A Morte tem olhos carmesim escrita por LB

A Morte tem olhos carmesim

O Universo é algo bastante complexo. O cosmo é repleto de dimensões incontáveis, algumas tão bizarras que nem a mais insana mente poderia idealizar. Outras, no entanto, são bastante semelhantes a nossa. É numa dessas realidades que nossa história se passa.
Em um mundo onde a magia ainda é viva e forte, onde a tecnologia pouco se desenvolveu, e onde há um panteão de Deuses que brincam com as vidas a seu bel prazer.
Ariadne e Aramis são os Deuses Gêmeos do Destino. Eles enlaçam as vidas, criando as tapeçarias de história, tecendo continuamente os fios do acaso... O que é mais peculiar, entretanto, é que eles são cegos, surdos e mudos. Portanto, não podem ver aquilo que determinam, criando às vezes situações completamente surreais... E foi assim que eles enlaçaram o destino de uma dupla das mais improváveis, que desde o começo estava fadada a desgraça.
Uma criança nasceu, uma menina de peculiares olhos desiguais... Era bastarda de uma das casas mais ricas e poderosas, mas, pela tradição dessa própria família, ela poderia facilmente ser a herdeira de direito. Porém, não foi isso que aconteceu... Arrancaram um de seus olhos, e a deixaram, ainda bebê, para morrer. Uma boa alma a encontrou, e, contra todas as probabilidades, ela sobreviveu. As trilhas tortuosas que percorreu, desde então, a levaram a se tornar uma mercenária, sem escrúpulos ou pudor. Uma assassina impiedosa, servindo a quem pague mais, desconhecendo qualquer sentimento que não seja o ódio ou amargura. Silêncio Sangrento é sua alcunha. Seu nome é Lyanna Storm.
A outra criança veio ao mundo com as bênçãos do Deus da Morte. O menino de olhos rubros nasceu já vendo a morte daqueles que estavam ao seu redor. Para onde olhava, Beyond Birthday visualizava a data da morte flutuando sobre a cabeça das pessoas... Mas ele nunca pode ver a sua própria. Obviamente, isso não poderia fazer bem a mente de ninguém. O pequeno B cresceu, se tornou um rapaz inteligente e bem apessoado, com um ar gentil e um sorriso cativante. Mas não se deixe enganar. Por trás dessa máscara de bom moço, se esconde um psicopata, um monstro cruel e sanguinário, que não é capaz de sentir coisa alguma. Sua mente é fragmentada em mil pedaços, personalidades diferentes, que disputam seu corpo e o deixam cada vez mais louco a cada dia... Entre elas, a personificação do puro mal: Deathday.
Então, vamos começar nossa história. Mas não se iluda, ela não é um conto de fadas. É a lenda de uma mercenária vadia e um serial killer, unidos pelo capricho dos deuses e consagrados com sangue e lágrimas...


Classificação: 16+
Categorias: Originais
Personagens: Personagem Original
Gêneros: Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência

Capítulos: 11 (29.627 palavras) | Terminada: Não
Publicada: 03/07/2014 às 21:42 | Atualizada: 20/02/2019 às 21:48


Capítulos

1. A morte bate à porta.
2.159 palavras
2. Quando um coração para
1.290 palavras
3. O tempo está queimando
2.074 palavras
4. Paradoxo
2.325 palavras
5. Amargo erro, Doce desculpa
2.128 palavras
6. Mares de Tempestade
3.433 palavras
7. Ruptura
3.238 palavras
8. Mentes Doentias Parte 1
1.871 palavras
9. Mentes Doentias Parte 2
5.293 palavras
10. Companheiro indesejado
3.474 palavras
11. Determinação estúpida
2.342 palavras