Wonderwall escrita por Akemihime


Capítulo 8
Aquele do encontro com os amigos


Notas iniciais do capítulo

Coloquei minha OC (Imai Akemi) fazendo uma pequena aparição aqui, nada que interfira no relacionamento do casal, leiam despreocupados rs.



Eles estavam saindo do shopping. Momoi andava saltitante, sendo seguida por Aomine, que por sua vez possuía uma face mal humorada enquanto carregava inúmeras sacolas, resultado das compras da garota.

— Ei, aquele não é o Ki-chan? — Satsuki parou de andar, olhando para o lugar onde havia avistado Kise. O loiro conversava empolgadamente com uma garota de cabelos negros, ela, no entanto, não parecia muito entusiasmada. — Quem é ela?

— Sei lá, deve ser a nova namorada dele. — Aomine disse, bocejando logo em seguida. — Eles não devem estar querendo ser incomodados, vamos embora... Oi, Satsuki?!

O moreno olhou para o lado procurando algum sinal da garota, mas ela já se encontrava caminhando em direção a Kise. Meio a contragosto ele a seguiu, desejando que aquilo fosse uma conversa breve... Embora com Kise isso fosse algo impossível.

E como esperava, a conversa foi longa.

Aomine não falava muito, apenas olhava para os lados com cara de entediado, assim como a namorada do Ryouta, que logo descobriu se chamar Akemi. Enquanto isso, Momoi estava totalmente entretida na conversa com Kise. O loiro lhe atualizava sobre tudo o que aconteceu em sua vida desde a última vez em que se encontraram.

Era realmente um saco.

— Ah, Akemi-chan, a gente podia combinar de fazermos compras juntas! Estou mesmo precisando de uma companhia feminina! — Satsuki dizia, empolgada.

— Claro... eu acho. — A morena respondia sem jeito. — Mas infelizmente agora temos que ir. Prometemos ao Kasamatsu-kun de nos encontrarmos com ele em uma lanchonete, e já estamos atrasados.

Verdade ou não, Aomine não podia estar mais agradecido. Eles se despediram, com Kise prometendo que daria um jeito de marcar um encontro com eles em breve, para relembrar os velhos tempos.

Ótimo, finalmente conseguira se livrar deles. Ele não ia muito com a cara da namorada do amigo, mas agradeceu a menina mentalmente por ter encerrado a conversa, sabia que se dependesse de Kise aquilo nunca teria fim. Ele era exatamente como uma garota: adorava conversas inúteis e fofocar sobre absolutamente tudo... certas horas chegava a ser até irritante.

— Ah Midorin! — Momoi exclamou, apontando para dentro da lanchonete na qual ambos passavam em frente. Era possível visualizar Midorima e seu amigo Takao do lado de dentro, comendo tranquilamente.

Aomine nem teve tempo o suficiente para dizer para a garota deixá-los em paz, ela já havia entrado no local e sem esperar um convite, ocupara uma cadeira ao lado de Midorima.

— Perfeito. — O moreno suspirou, seguindo-a de forma lenta e preguiçosa.

Satsuki teria que recompensá-lo muito bem por todos os sacrifícios que havia feito por ela naquele sábado. E ele sabia exatamente como ela poderia fazer isso.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Wonderwall" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.