Uma chance para o amor escrita por LauRaSouZaNoLeTo


Capítulo 6
Capítulo 5


Notas iniciais do capítulo

Uhuuull... heyyy de novo aqui! bom nada de papos pq a fic nos espera, então bora ler pessoinhas

;)



Pov.Bella

Suspirei. Carlisle parece ser gente boa, confiável, mas ...e se o Felix descobrir que eu contei alguém? Ele com certeza vai matar a Mily, tenho medo por ela, melhor eu não contar a ninguém, se a única a ser punida for eu, para o bem da Mily, eu aceito ira ser difícil mas não aguentaria ver outra pessoa sendo machucada por minha causa. Não vou esquentar a cabeça agora.

Bree me esperava encostada no carro, sorriu quando me viu mas fez careta quando viu a tala no meu braço.

—Voce vai ficar com essa coisa por muito tempo?-perguntou abrindo a porta,dei de ombros.

—Só por algumas semanas, mas eu aguento-falei entrando no carro.

—Certo, vamos para a escola porque se kirova descobrir o Felix descobre e se ele descobrir estou frita- ela disse fazendo careta. Me encolhi quando ouvi o nome daquele monstro,Bree não percebeu.

—Felix?- perguntei só para ver oque ele fazia no orfanato.

—Oh! Sim... ele vai ser o vigia na parte da noite e de manhã ao que parece o antigo guarda sofreu um acidente de carro e ele foi o substituto-disse fazendo uma careta, deixei quieto, não queria saber mais nada dele.

Quando cheguei na escola não vi a Alice nem os cullen, então fiquei esperando eles. Iria me desculpar por ser idiotas com eles. Estava lá a bastante tempo quando um carro , um fusion, e uma moto , entrou no estacionamento parando bem na entrada da escola-aonde eu estava- e saiu a Alice , Jasper e o Edward, eu sorri para eles e fui prontamente retribuída. Alice foi logo me abraçando mas uma voz carinhosa a chamou.

—Alice, filha sua mochila meu bem.- Uma mulher de olhos mel e cabelos ruivo estranho a chamou, saindo do carro e entregando a mochila para Alice.

—Oh! Desculpe mamãe , obrigada. Agradeceu abraçando a mulher.E foi ai que eu vi o amor daquela família flutuando pelo ar, Emmett ,Rosalie, Jasper, Edward a beijaram no rosto carinhosamente.

Quando a mãe deles foram embora , eles viraram para mim e ficaram em silencio só esperando. Suspirei. Eu estava tremendo ,nunca pedi desculpa tão seriamente ,ainda mais para a Alice ,a baixinha era fogo .Um vento passou e meu cabelo foi para frente, tirei ele com a minha mão, estava quase lá quando eu ouço a voz do edward.

— Oque aconteceu com a sua mão?-perguntou com as feições preocupada.

—Ah! Eu, eu cai no banho e torci a mão- falei, como se fosse uma coisinha simples e idiota, mas na verdade, não era, mas eles não precisão saber disso. Pelo menos não agora... Pensei olhando para a minha mão.

—Como você caiu Bella?- Alice perguntou olhando seriamente para mim como se procurasse algo. Senti vontade de desviar o olhar , mas se eu fizesse  isso ela saberia que eu estava mentindo.

—Eu cai no banho Lizy, quando fui sair da banheira, você sabe como sou desastrada, não foi nada de mais.

—Realmente, você é desastrada , muito desastrada devo dizer-Emmett disse sorrindo. Sorri de volta. Ele não me assustava mais, oque era uma coisa ótima.

—Viu, nada de mais- mostrei o pulso para ela, tentado afirmar a pequena mentira.

—Se não foi nada, você com certeza não se incomoda de eu olhar certo?- Lizy perguntou com um sorriso estranho. Dei de ombros e estiquei o braço para ela. Olhou detalhadamente cada parte do meu pulso, eu estava apreensiva, ela não podia achar nada de mais lá. Como eu não tenho sorte, Alice empurrou um pouco minha blusa de frio , o bastante para ver marcas vermelhas de dedos, que com certeza não era de mulher, por ser longo e grosso. Alice fez caretas quando viu, e logo depois olhou para mim.

—oque é isso?

—oque?- me fiz de burra, vai que ela cai.

—Essas marcas de dedos de HOMEM- gritou a ultima parte. Mantive a calma, não contaria a Alice, já basta tudo oque ela sofreu comigo .

—Alice, não grite, são sim marcas de mão de homem

—Qual homem Bella?

— O marido da cozinheira do orfanato. Ele é o faxineiro de lá. Eu estava correndo no corredor e cai, ele ma ajudou a levantar , mas ao que parece, ele apertou um pouco. Você sabe ,minha pele é fácil de marcar por eu ser muito branca.

—Desculpe, eu só me preocupo com você mais..bells você não foi adotada não?- Me perguntou confusa.

—Tudo bem! Porque eu seria adotada ?

—Voce esta estudando em uma escola normal Bella ?- Ela disse como se fosse obvio.E realmente era.

—Olhe allie, nós vamos nos atrasar para a aula, no intervalo eu conto tudo direitinho okay?-falei apressada. Realmente estávamos atrasado para a aula.

—ok... mas isso não termina aqui não, viu dona isabella, você vai me contar o porque de você me ignorar tanto nesses mese...- Disse apertando minha bochecha. Ri. Alice é comedia .

Fomos cada um para a sua aula, quando vejo o Edward me seguindo.

—Porque você esta me seguindo?- Perguntei confusa

—Não estou te seguindo, estou indo para a aula Bella- Sorriu.

Ah! Claro ,a aula. Até parece que ele ia me seguir para falar comigo ou algo do tipo. Entramos na sala juntos, o professor olhou feio para nós.

—Nem quero imaginar o porque da demora ,senhorita Isabella e senhor cullen- O professor nos repreendeu fazendo com que eu ficasse vermelha com a suposição. Edward vendo o meu desconforto ficou vermelho de raiva, mas não disse nada.

Nos sentamos no nossos lugares que era um do lado do outro- e prestamos atenção na aula. Abaixei a cabeça em um certo momento, quando o professor começou a falar sobre o trabalho em dupla. Eu não poderia fazer, o trabalho seria sobre o nosso dia-a-dia e tínhamos que descrever o nosso dia. Poucas pessoas sabia que eu era uma simples órfã, e essas poucas pessoas ,ficavam me maltratando principalmente  a Jessica Stanley , esses 2 meses foram difíceis  para mim, todo dia é na verdade. Alice seria meu porto seguro, mas eu não queria envolver ela nisso, então tive que aguentar firme, mas a cada dia que passa, fica mais difícil  de esconder dos cullens, mesmo eu estando ignorando eles.

Quando o sinal tocou, quardei meus materiais e levantei.Tomei um susto quando vi o Edward me esperando .Suspirei. Era hora de mentir um pouco para poupar a minha melhor amiga e meia irmã.



Notas finais do capítulo

Oque acharam ??? oque sera que a Bellinha vai dizer a Alice ???

comentem pessoinhasssss



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Uma chance para o amor" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.