Projeto Lovers 2.0 escrita por Nina


Capítulo 1
Poseidon/Atena


Notas iniciais do capítulo

DEPOIS DE UM ANINHO DO INÍCIO DESSE PROJETO (Projeto Lovers, link no meu perfil kk) EU ESTOU POSTANDO A PARTE DOIS E TALVEZ EXISTA A CHANCE DE UMA TERCEIRA PARTE GENTE!Reescrevi alguns desses textos várias vezes, escutei diversas das minhas músicas preferidas, troquei por outras recém adicionadas a playlist e por fim cheguei ao resultado final! Espero de todo o coração que gostem de ler como eu gostei de escrever, o esquema vai ser o mesmo, todos os dias postarei uma one e não pretendo atrasar a última dessa vez kkkkkA música dessa one é "She's Thunderstorms" do Artic Monkeys [Link: http://www.vagalume.com.br/arctic-monkeys/shes-thunderstorms-traducao.html], sou apaixonada pela música e acho a cara deles, mas novamente repetindo, alguns casais aqui não agradarão a todos e digo o mesmo sobre as músicas, de qualquer jeito, espero que gostem :)



Atena era como tempestades, tudo nela lhe remetia a isso, e ele a amava por esse motivo. Amava vê-la deitada em sua frente, apoiada na parede, com os olhos tempestuosos fechados, ouvindo o som do trovão e da chuva torrencial que caia do lado de fora da janela, parecia se divertir com aquilo, já que um sorriso pequeno estampava sua face.

O sorriso em si não era para as tempestades, era para o homem que amava, o mesmo que lhe encarava satisfeito por saber que a possuía. A mulher realmente era apaixonada pelas tempestades, tanto que poderia ser comparada a uma, sempre rápida, não se tinha escolha, enquanto ele era apenas uma brisa calma, confortável, apaixonante. A dona dos olhos tempestuosos com certeza estava apaixonada por ele.

Poseidon se sentia um pouco tolo, por ter deixado alguém ter mudado tanto a sua vida, não que se arrependesse disso, porque não se arrependia, mas ela tinha chegado de repente, substituindo a paz e tranquilidade, por adrenalina pura, acelerando os seus batimentos cardíacos, incendiando sua vida, transformando tudo em um caos organizado, transformando tudo nela, porque era a única coisa em que conseguia pensar.

O homem possuía incríveis olhos azuis que conseguiam deixa-la sem reação e ele a amava ainda mais quando a via corar, calada, pela primeira vez em tempos. Seu coração acelerava apenas com a presença da mulher, tudo esquentava, a vida ganhava mais cor e a única coisa que ele conseguia pensar era naqueles olhos de tempestade.

Mas não eram só os olhos, Atena era a tempestade inteira, agia como uma tempestade, chegava imponente, causando medo em uns e admiração em outros, mas o que ninguém poderia negar era a sua beleza e a sua imponência, por onde quer que passasse todos sentiam o seu poder, a sua força.

Ela era espetacular e Poseidon nunca negaria isso, ele a amava mais que tudo no mundo, ela era o que movimentava a sua vida, a mulher era o loop de sua montanha russa, era a emoção de sua vida, era tudo que mais lhe importava. A mais baixa cercava a sua mente com aquelas ideias mirabolantes sobre tudo, porque se tinha uma coisa que Atena gostava era pensar em qualquer coisa, gostava de imaginar um mundo dela e o homem se sentia feliz de poder fazer parte daquele mundo.

Porque ela era como as tempestades, trovões e raios se passavam pelos seus olhos, sua personalidade difícil e insistente era como aquela chuva sem fim, que no fim das contas todo mundo acaba gostando, Atena era as trovoadas que lhe encantavam tanto, ele era apaixonado pela mulher.

Atena também o amava, daquele seu jeito louco, explosivo e complicado, mas o amava mais que tudo, porque quando a tempestade acabava vinha a calmaria, depois de sua revolta e tudo mais vinha Poseidon lhe acalmar, com aquele olhar pacífico e palavras doces, e ela amava aquilo, enquanto ele gostava da agitação da tempestade, ela gostava da brisa que vinha depois, eles se completavam.



Notas finais do capítulo

Dedico essa fic toda pra Jennye, que leu primeiro e foi uma amiga maravilhosa esses tempos, muito obrigada, por tudo :)