Elemental Warriors escrita por Yure


Capítulo 4
4 - Reunião


Notas iniciais do capítulo

eu gostaria de agradecer quem esta acompanhando a historia, pois são vocês que me incentivam a continuar escrevendo, se vocês não entenderem algo da historia pode me perguntar porque as vezes eu esqueci de explicar algo no texto



Comecei a caminhar e a garota me seguia. Ela não parecia nem um pouco incomodada de andar pela cidade com um estranho, mas ainda assim ela não falava nem sequer uma palavra. Só apontava com o dedo e às vezes, bem raramente, fazia algumas expressões. Depois de andar por algum tempo nós paramos em uma lanchonete.

–- Gosta de Milk-Shake? – ela novamente respondeu sem falar nada

Pedi dois, eu deduzi que ela gostava muito de Milk-Shake já que ela terminou antes de mim. Agora ela fez uma expressão que eu conhecia muito bem.

–- Você quer outro? – ela acenou com a cabeça

Pedi mais um. Ela rapidamente terminou. E seguimos nosso caminho novamente, paramos em uma praça para descansar.

–- Estamos quase chegando.

Ela olhava par o céu. Eu também olhei, o céu estava fechando parecia que ia chover hoje. Era tudo o que eu precisava, estou no outro lado da cidade com uma garota que não fala. Bem eu acho que devia comprar um guarda chuva. Retomamos nossa caminhada e alguns minutos depois começou a chover. Abri meu guarda chuva. Andamos mais de um quilometro dividindo um guarda chuva. E eu, é claro, estava com vergonha.

–- Você tem um nome? – Eu não esperava nenhuma resposta, já que ela só acenou com a cabeça o passeio inteiro.

–- Apple... Apple Morris – por incrível que pareça ela falou.

Eu soltei um sorriso, ela continuava com a mesma expressão neutra de quando a encontrei.

–- Eu sou Ethan. Muito prazer em conhecê-la.

–- Ethan...

Eu escutei um grito. Não parecia um grito de medo, mas sim uma reclamação. Andando mais um pouquinho eu pude claramente ouvir.

–- Droga! Odeio chuva!

Um garoto vinha andando na chuva. Apple agarrou meu braço e se escondeu atrás de mim.

–- Esta tudo bem?

Ele parou na minha frente. Era um garoto ruivo, seus olhos eram escuros. Vestia uma camiseta preta com estampa de caveiras, short e chinelos.

–- Ei você! – ele apontou na direção de Apple – Eu preciso falar com você!

Ela continuava escondida segurava meu braço com força.

–- Parece que ela não quer falar com você. Então se nos der licença...

–- Calado! Não se meta nisso!

–- Erick, você sempre é assim tão chato?

Outra pessoa, mas essa voz eu reconheci muito bem, fiquei até feliz em ouvi-la.

–- Ah, é você Leah – disse o garoto, Erick.

–- Ethan! – ela me deu um abraço – Faz o que aqui desse lado da cidade?

–- Você conhece ele? – Erick perguntou e me olhava como se eu fosse algum tipo de comida estragada que ele pretendia jogar fora.

–- Ele é meu amigo Erick, deixa ele em paz.

–- Eu não quero nada com ele. Ela, a garota muda, vai pagar pelo que ela me fez.

–- Ela não é muda – Pela primeira vez eu bati de frente com alguém.

–- Olha! Quem é ela? Parece que ela gosta muito de você Ethan

–- Ela estava perdida, perto da minha casa. Então eu estava levando ela para casa.

–- Vocês não se conheciam? – Leah parecia surpresa

–- Bem, não. –Respondi

–- Entendi – Leah soltou um sorriso

–- Ei! Não me ignorem! Eu estou falando serio aqui! – Erick gritava

–- Quem é ele? – eu perguntei

–- Erick. Meu vizinho. Ignore-o. – Leah respondeu

–- Ethan... – Apple apertava meu braço

A chuva cessou. Mais duas pessoas vinham se aproximando. Era um casal. Deduzi que eram irmãos por serem parecidos. Os dois eram loiros e vestia jeans, o garoto estava com uma camiseta preta e a garota branca.

–- Vocês poderiam nos ajudar? Nós somos novos na cidade e acho que estamos perdidos. Eu sou Samantha esse é meu irmão Trevor.

Ela exibia um sorriso carinhoso, seu irmão ficava com a cara fechada. Eu ainda não entendia muito bem o que estava acontecendo aqui, mas sentia uma aura perigosa no ar. Todos estavam em silencio.

–- Claro, terei prazer em ajuda-los – Leah se manifestou.

–- Muito obrigada.

Leah explicava os endereços para eles. Samantha prestava atenção, Trevor olhava em volta como se estivesse esperando alguém. Erick olhava para eles calado e Apple estava escondida atrás de mim enquanto apertava meu braço.

–- Bem, então é isso – Leah terminou.

–- Entendi, muito obrigada mesmo. Temos que ir agora, vamos Trevor.

–- Até mais – Leah se despediu

–- Até, e mais uma vez muito obrigada – Samantha respondeu.

Os dois continuaram seu caminha até desaparecerem da minha vista. O céu nublado se foi e o sol apareceu mais uma vez.

–- Finalmente! – Erick sorria – Sol.

–- Erick... – Leah mantinha uma expressão séria.

–- Eu notei... – Erick também ficou sério – Nós temos que achar os outros dois logo.

–- Bem, eu tenho que ir para casa agora. Não posso me atrasar para o almoço e eu infelizmente não tinha guarda chuva quando começou a chover. Bem, até mais Ethan, e tchau garotinha.

–- Vou embora também, tenho que tirar essas roupas molhadas – Erick disse. Ele apontou novamente para Apple – Isso ainda não acabou garota. Outro dia nós vamos resolver isso.

Ele e Leah seguiram na mesma direção, já que eram vizinhos.

–- Eu acho que nós temos que ir agora certo Apple?

Ela concordou. Eu precisava tirar uma duvida de algo que havia notado a algum tempo.

–- Apple... – ela olhou para mim – Você é a guerreira da Terra, certo?

Ela ficou surpresa, mas no fim acenou com a cabeça.

–- Eu já tinha notado há algum tempo. Essa planta que você esta carregando. Eu percebi que a agua da chuva não molhava a terra do vaso. E quando nós passamos pelo parque as arvores pareciam seguir você.

–- Ethan... Agua... – ela disse olhando para o chão.

–- Você notou?

Havia alguns minutos que nós estávamos caminhando. Ela notou que a agua do chão se afastava do caminho em que eu estava andando.

–- Antes de abrir o guarda chuva... – ela continuou – a chuva... Não molhou você...

–- Acertou. Eu sou o guerreiro da Agua. Zero.

–- Guerreira... Da Terra. Quartz. Muito... Prazer, Zero.



Notas finais do capítulo

Comentem ai se vocês gostaram e do que vocês mais gostaram. Aguardem o próximo capitulo



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Elemental Warriors" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.