Projeto Lovers 2.0 escrita por Nina


Capítulo 4
Ares/Afrodite


Notas iniciais do capítulo

Meus amoressss!
Ares/Afrodite pra hoje! Gente que gosta do Hefesto com a Afrodite, sinto muito, também gosto deles dois juntos, maassss o nosso bad boy pega a deusa do amor de jeito!
Preciso me tratar XD
[Link: http://www.vagalume.com.br/labrinth/beneath-your-beautiful-feat-emeli-sande-traducao.html]



Afrodite era conhecida por todos pela sua beleza estonteante, e isso a irritava profundamente, ela tinha muito mais a oferecer do que um rosto bonito e um corpo com curvas, isso a impulsionava a dizer “não” a todos os garotos, nenhum deles se importava com mais do que seu belo rosto, e ver a cara de decepção que eles faziam lhe deixava feliz, a jovem se sentia satisfeita em saber que não iriam te importunar mais, não pelos motivos errados.

Ares era o grande bad boy que voltou da cidade grande há pouco, venerado e temido por todos, só não era isso que desejava. Ele conhecia a menina desde novo e a amava desde a mesma época, mas sabia que a mesma estava fora de seu alcance, provavelmente tinha medo dele, como quase todos, ou então lhe daria um fora como fez com os que vieram antes dele, a diferença era que o homem era persistente, e ele tentaria alcançá-la.

A garota tinha erguido uma barreira contra tudo o que diziam dela, contra tudo o que pensavam sobre ela, mas isso não o assustou, por mais que ela tenha levado aquilo por muito tempo, que tivesse construído a parede mais alta, ele a escalaria, porque tinha certeza que ela o deixaria ver além de sua beleza.

E ele via, o moreno enxergava dentro dela, conseguia observar a menina pequena que sorria para todos e gostava de borboletas, ele conseguia ver tudo o que a ruiva queria que vissem, e ela se sentia bem com isso, Ares era o primeiro além de seus pais a verem mais do que a beleza que tinha, e por isso o amava, amava por ele ser o único, mas sabia que o homem também tinha seus bloqueios.

Afrodite queria quebrar as barreiras dele também, sabia que por trás daquela pose de garoto malvado e sem sentimentos tinha um coração bom, e a menina buscaria por isso, porque do mesmo jeito que ele via além de sua perfeição, a garota via além da sua agressividade.

A menina via o menino que marcou a sua infância ali, via o quanto ele era doce, via o quanto o machucaram e queria ajudá-lo, queria fazer pra ele o que tinha sido feito pra ela, queria que Ares se desfizesse de suas marcas e de suas máscaras, queria um sorriso estampado em seu rosto novamente. Mas Ares tinha aquilo como defesa há tanto tempo que era impossível se desfazer, mesmo se quisesse, mas Afrodite ia tentar, do mesmo jeito que ele tinha tentado por ela.

Eles chegariam ao topo, quebrariam todas as barreiras e o que mais viesse, pois tudo o que eles queriam era amor, e isso eles tinham. Enfrentariam a tudo e a todos pelo amor, porque não existia nada mais lindo para os dois. Entrelaçariam as mãos e pulariam sem olhar para trás, tirariam todos as suposições e estereótipos da cabeça, seriam mais do que uma garota bonita e um garoto revoltado.

Porque eles conseguiam enxergar além.