Uma chance para o amor escrita por LauRaSouZaNoLeTo


Capítulo 3
Capítulo 2


Notas iniciais do capítulo

Vamos que vamos pq hj eu não vou dormir não kkk'

uhuul Vamos pra escolas pessoinhas ?? hehehe' surpresa nesse capitulo



Pov Bella

Acordei, olhei pro teto como todos os dias pela manhã  e fiquei la uns 5 minutos processando...arregalei os olhos, Oh! merda! eu.vou.a.escola. Levantei em um pulo, mentira, se eu pulasse ia quebrar a beliche e ainda ia acordar a loira...Fui pro guarda roupa enorme, abri e fiquei olhando , qual roupa? Ah! to nem ai, me arrumar para que?! ninguém vai me olhar mesmo.Com esse pensamento peguei uma calça jeans meio colada e uma blusa regata branca e um casaco da GAP e vans azul clarinho,peguei um cachecol azul de um pano fino mas quentinho, estava frio, me olhei no espelho e tomei um susto, meu cabelo estava um caso serio, penteei ele e ficou melhor, estava liso e cacheados na pontas, estranho, hoje ele está meio pro ruivo, suspirei e sai, fui direto para a cozinha.

—Menina, como você esta bonita hoje, meu deus, você vai para a escola, não se preocupe vai dar tudo certo, ai meu Deus! você vai para a escola- Mily começou a jorrar e depois começou a chorar, eu fiquei assustada, ela estava preocupada comigo...A abracei

—Mily ...você acha que eu estou pronta para ir a escola ? tipo, eu não sei nada e la vai ter um monte de gente e..

—se acalme minha menina, seu coração é doce e sua alma é pura, não tenha medo, seja você mesma esta bem?- me olhou carinhosa, eu concordei e me soltei dela dei um beijo na bochecha dela e sai para a saída do orfanato, kirova estava me esperando la com uma mochila linda nas mãos , sorriu quando me viu ,eu corei. Como sempre.


     –preparada?-perguntou me entregando a mochila, olhei para ela e sorri, pegando a mochila, kirova abriu a porta da frente.

—entre querida, eu não vou, tenho muita coisa a fazer-disse meio culpada.

—tudo bem!

—boa sorte criança.

—obrigada kirova.

Kirova sorriu e fechou a porta assim que eu entrei. A primeira coisa que eu fiz foi olhar para quem estava dirigindo, era uma mulher...relaxei no acento,nem sabia que estava tão tensa assim...
A paisagem passava rápido, estávamos a um bom tempo andando e não chegava nunca, e essa cidade é tão pequena, será que essa mulher vai me sequestrar ?

—Não, eu não vou-ela falou, eu dei um pulo, Oh merda! pensei alto

—realmente pensou-disse novamente, ai carai pensei de novo!

—desculpe, é porque estamos um bom tempo andando e nunca chega -eu disse

—realmente,mas,o orfanato é um pouco longe da cidade querida, então AGORA estamos quase chegando - Ela disse sorrindo carinhosamente,eu sorri, ela aparentava ter um 26 anos.

—qual o seu nome?-perguntei tímida ,minha curiosidade sempre me vencia.

—Bree e o seu?

—Isabella...

—Legal, eu tenho uma prima chamada Isobel, então provavelmente não vou esquecer o seu nome porquê é parecido, mas vocês são totalmente....-olhei assustada para ela, mesmo assim ela não parou de falar, em certo momento eu parei de ouvi e fiquei observando a paisagem...era tão...verde, isso me lembrou a Alice...ela amava verde, me deu até um sapinho de pelúcia no meu aniversario de 11 anos, disse para eu segurar ele quando eu estivesse com medo...eu sempre andava com ele. Era o bob, eu andava sempre com medo dele...

—Isabella, estamos chegando-disse Bree me tirando dos meus devaneios, olhei em volta, estávamos entrando no estacionamento, no qual estava lotado, e alguns alunos estavam olhando para o nosso carro, era muita gente.

