The Other Side of War [HIATUS] escrita por Whis


Capítulo 1
A Primeira Bomba


Notas iniciais do capítulo

Nota Primária: Este não é um capítulo da história, mas sim, uma introdução para mesma, pode-se considerar um Prólogo; umas palavras do autor para o leitor.



Uma farsa por uma revolução, talvez tenha sido esse o espírito que incentivou a Primeira Guerra Mundial. O que se tem de dado é que um tal de Francisco Ferdinando, arquiduque, herdeiro do trono, austro-húngaro, fora assassinado por Gavrilo Princip, sérvio - com patriotismo exacerbado -, com o objetivo de realizar o rompimento das províncias eslavas do sul com a Áustria-Hungria e a criação da Grande Sérvia. Após tal "afronta", as potências centrais, chamadas de Tríplice Aliança, se formaram contra a Tríplice Entente.

Mas será que foi isso mesmo que aconteceu? Diversas perguntas foram feitas, e poucas realmente questionadas. A maioria foi esquecida e outras abandonadas. A realidade, na maioria das vezes, sempre é oculta de vãos olhos, que veem tão profundo no rosto, que não transpassa o peito. Será que as Potências estavam realmente erradas, para serem combatidas, ou essa guerra primária foi causada para pôr um fim definitivo no Imperialismo destrutivo na época?

Às vezes devemos deitar, leitor, e repensar em diversas coisas nas quais nós somos impostos todos os dias. É contra as regras se esquecer de quem você é e para respeitar tal "regra", deve-se parar, refletir e pensar. Mas não qualquer pensamento, no entanto, um pensamento profundo e, que no fundo, busque a verdade soberana.

Enquanto ler, amigo, se esqueça de tudo que aprendeu, por um momento acredite piamente nesta história, quando sua leitura findar, lembre-se de tudo o que a escola te ensinou; por fim, compare e note qual está mais certo. Não estou aqui para me impor contra dados, mas estou para expor uma verdade não revelada. Cabe somente à você definir quem está certo, o livro ou eu.

No fim, o certo sempre será você, basta, cada vez que uma palavra passar por sua retina, você se auto-questionar: "Os livros de história contam tudo?", a cada vez que isso repercutir em sua mente, questões cada vez mais profundas e complexas serão lançadas, como o vento faz a folha voar e a gravidade a faz cair.

Não tenha medo de divergir suas opiniões dos demais, você sempre está certo, mesmo estando no mais absoluto espaço do erro certo; o que define o acerto ou o erro é seus intuitos, é sempre sua vontade que conta a história.

"A verdade está do lado das massas", disse o Líder Nazista, Adolf Hitler, mas e se você for a massa? Pense sobre isso, suas conclusões são sempre absolutas, mas nunca obsoletas. O ato de questionar é o ato de se tornar livre. E o ato de liberdade é a maior prova de existência.

Sobretudo, creia em si próprio. A história pode mudar à qualquer instante, e com isso novas questões e soluções surgem; mas você sempre terá um pensamento em mente "Isso não é tudo!", quando pensar assim, será o mais livre dos pássaros e a mais formosa gota de orvalho.

Boa leitura.

Matheus;

O Autor.



Notas finais do capítulo

Nem sempre o livro trará dados cem por cento fictícios, se atente na narração para perceber quando um dado é fato e quando um dado é inventado pelo autor.



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "The Other Side of War [HIATUS]" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.