nobel não tentaria ficar fugindo deles.

Amy se vira para ele um pouco assustada quando se da conta que depois de tanto tempo de namoro, ele não conhecia os pais dela e nem ela conhecia pessoalmente a família dele.

–E isso era para ser um almoço romântico- Sheldon murmura, Amy olha para ele sorrindo e ele retribui.

O resto do almoço foi quieto, todos tinham coisas com que pensar. Sheldon viu no fim do almoço uma oportunidade e sair e ir encontrar Leonard, quando Amy convidou Penny para as compras e Raj resolveu voltar para os sogros, ele saiu.

^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^

–Vai me dizer o real motivo de ter saído aquela noite? Foi o único motivo de eu vir aqui.- Leonard franze a testa enquanto Sheldon o interrogava.

–Vou te contar a conversa que eu tive com Penny uns dias antes da viagem....e a noticia que acabei de receber.

...................umas duas noites antes da viagem eu estava no apartamento da Penny........................

–Leonard- Penny chama o namorado que estava sentado na sala mexendo em seu computador, ela parecia estar muito aflita.

–O que houve? Você esta bem?- Ele pergunta desligando o computador e se virando para ela assim que a vê naquele estado.

–Não....eu tenho que te contar uma coisa....- Ela diz devagar como se estivesse com dor ao falar.

–Meu deus o que dói? O que?- Ele pergunta segurando ela em seus fortes braços, ajudando a alcançar o sofá.

–Eu...eu..- Ela quase não falava, prestes a desmaiar, Leonard o forte a segurou em seu colo fazendo uma oração para salva-la

.............................................

–Você não esta exagerando? – Sheldon perguntou duvidando da historia dramática do amigo.

–Não- Ele respondeu severamente, Sheldon o encarou. –Talvez um pouco...

–Muito.

–A historia é minha, vou contar do jeito que eu quiser. - Leonard brigou e o amigo se rendeu.

.......Voltando a parte onde Penny desmaia.........

–Oh Leonard?- Ela finalmente acorda.

–Penny...você acordou!!- O namorado agradece pela vida da amada.

–Leonard eu....eu tenho uma coisa para te dizer. -Ela chega mais perto tentando alcançar o ouvido do namorado alto. –Eu acho que estou gravida..

–O que?!!

......................

–O que?- Sheldon exclamou. – Você é louco??? Você fugiu porque ela esta gravida???

–Não....eu não fugi por isso.

–Ela já deve ter perdido o bebê com tanta bebida na noite passada....Não, vão ser necessários preparativos para o bebê e depois tem o choro....

–Sheldon pare com isso não tem criança nenhuma! Pelo menos eu imagino que não.- Ele vai diminuindo seu tom de voz com a decepção, Sheldon franze a testa.

–Como assim você acha que não?

–Nós tivemos que fazer exames para saber se não tínhamos nenhuma doença contagiosa que o “ganhador do Nobel” pudesse obter.

–Uhum.- Sheldon fala como se fosse a coisa mais normal a se fazer.

–E acontece que os exames detectaram algo incomum em mim.

–Você vai fazer como aquelas espécies de gato que fogem quando estão prestes a morrer? Isso é sensível de sua parte Leonard.- Ele quase abraça o amigo pela sua generosidade, desistindo um pouco por causa da aparente doença.

–Eu não vou morrer!!!

–...Ok, então continue.- Ele desiste por completo do abraço.

–Eu descobri que sou estéril.- Leonard desvia o olhar, Sheldon esta de boca aberta.

–Como?

–Penny não pode estar gravida a não ser que seja de outra pessoa.- Ele tenta explicar.

–Ouuu, isso é ruim.

–Você acha?- Diz sarcasticamente.

–Talvez...ela não esteja gravida e seja só algo que comeu....eu não acho que ela te traiu Leonard.- Sheldon abaixa o tom de voz para um doce, Leonard quase percebe compaixão.

–Obrigado, você pode ser bom às vezes.

–Isso é porque minha situação é tão critica quanto a sua.- Ele bufa.

–Duvido! O que você fez?

–Eu....eu disse para Amy que a amava enquanto estava bêbado.- Usando praticamente o mesmo tom de Leonard ele fala rápido. O próximo som é Leonard se engasgando com o ar.


Não quer ver anúncios?

Com uma contribuição de R$29,90 você deixa de ver anúncios no Nyah e em seu sucessor, o +Fiction, durante 1 ano!

Seu apoio é fundamental. Torne-se um herói!


Notas finais do capítulo

E é amanhaaa o dia do episódio mais esperado do fãs, o épico dos épicos :v ( só um recado básico) .
Eu espero que tenham gostado :D deixem suas opiniões e criticas :D
Bjuss cura tudo da Doutora.