Elemental Warriors escrita por Yure


Capítulo 9
9 - Sentimentos


Notas iniciais do capítulo

Mais um cap. pra quem está acompanhando.
Boa Leitura!!



Nós quatro estávamos em uma rua vazia. E um pouco a frente estava um membro da aliança da escuridão que pretendia nos eliminar.

Por quê? Por que ela estava fazendo isso

–- Samantha... O que aconteceu com você?

Ela estendeu os braços e um arco feito de luz surgiu em suas mãos.

–- Desapareçam! – Ela começou a atirar flechas de luz contra a gente.

Era meio difícil esquivar, mas eu fiquei bom nisso graças a o K ficar me jogando coisas aleatórias em alta velocidade. E as flechas não estavam na velocidade que eu esperava que ela tivessem, elas estavam mais devagar. Todos estavam conseguindo se esquivar.

–- Eu vou torrar essa garota! – Erick gritou. Seus braços inteiro estavam cheios de fogo. Ele foi para cima dela com força total. Os outros também. Parecia que eu era o único que não sabia controlar muito bem meus poderes. Eu imagino o que K falaria para mim agora.

Samantha parecia controlar muito bem seus poderes, além disso, ela se esquivava com facilidade e era boa em combate corpo a corpo. Não estávamos em uma grande desvantagem mesmo lutando com quatro pessoas. Isso estava ficando um pouco difícil

A luta progredia sem muitas mudanças. Ela era muito boa, conseguia bloquear qualquer ataque de qualquer elemento e eu tentava me concentrar para usar meus poderes. Eu conseguia fazer isso por que de algum modo ela não priorizava os ataques em mim. Ele parecia estar evitando me atacar, ou me deixando para morrer por ultimo.

Eu tinha dificuldades em me concentrar com meus amigos levando uma surra. Mas fazia o máximo que eu podia. Erick já estava no chão, não podia mais lutar. Apple atirava pedras, mas ela as destruía com flechas de luz. Ela foi acertada pro uma flecha e deixou seu vaso cair e quebrar. Seus lábios se mexeram parecendo formar a palavra “Não!”. Eu meio que automaticamente corri para frente dela. Somente Leah e eu éramos os únicos em condição de lutar ainda. Eu consegui me defender dos ataques usando agua. Leah desviava as flechas com a força do ar e atacava com eletricidade. Ela usava a eletricidade como sub-elemento. Conforme K me explicou, quando um Guerreiro chega a um nível alto ele pode controlar um sub-elemento, derivado de seu próprio, e depois tirou sarro de mim por que dizendo que eu ainda não tinha chegado nem ao primeiro nível.

Samantha continuava atacando. Tudo o que eu fazia era bloquear, Leah contra-atacava, mas a garota se esquivava e bloqueava com um escudo de luz. Ela mudava do escudo para o arco rapidamente, e com um tiro certeiro derrubou Leah. Agora eramos só eu contra ela, e eu não sabia usar meus poderes muito bem. “Nós vamos morrer aqui hoje” pensei.

–- Ethan! – Erick se levantou com dificuldades e seus braços pegaram fogo novamente. Eu estava surpreso que depois de apanhar muito ele ainda estava tentando lutar. – Nós temos que derruba-la.

–- Erick. – Eu olhava para ele.

–- Ta olhando o que idiota? Vire esses olhos para lá antes que os queime! – Eu me virei, o conhecia bem a sabia que ela era capaz de fazer tal coisa. – Nós temos que chegar perto dela para sair do alcance do seu arco. Então eu preciso da sua ajuda.

–- Tudo bem vamos fazer isso!

E determinação de Erick me animou. Consegui deixar a agua sob o meu controla novamente. Nós fomos juntos para cima dela, fogo e agua. Ela recuava alguns passos para nos ter na mira novamente. Conseguimos chegar perto o suficiente para Erick a acertar com algo que pareceu um impacto. Chamas voaram para todos os lados e Samantha foi atirada longe, mas mesmo antes de cair ao chão ela conseguiu disparar uma flecha que explodiu em luz no peito de Erick e ele caiu inconsciente.

–- Droga! – Eu gritei – Por que está fazendo isso?!

–- Eu já disse. – Ela respondeu e eu olhava nos olhos dela.

Ela apontou a flecha para mim. Leah e Apple acordaram. Eu preparei meu escudo de agua. Ela puxou a corda do arco até o fim.

–- Ethan! – Leah tentava se levantar mais seu corpo estava fraco.

Eu relaxei meus braços e meu escudo de agua desapareceu. Eu suspirei tristemente e olhei para ela. Eu fiquei um pouco triste com isso.

–- Ethan o que você esta fazendo? – Leah conseguiu ficar de pé. – Você vai ser morto.

–- Ela não vai me matar. Ela está...

Leah olhou para Samantha e viu a mesma coisa que eu. Samantha estava chorando. Seu arco desapareceu e ela caiu de joelhos e chorava sem parar.

O que eu tinha visto nos olhos dela. Aquilo não era os olhos que matariam uma pessoa, no fundo deles tinha... Duvida. Ela parecia estar sofrendo com isso, parecia estar sendo obrigada a fazer algo que não queria. E parecia lutar contra aquilo na sua mente apesar de seu corpo fazer.

–- Por quê? Porque tinha que ser você? Justo você!

–- O que está acontecendo?

–- Ah. A flor da juventude – a voz de K falou atrás de mim. – Essa é uma idade muito complicada.

–- K? – Ele realmente estava atrás de mim. E Samantha continuava chorando de joelhos na minha frente. – Ei, Samantha.

Ela somente levantou a cabeça e olhou nos meus olhos.

–- Eu não consigo, não posso fazer isso... Eu, eu...

–- Você, você não pode, isso porque você não...

Ela rapidamente se levantou e me calou. Com um beijo. Seus braços entrelaçados em meu pescoço. Eu fiquei assustado no primeiro momento, mas depois eu fechei meus olhos e lentamente meus braços a envolveram. Ela me soltou e me olhou nos olhos e me abraçou.

–- Isso vai ficar como uma ultima lembrança – Ela sussurrou em meu ouvido.

–- Do que você está falando?

–- Eu... Eu te amo Ethan Larsen. – Ela desapareceu em luz.



Notas finais do capítulo

Deixem seu comentário e aguardem o próximo



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Elemental Warriors" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.