—Eu não vou consegui-falei em voz alta.

—Ah! qual é? a escola não é um lugar de sete cabeça nãos...AAAH! Isabella a kirova pediu para te entregar isso ó, são as suas aulas e salas-disse me entregando uns papeis e explicando e no final me deu palavras de  força. ''Okay'' lá vou eu, ser uma garota normal. Segurei o papel com mais força e sai do carro, assim que fechei a porta do carro Bree partiu. Ótimo! Calma Isabella, é só uma escola, a primeira vez que você vai para a escola, não é tão difícil, olhei pro papel.

Armário 57-senha-1;7;0;4
primeira aula: Geografia -sala 14-bloco B
intervalo-15 minutos
segunda aula: Educação física -quadra-Bloco C
intervalo-15 minutos
terceira aula: Biologia-sala 10-Bloco A
saída.

Olhei para frente e me assustei, tinha chegado mais pessoas como se fosse possível, olhei em volta e tinha umas pessoas me olhando estranho, comecei a andar como um bicho medroso, bem, não sou um bicho mas estava morrendo de medo. Depois que eu dei uns 6 passos uma garota loira e alta chegou em mim e falou:

—Você deve ser a garota nova, sou Rosalie Halle e desejo um péssimo dia pra você,novata idiota.-olhei assustada para ela, oque foi que eu fiz para essa garota?! abaixei a cabeça e sai mas ouvi uma voz a repreendendo, não liguei, ela me assustou muito...

—Na sala foi tudo certo, pelo menos é oque eu achei, a matéria eu nunca tinha ouvido falar, mas eu peguei umas coisas para estudar e a Kirova colocou os livros e cadernos para mim, agradeci mentalmente, bateu o primeiro intervalo , fiquei perdida, ninguém veio falar comigo e eu também não falei com ninguém, guardei minhas coisas e segui as pessoas, vi que e estavam indo, para o refeitório -amplo e iluminado -eu não estava com fome então fui para uma mesa afastada e vazia joguei minhas coisas na cadeira e sentei em outra observando as pessoas brincarem ,comerem, e conversar...vi a loira entrar e todo mundo fazer silencio, ela andou e parou em uma mesa ao lado da minha e ficou me encarando com um olhar mortal desviei o olhar , ela tinha algo que me dava medo, de repente todo mundo voltou ao normal, um homem enorme andando em minha direção gargalhando com outro dois garotos que eu não prestei atenção, e uma garota baixinha que estava por ultimo ,não liguei muito ja que  o grandão que me assustou,ele era muito grande, me lembrou o...NÃO! por favor não me lembre, não me lembre, não me lembre, não me lembre...repetia a mim mesma , abaixei a cabeça e vi que eu estava chorando, solucei alto , senti uma mão pesada e uma voz grossa.

—Hei garota você está bem ?-quando olhei levantei de supetão derrubando a cadeira fazendo um barulho alto chamando a atenção do refeitório inteiro .Era o grandão.

—Nunca mais encosta em mim-eu disse baixinho só que com a voz firme. Não estava pensando direito. Para mim era ELE ali na minha frente.

—Bella ?- Uma voz de sino entrou pelo meus ouvidos,esse apelido...tanto tempo que não o ouço...

—Bella Oh meu Deus! sou eu Alice, Emmett seu idiota sai da minha frente-uma voz falava ,só que eu ainda tava  olhando o grandão que parecia estar assustado, garanto que não estava mais do que eu .Finalmente olhei para o lado e vi.



Notas finais do capítulo

comentem comentem e comentem pessoinhas maravilhosas, oque acham ?? oque sera que a Bella viu ?qual a reação dela ??

UHUUUL só no proximo capitulo...hehehe' surpresas surpresas

e a reação dela ao Emmett ? meu deus...coitadinha que trauma!!! kkk' byeeee



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Uma chance para o amor" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.