Destino escrita por Tai


Capítulo 1
One Shot


Notas iniciais do capítulo

Olá meus padawans :)

Terminei recentemente Noragami e estou com aquele sentimento de depressão pós anime :/ Aqui está um pouco solitário sem o Yato, por isso resolvi escrever um pouco sobre ele *-*

Espero que gostem, essa one saiu pequenina então se encaixaria mais como drabble, mas enfim, um dia eu escrevo algo maiorzinho.

Um super beijo ♥



Destino.

O tempo é infinito para os deuses, mas curto para os humanos.

Um deus não deve criar laços com um mortal, essa é uma regra básica na qual Yato nunca teve problemas, até o dia em que seus olhos se cruzaram com os dela. Os desejos daquele mísero deus na terra sempre foram ter adoradores e um grande templo, mas depois que a conheceu aquelas vontades se tornaram frívolas.

Ter Hiyori ao seu lado virou seu único desejo.

Sem perceber o deus da calamidade tornou-se dependente daquela humana, ela era sua luz em meio à escuridão, uma força sobrenatural que o impedia de cair em depravação.

Mas também era a sua maior fraqueza.

O tempo foi passando e Hiyori jamais o esqueceu, junto com ela e Yukine eles viveram como uma família feliz, mas infelizmente o sopro da vida para os humanos é emprestado e Yato sabia que um dia iria perdê-la. No final ele decidiu fazer algo egoísta.

"Eu quero ficar com você para sempre..."

A voz de Hiyori saiu fraca, assim como o seu último suspiro na terra.

Lágrimas angustiadas escorreram dos órbes azuis e ele procurou aflito por todo o quarto, até encontrar o receptáculo que continha a pouca essência da alma de sua amada. Um doce sorriso brotou dos lábios de Yato quando começou a recitar aquelas palavras.

"Você que agora não tem para onde ir e não pode passar, meu nome é Yato e com você eu prometo sempre estar. Persiste aqui o teu verdadeiro nome e com ele você será a minha serva."

Ele estendeu a mão até o feixe de luz, que brilhou em resposta.

“Teu nome é seguidor e teu recipiente é o som, obedeça a minha ordem e se torne a minha Shinki...”

Aos poucos o minúsculo pontinho branco começou a criar forma de um animal.

“O teu nome é Hiyori e teu recipiente é Hatsu”

Bradou a última frase com veemência, enquanto via à luz se tornar maior a cada instante.

“Venha Hatsuki!”

E um gato branco com íris cor de rosa emergiu da luz.



Notas finais do capítulo

Algumas informações adicionais sobre o capítulo:
Permaneci com o nome da Hiyori porque achei que ficaria melhor assim, e também porque sou péssima com nomes.
E porque o Yato é o deus supremo então ele coloca o nome que ele quiser ok? Ok u.u

Não esqueçam de me dizer o que acharam da fic. sim? :)